===================================================================
Deu na revista:

Na coluna Holofote, assinada pelo jornalista Felipe Patury, a VEJA publica em sua edição desta semana:

———————————————————————————————————————————————
Fritura à moda baiana

O prefeito de Salvador, João Henrique, se elegeu pelo PDT, em 2004.

Três anos depois , mudou-se para o PMDB de Geddel Vieira Lima, então ministro da Integração Nacional. Geddel comandou sua campanha à reeleição e, em troca, ganhou a maior fatia da prefeitura. No início deste ano, João Henrique se afastou de seu protetor. Durante a campanha eleitoral, trocou-o pelo governador petista Jaques Wagner. A ruptura formal de João Henrique e Geddel, agora, é iminente. O prefeito acusa seu ex-padrinho de não ajudar a eleger sua mulher, Maria Luiza,  à deputada estadual. Frita os nomeados por Geddel em óleo de dendê, enquanto negocia um acordo com o PR.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos