Zequinha com Marinha: proibido no Maranhão,

=====================================================
De seu observatório que dá para o mar aberto do litoral norte de Salvador, o jornalista Chico Bruno direciona a potente luneta crítica de seu site para o Maranhão dos Sarney, onde a governadora Roseana , do PMDB, anda fazendo misérias até com o irmão do Partido Verde. O texto, que Bahia em Pauta reproduz, está no site de Chico Bruno: http://www.chicobruno.com.br/

(Vitor Hugo Soares )
======================================================
Direto de Varanda: Chico Bruno

Zequinha Sarney ou Zequinha Banana?

O Estadão deslocou ao Maranhão a repórter Eugênia Lopes para conferir como anda a campanha eleitoral naquele Estado.

De cara a repórter descobriu que “integrante histórico da cúpula do PV, o deputado Sarney Filho não faz campanha no Maranhão para a candidata do partido à Presidência, Marina Silva”

A alegação de Zequinha para o fato, comprovado por Eugênia, é risível e demonstra que ele é um Zé Banana.

– Voto na Marina e ela (Roseana) na Dilma. Quando estou com Roseana no palanque dela não faço campanha para a Marina. Roseana não quer. Ela não deixa. Mas meu partido está fazendo campanha para Marina, diz Zequinha Sarney, que é irmão de Roseana.

– Não deixo mesmo ele pedir voto para a Marina, corrobora a irmã e governadora de um Estado, cuja família mantém estagnado a mais de 40 anos.

Segundo Eugênia, “Marina não aparece na campanha de ninguém do PV. Zequinha não pede votos nem na televisão nem em eventos privados de sua campanha para a presidenciável verde. Foi assim na semana passada, quando promoveu uma reunião em uma casa cinematográfica, em bairro nobre de São Luís. O cenário serviu para gravar depoimentos de correligionários que, dois dias depois, estavam no ar no programa eleitoral de televisão do deputado”.

E prossegue a repórter do Estadão, “ao lado do pai, José Sarney, Zequinha discursou e pediu votos para sua candidatura à reeleição. Em nenhum momento, no entanto, citou o nome de Marina”.

Como um borra-botas, Zequinha, em discurso de pouco mais de dez minutos ressaltou apenas as realizações de Roseana à frente do governo do Maranhão.

Já o chefe do clã, com um adesivo de Zequinha com a logomarca do PV na lapela, aproveitou o evento em prol do filho para pedir votos para Roseana – que, segundo ele, é “uma grande trabalhadora, uma grande filha” – e Dilma Rousseff.

O argumento que Zequinha usa para não pedir votos para Marina demonstra que o deputado verde é um pau mandado da irmã.

Aliás, demonstra também todo o autoritarismo da irmã, que na verdade é quem manda no clã Sarney por escolha do patriarca.

Pelo visto, Zequinha só fica verde quando toma esporo da irmãzinha.

É um banana assumido.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos