ago
11
Postado em 11-08-2010
Arquivado em (Artigos, Eventuais) por vitor em 11-08-2010 12:14

Lula e ACM:  semelhanças?

======================================================

Chico Bruno, direto de seu privilegiado observatório que oferece larga e bela vista para o mar e o ceu do litoral norte da Bahia, capricha e dispara sua arma de precisão opinativa. Tem tudo para acertar na mosca, mais uma vez. Confira no Direto da Varanda, que Chico Bruno publica nesta quarta-feira em seu site http://www.chicobruno.com.br/

(VHS)

======================================================

Direto da Varanda: Chico Bruno

ACM, Maluf e Lula, o que eles têm em comum

ACM, Maluf e Lula, três caciques políticos e um traço comum.

Os três decidiram eleger sucessores tirados do nada.

ACM fez de João Durval, governador da Bahia.

A gestão de Durval foi um desastre. Não fez o sucessor.

Maluf fez de Celso Pitta, prefeito de São Paulo.

A gestão do prefeito foi constrangedora. Também não fez o sucessor.

Lula quer fazer Dilma Rousseff sua sucessora a qualquer custo.

É uma parada difícil, apesar de contar com a força da máquina do governo federal e da determinação desabusada do presidente Lula, que aposta transformar sua popularidade em votos para Dilma.

Além disso, conta com a “boa vontade” de alguns institutos de pesquisas, de uma parte considerável da mídia, de alguns cientistas políticos e analistas políticos.

Mas, ao que tudo indica essa eleição só será decidida no 2º turno, haja vista, que Marina Silva (PV) deve alcançar algo como 10% dos votos válidos, Plínio de Arruda Sampaio (PSol) pode chegar a 3% e o conjunto dos demais candidatos pode atingir 2% dos votos.

Aí teríamos 15 pontos percentuais.

Uma margem muito grande para Dilma ou Serra abrirem um do outro no primeiro turno.

Se olharmos pelo retrovisor, em 2006 Heloísa Helena (PSol) fez 6,8% e os outros candidatos, somados, 2,9%.

Em 2006 estavam na raia eleitoral Lula, Alckmin e Heloísa e os demais nanicos.

Naquela eleição, passaram para o 2º turno Alckmin (PSDB) com 41% e Lula com 48% dos votos no primeiro turno.

Se Heloísa Helena com menos tempo de TV e um discurso mais radical do que o de Marina conseguiu quase 7% dos votos em 2006, depreende-se que a acreana tem a possibilidade de ter uma votação maior que a de Heloísa.

Além disso, o candidato do PSol só foi apresentado ao distinto público na semana passada, graças ao debate da Band.

Plínio soube aproveitar o momento. Fez o gênero de candidato de protesto.

Sua atuação no debate despertou seu nome na web e na mídia.

Se mantiver o seu desempenho no mesmo nível do debate poderá agregar um cesto de votos inesperado.

Portanto, para se igualar a Maluf e ACM, Lula vai ter que se desdobrar.

Ao que tudo indica, a eleição não se decidirá no 1º turno como quer Lula.

Be Sociable, Share!

Comentários

Jader Martins on 11 agosto, 2010 at 17:47 #

A íntegra da pesquisa Sensus, para nossos especialistas se divertirem.

Acaba de sair do forno. Na votação estimulada, Dilma passa de 34 para 42,6%; Serra cai de 35,5% para 33,9%, Marina vai de 9,2% para 9,8%.

Para a eventualidade de segundo turno, Dilma venceria por 49,5% contra 40,3% de Serra. Na pesquisa anterior, havia empate técnico: 41% de Serra contra 40,8% de Dilma.

Para governador de Minas, no estimulado Hélio Costa passa de 43,4% para 46,4%, enquanto Antonio Anastasia vai de 21,5% para 26,3%.

Pela pesquisa, Hélio Costa venceria no primeiro turno.

Gostaria que o Chico explicasse : “de uma parte considerável da mídia,”. Onde está esta midia ?. A Carta Capital se pronuciou a favor de Dilma.
Será que a Globo , FSP e o estadão tambem apoiam Dilma (rs,rs,rs ) ?
Só pode ser algum jornal paroquial que manifestou apoio a Dilma !!!!!!Apesar do esforço de Chico e para sua tristeza , parece que tudo resolverá no primeiro turno .


danilo on 11 agosto, 2010 at 18:31 #

pô, mas tudo mundo sabe que o Sensus trabalha pro PT. e o Sensus consegue a façanha de dar empate ou vitória de Dilma na região sul, quando se sabe que Serra ganha disparado por lá.

e em se tratando de Sensus, ele até que foi modesto porque deveria mostrar Dilma com 89 por cento de intenção de votos.


Carmen on 11 agosto, 2010 at 18:45 #

O quesito Pesquisa me preocupa, os institutos estão em queda livre, perdendo acredibilidade e isso não é bom.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos