out
13
Postado em 13-10-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 13-10-2010 08:20

Retratos do mineiros retidos em San Jose

====================================================

Oito dos 33 mineiros retidos na mina de São José, no Chile, há 69 dias, já estão na superfície. Florencio Avalos, 31 anos, foi o primeiro mineiro a ser resgatado, poucoantes da meia noite de ontem, 12,
numa viagem de 622 metros dentro da cápsula “Fénix 2” que durou 15 minutos.

Assim que chegou à superfície, depois de rever a família e ser cumprimentado pelo presidente do Chile, Florencio Avalos foi imediatamente encaminhado para o hospital montado no local para ser submetido a vários exames médicos.

Os testes de última hora atrasaram o plano de resgate, tendo o primeiro socorrista descido para junto dos mineiros pouco depois da meia noite, hora de Brasília. Manuel González Pavez desceu até aos 700 metros de profundidade para explicar ao grupo de mineiros o plano de resgate.

O resgate de cada mineiro tem demorado cerca de uma hora, entre a descida da cápsula, a preparação do mineiro e o regresso à superfície.

Os 33 homens, 32 chilenos e um boliviano, estão retidos há mais de dois meses a cerca de 700 metros de profundidade na mina de ouro e cobre San José, localizada na região de Atacama (Norte).

O oitavo mineiro retirado da Mina San José, no Chile, foi Claudio Yáñez, 34, que trabalha como operador de broca. Ele foi resgatado por volta das 7h. O sétimo mineiro foi salvo por volta das 6h20. José Ojeda, 46,trabalha como perfurador. O sexto mineiro trazido à superfície foi o operário Osmán Araya, 30, que saiu por volta das 5h35. O quinto a ser resgatado foi Jimmy Sánchez, 19. Aparentemente debilitado, ele saiu da mina por volta das 4h10.

O boliviano Carlos Mamani, 23, foi o quarto a chegar na superfície. Por volta das 3h da madrugada, o clima no acampamento Esperanza era de calmaria. Passada a euforia pelo resgate dos três primeiros mineiros, a saída de Mamani foi recebida ainda com aplausos, mas com menos entusiasmo. O presidente boliviano, Evo Morales, que havia prometido estar presente no resgate, ainda não apareceu na Mina San José nesta madrugada.

O terceiro resgatado da mina foi Juan Illanes, 52. O segundo foi Mario Sepulveda, 40. Ele trouxe consigo uma sacola cheia de pedras da mina onde esteve preso. Eufórico, Sepulveda surpreendeu ao sair da cápsula e distribuir pedras da mina San José como presentes e lembranças para funcionários envolvidos no resgate. O mineiro também abraçou fortemente o presidente Sebastián Piñera.

(Informações TSF (Lisboa) e UOL)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos