ago
03
Postado em 03-08-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 03-08-2010 10:29

Vitor: longa espera por justiça

======================================
Acontece nesta quarta-feira, no Forum Ruy Barbosa, em Salvador, a partir das 8h, o julgamento dos acusados pelo sequestro, seguido de brutal assassinato do economista Vitor Athayde Filho. São quatro anos de espera sofrida por justiça de pais, parentes, amigos, alunos e admiradores do jovem e brilhante professor da UFBA, consultor da FAO – braço da ONU para assuntos de alimentação no planeta, vítima, aos 35 anos de idade, de um dos crimes mais chocantes da última década na capital baiana.
No último dia 10 de julho aconteceu o quarto aniversário do sequestro de Vitor Athayde Couto Filho, em sua residência no litoral norte da capital. Ele não mais seria encontrado com vida depois daquela data em que foi levado de casa por seus sequestradores. Uma semana depois, a polícia localizou o corpo por volta de 4h30m de uma quarta-feira, na Estrada Velha do Aeroporto.
Se a vida não lhe tivesse sido arrancada tão brutal e prematuramente, Vitor Athayde teria completado 39 anos de idade no último dia 10 de julho.Foi seqüestrado em sua residência, no Condomínio Vilas do Atlântico, quando se preparava para viajar, como representante da FAO, para a cidade de Juazeiro, no Vale do São Francisco, onde seria conferencista de um encontro sobre agricultura familiar e alimentação.
No ano passado, o site-blog Bahia em Pauta publicou breve memória do caso, na data em que o então presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, se reúnia com os membros do Tribunal de Justiça da Bahia , em Salvador, para discutir os gargalos que tornam a justiça baiana uma das campeãs nacionais de lentidão. BP dizia então, considerar este um caso emblemático a merecer atenção de juizes e cidadãos sobre o país e suas instituições.Segue com o mesmo pensamento e a mesma opinião.
O pesquisador da UFBA foi assassinado a pedradas, segundo as investigações, pelo cantor de arrocha José Raimundo Cerqueira da Paixão, 25 anos, conhecido como José Abelha. Para consumar o crime, Abelha contou com a ajuda de seu sobrinho Juracy Oliveira dos Santos, 23, do amigo Carlos Alberto dos Santos, 24, e outro membro da quadrilha chamado Valdir. José Raimundo chegou a efetuar um saque de R$ 2,4 mil com o cartão bancário de Vitor. Para confundir mais a polícia, o carro do economista foi incendiado em um terreno baldio próximo ao conjunto habitacional do CAJI, no município de Lauro de Freitas.
O assassino e seus comparsas foram todos detidos. Juracy e Carlos Alberto confessaram que receberam R$ 2 mil de Abelha, que trabalhava como pedreiro na casa do economista. Abelha foi preso pela polícia na cidade de Conceição de Feira e os outros dois envolvidos, em Salvador.
Quatro anos depois do crime que chocou os baianos, nenhum dos envolvidos foi julgado.Nesta quarta-feira, finalmente, acontece a tão esperada oportunidade do pronunciamento da Justiça. Que ela se faça, efetivamente justa, e com a severidade que exige a punição de crime tão hediondo. Pela memória de Vitor Atayde.
( Postado por Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!

Comentários

[…] This post was mentioned on Twitter by Clarice Marques, Letícia Marques. Letícia Marques said: Finalmente a hora da justiça para um crime brutal . Veja no Bahia em pauta http://bahiaempauta.com.br/?p=25150 […]


Leleto on 4 agosto, 2010 at 10:02 #

Estamos sedentos por justiça. Quero desejar a sua mãe Gal toda a força nesse momento tão difícil. tds que puderem se dirijam ao Forum Rui Barbosa. O acesso é liberado.


Hipolito M. Wiseman on 27 setembro, 2011 at 5:17 #

Wow! Everything I needed summarised in a very short way. To my mind, it’s the most excellent text I have ever read. Thanks!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos