out
01
Postado em 01-10-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 01-10-2010 23:59


=======================================================

DEU NO COMUNIQUE-SE (portal especializado em notícias de bastidores da imprensa)

Da Redação

A coordenação da campanha do ex-ministro das Comunicações Hélio Costa (PMDB), candidato ao governo de Minas Gerais, anunciou que estuda uma forma para processar o humorista Tom Cavalcante por um vídeos com sátiras a Costa e a seu vice, Patrus Ananias (PT). A coligação liderada pelo peemedebista responsabiliza a campanha de outro candidato ao governo do Estado, Antonio Anastasia (PSDB), pela produção da sátira. Os tucanos negam envolvimento com o vídeo.

“Tom Cavalcante sempre vem com gracinhas. É um irresponsável e precisa ser punido. Nossos advogados estão estudando como acioná-lo na Justiça”, disse o presidente estadual do PMDB, Antônio Andrade, ao jornal O Tempo.

Anastasia afirmou não ter nenhuma ligação com a divulgação da sátira feita por Tom Cavalcante. De acordo com ele, que tenta a reeleição, o vídeo representa apenas “uma manifestação artística”.

No vídeo, Tom Cavalcante satiriza Costa (o qual chama de “Diz Costa”) e brinca com o vice na chapa do candidato, Patrus Ananias (que para o humorista ficou “Pa trás”). No final do vídeo, Tom agradece ao Superior Tribunal Federal (STF) que liberou no começo do mês a sátira aos políticos.

Veja o vídeo:

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos