Capsula Fenix: teste antes da descida/AFP

==============================================================
DEU NO IG

Após uma série de testes, a cápsula “Fênix”, que será usada para levar à superfície os 33 homens que esperam resgate há mais de dois meses a 700 metros de profundidade, foi colocada no túnel em direção aos trabalhadores levando o paramédico Manuel Gonzáles. É o primeiro passo para o resgate dos mineiros, iniciado oficialmente às 23h20.

O presidente do Chile, Sebastian Piñera, acompanhou de perto a entrada do profissional no túnel. Muitas palmas foram ouvidas quando a cápsula seguiu em direção ao refúgio. Ao ver o equipamento descer, Piñera fez o sinal da cruz e permaneceu no local. As equipes que trabalham no local cantaram o hino do Chile, acompanhadas das famílias dos mineiros, que estão no acampamento.

Antes, a cápsula havia entrado no túnel de resgate e percorrido cerca de 65 metros. No momento em que a Fênix foi colocada no túnel, integrantes da equipe de resgate bateram palmas e cantaram “vamos, vamos mineiros, que esta noite vamos tirá-los daí”.

Eles são observados por familiares dos trabalhadores, alguns dos quais seguram balões com a bandeira do Chile.

O 1º mineiro a ser resgatado é Florencio Avalos, de 30 anos, espécie de cinegrafista oficial do grupo. O resgate completo deve durar 48 horas e, nesse período, a entrada da mina ficará fechada e será aberta somente em caso de urgência.

Segundo o site do jornal “La Tercera”, os próximos da lista serão Mario Sepúlveda Espinace, Juan Illanes Palma e Carlos Mamani Soliz.

Eles são considerados os quatro mineiros com melhor estado de saúde e mais ágeis, para que possam reagir a qualquer imprevisto. Os 10 mineiros mais debilitados deixarão a mina a partir da quinta retirada. Após o resgate, as vítimas serão levadas ao Hospital Regional de Copiapó em aeronaves ou ambulâncias.

Os trabalhadores serão retirados por meio de uma cápsula que será içada por uma grua. Para ajudar no resgate, primeiramente descerão um operador e um médico que avaliará o estado de saúde das pessoas.

Para o resgate, cada um dos trabalhadores recebeu um kit com macacão, jaqueta, manta, meias e roupas de baixo, além de um cinto especial para que pudessem ser monitorados pela equipe e um aparelho de computador que registra frequência cardíaca e sanguínea e pressão arterial. O traje, que tem a cor verde e o nome de cada mineiro bordado, foi confeccionado no Chile com material importado que absorve umidade e transpiração.

As primeiras cápsulas “Fênix” vão levar socorristas ao interior da mina para avaliar a condição física dos trabalhadores, que devem ser dividos em três grupos: os mais habilidosos tecnicamente, os mais debilitados e os mais fortes.

Saiba quem são os 33 sobreviventes da mina
Acompanhe o resgate dos mineiros
Mineiro pede que irmão prepare os pais
Jornal chileno divulga lista com ordem de saída da mina
Mario Sepúlveda, de 40 anos, será o segundo trabalhador resgatado. Casado e pai de dois filhos ele também foi o responsável, nas últimas semanas, por gravar as imagens do interior do refúgio.

Carlos Mamani, de 24 anos, único boliviano entre os presos, deve ser o terceiro e será recebido pelo presidente Evo Morales. Solteiro, Manami trabalhava na mina chilena havia apenas 5 dias.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos