out
10


======================================================
O cantor soul norte-americano Solomon Burke morreu, ontem, aos 70 anos, no avião que o levava de Los Angeles para Amesterdão, onde deveria dar um concerto na terça-feira. A causa da morte não foi ainda revelada.

Burke é autor de êxitos como “Everybody Needs Somebody to Love”, de 1964, e “Cry to Me”, do filme “Dirty Dancing”, de 1987. Nascido em Filadélfia em 1940, entrou pela primeira vez num estúdio de gravação aos 14 anos, recorda o jornal espanhol El País.

Em 1969 foi descoberto pelo produtor Jerry Wexler, da Atlantic, que o lançou numa carreira que o levaria a receber um Grammy e a fazer parte do Rock and Roll Hall of Fame. Para Wexler, ele era “o melhor cantor de soul de todos os tempos”.

Com mais de 200 quilos, Burke era uma figura imponente e, segundo disse numa entrevista ao Philadelphia Weekly em 2002, pai de 21 filhos e avô de 90 netos. Em 2008  lançou aquele que viria a ser o seu último disco, “Like a Fire”. Os ingressos para o concerto, marcado para terça-feira, num clube de Amesterdãm, estavam completamente esgotados.

(Informações do jornal Público, de Portugal)

Be Sociable, Share!

Comentários

Absinto Muito on 11 outubro, 2010 at 21:31 #

Passamos e gostamos do blog. Gostaríamos que, se pudesse, também conhecesse o nosso. Um abraço!
http://absintomuitorock.blogspot.com/


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos