ago
11
Postado em 11-08-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 11-08-2010 13:10

“Catfish” Collins e James Brown do GBs: gênios

=====================================================
Morreu de câncer , aos 66 anos, O guitarrista de R&B Phelps “Catfish” Collins, membro de bandas da era de ouro do funk do fim dos anos 1960 e anos 1970 como os Funkadelic, os Parliament e os P-Funk. O músico morreu na sexta-feira em Cincinnati, nos EUA.

“Catfish” tocou com James Brown, tendo integrado a sua banda e interpretado e gravado com ele os clássicos “Get Up (I Feel Like Being a) Sex Machine”, “Give It Up or Turnit a Loose”, “Super Bad” e “Soul Power”.

O guitarrista nasceu em 1944 e era oito anos mais velho que seu irmão de maior fama, William “Bootsy” Collins. Em 1968 tocaram juntos pela primeira vez com a banda funk Pacemakers. Entretanto, seriam recrutados por James Brown para tocar com ele e tornaram-se, temporariamente, os J.B.s. “Era como tocar numa grande escola com James [como professor]”, descreveu Bootsy à “Rolling Stone” em 1978.

“As pessoas parecem esquecer que a guitarra de ritmos por trás da de James Brown era o génio criativo de “Catfish” e que ela era o ritmo para além do baixo de Bootsy”, assinalava ao “Cincinnati Enquirer” Bernie Worrell, teclista dos Funkadelic.

“Bootsy”, que em comunicado sobre a morte do irmão descreveu “Catfish” como “o rapaz mais feliz” que alguma vez conheceu, juntar-se-ia com o irmão mais velho em 1972 aos Parliament e depois aos Funkadelic, onde participou nos álbuns “America Eats Its Young” e “Cosmic Slop”. Os dois viriam a tocar juntos também na banda de “Bootsy” Collins, Rubber Band. O fim do percurso de Phelps Collins com os Funkadelic foi em 1983.

Phelps “Catfish” Collins morre um mês depois do desaparecimento, também devido a um cancer, de Garry Shider (também guitarrista dos Parliament e Funkadelic).

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos