set
27
Postado em 27-09-2010
Arquivado em (Multimídia) por vitor em 27-09-2010 14:04

=======================================================
VUELVO AL SUR

Composição: Fernando E. Solanas
Vuelvo al Sur,
como se vuelve siempre al amor,
vuelvo a vos,
con mi deseo, con mi temor.
Llevo el Sur,
como un destino del corazón,
soy del Sur,
como los aires del bandoneon.
Sueño el Sur,
inmensa luna, cielo al reves,
busco el Sur,
el tiempo abierto, y su despues.
Quiero al Sur,
su buena gente, su dignidad,
siento el Sur,
como tu cuerpo en la intimidad.
Te quiero Sur,
Sur, te quiero.
Vuelvo al Sur,
como se vuelve siempre al amor,
vuelvo a vos,
con mi deseo, con mi temor.
Quiero al Sur,
su buena gente, su dignidad,
siento el Sur,
como tu cuerpo en la intimidad.
Vuelvo al Sur,
llevo el Sur,
te quiero Sur,
te quiero Sur…

Magnífica tarde de segunda-feira para todos os ouvintes e leitores do BP.

( VHS )

Be Sociable, Share!

Comentários

luioz alfredo motta fontana on 27 setembro, 2010 at 17:47 #

Caro VHS

Preciosidades têm direito a mudar pautas

Por vezes, garimpar é tradução de momentos felizes

Aqui Cauby, no melhor de sua forma, 1963, cantando vinicius e Baden, em espanhol, numa gravação pela RCA Espanõla

Samba en Preludio

http://www.youtube.com/watch?v=4j1LRke3d1I

A noite baiana merece, quanto a este blogueiro de vagas horas, é gratificante deixae a estréia para o Bahia em Pauta

Acredito que a Regina irá sorrir ao encontrar este vídeo. Mariana fará coro.

Abraços!


luiz alfredo motta fontana on 27 setembro, 2010 at 17:48 #

Caro VHS

Aqui Cauby, no melhor de sua forma, 1963, cantando vinicius e Baden, em espanhol, numa gravação pela RCA Espanõla

Samba en Preludio

http://www.youtube.com/watch?v=4j1LRke3d1I

A noite baiana merece, quanto a este blogueiro de vagas horas, é gratificante deixae a estréia para o Bahia em Pauta

Acredito que a Regina irá sorrir ao encontrar este vídeo. Mariana fará coro.

Abraços!


Mariana Soares on 28 setembro, 2010 at 9:52 #

A sua dica, Poeta Fontana, é um grande achado…Adoro esta música, porque, realmente, creio que a gente sem o nosso amor é como um barco sem mar, um campo sem flor, não somos mesmo ninguem sem um grande amor.
Agradeço a lembrança e a dica, especialmente neste momento de tanta desilusão, justamente quando, na verdade, o que precisávamos era uma doce dose de esperança.
Cauby cantando Roberto Carlos é magnífico também! Vale a pena!
Grande abraço!


luiz alfredo motta fontana on 28 setembro, 2010 at 12:58 #

Cara Mariana

“Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João”

Os versos de Caetano agora adquirem novo significado

É que Cauby ainda canta ali, no Bar Brahma

Assim…

Pode ainda Caetano em Sampa expressar:

“Do povo oprimido nas filas, nas vilas, favelas
Da força da grana que ergue e destrói coisas belas
Da feia fumaça que sobe, apagando as estrelas
Eu vejo surgir teus poetas de campos, espaços
Tuas oficinas de florestas, teus deuses da chuva”

para então finalizar:

“E novos baianos te podem curtir numa boa”

Viva Cauby, Viva Cae


Mariana Soares on 28 setembro, 2010 at 17:00 #

Ah! O Bar da Brahma de Sampa – que delícia! Abriram um aqui em BSB, mas nem se compara ao paulista…Fiquei aqui, entre as milhões de coisa que tenho a fazer na minha labuta diária, imaginando Cauby, uma boa birita e tudo o mais que este encontro poderia render…
A vida é realmente maravilhosa!
Viava a você, Poeta, que sempre nos brinda com estas fantásticas raridades musicais!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2010
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930