Soldados americanos no Afeganistão/Lusa/TSF

======================================

Bradley em foto sem data/AP

==========================================

O Pentágono confirmou hoje que o soldado Bradley Manning é o principal suspeito do vazamento de documentos confidenciais sobre a guerra do Afeganistão divulgados na Internet. A notícia foi dada pela cadeia de TV norte-americana CNN.

Segundo um alto funcionário do Pentágono citado pela CNN , Manning, de 22 anos, acusado no mês passado de ter passado outros documentos para a página da Internet da Wikileaks teve acesso à rede global classificada do exército e ao sistema de correio electrônico e descarregou dezenas de milhares de documentos.

O fundador da Wikileaks, Julian Assange, recusou-se a revelar quem forneceu os 91 mil documentos sobre a guerra do Afeganistão recentemente divulgados.

Manning foi detido em finais de maio após uma denúncia por suspeita de ter descarregado documentos classificados e a 5 de Julho o Pentágono acusou-o, entre outras coisas, de ter passado para a Wikileaks um vídeo de um ataque aéreo norte-americano no Iraque em Julho de 2007.

Manning ainda não se pronunciou sobre se é culpado ou inocente e depois de ter sido detido foi enviado para uma base militar no Kuwait, onde permanece.

Segundo o porta-voz do Pentágono, Geoff Morrell, o soldado Manning “é evidentemente “uma personagem chave” neste caso, mas ainda não foi apurado qual o seu envolvimento.

(Com informações do portal europeu TSF e da CNN )

Stephanie:bolão na revista

=========================================
DEU NO MSN

“Se o jogador Bebeto já se aposentou há tempos, a filha do atleta, Stephanie Oliveira, está começando na carreira de modelo já batendo um bolão. A moça de 19 anos foi clicada para a revista “VIP” de agosto só de lingerie em um ensaio pra lá de sensual.”

jul
28

DEU NA FOLHA.COM

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu demitir o presidente dos Correios, Carlos Henrique Custódio, e o diretor de Recursos Humanos, Pedro Magalhães. As exonerações serão publicadas amanhã no “Diário Oficial da União”. Custódio será substuído por David José de Mattos, um técnico de Brasília.

Com isso, Lula espera estancar a crise que há meses atinge a empresa, que registrou no ano passado o menor lucro desde o início do governo, o que levou o Planalto a determinar uma intervenção branca nos Correios.

As demissões constam das recomendações dos ministros Erenice Guerra (Casa Civil) e Paulo Bernardo (Planejamento), responsáveis pelo raio X na empresa, entregue nesta semana a Lula.

O nome do novo presidente foi definido pelo Palácio. O ministro José Artur Filardi (Comunicações), a quem os Correios é subordinado, foi apenas comunicado da decisão, assim como a cúpula do PMDB.

jul
28
Posted on 28-07-2010
Filed Under (Newsletter) by vitor on 28-07-2010

DEU NO TERRA (ELEIÇÕES 2010)

O candidato ao governo da Bahia pelo PT, Jaques Wagner, lidera na corrida eleitoral com 43% das intenções de voto, segundo pesquisa Vox Populi, divulgada ontem (27) pelo Jornal da Band . Em segundo, aparece Paulo Souto (DEM) com 21%. Geddel Vieira Lima, do PMDB, registra 10%. Com esses números, Wagner venceria ainda no primeiro turno.

Bassuma, do PV, tem 1% e os outros candidatos não chegaram a pontuar. Os votos brancos e nulos somam 6%, enquanto 19% estavam indecisos. A margem de erro é 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa entrevistou 800 eleitores entre os dias 17 e 20 de julho. Ela foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 19.923/10.

jul
28

Acaba de ser publicado como uma das principais manchetes do portal digital europeu TSF:

O Conselho de administração da operadora Portugal Telecom anunciou, nesta quarta-feira, ter chegado a acordo com a Telefónica para a compra da Vivo brasileira e que vai entrar na operadora Oi com uma participação de 22,4 por cento. A PT vai receber 7,5 bilhões de euros da Telefónica pela Vivo e vai pagar 3,75 mil milhões de euros por uma participação na Oi.

De acordo com a informação comunicada à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a venda à operadora espanhola dos 50 por cento que a Portugal Telecom detém na Brasilcel, dona da Vivo, será concretizada em três fases.

Vão ser pagos 4,5 bilhõesmilhões de euros no prazo de 60 dias a contar a partir deste anúncio, mil milhões até final deste ano e os restantes dois mil milhões até 31 de Outubro do próximo ano.

Já sobre a nova parceria no Brasil, a PT informa que vai ter uma participação na ordem dos 22,38 por cento, num investimento máximo de 3,7 mil milhões de euros, Trata-se de uma participação relevante na gestão da Telemar e subsidiárias, ou seja, no grupo que controla o universo das empresas Oi.

A PT vai ter direitos especiais em comitês como finanças, recursos humanos e risco, bem como a nível técnico num novo comitê de engenharia e redes. Vai ainda poder indicar um diretor executivo e nomear dois membros do conselho de administração.

A Portugal Telecom terá ainda direito de veto no exercício de votos de assembleias-gerais e reuniões prévias de accionistas em determinadas matérias cuja aprovação seja submetida a um quórum qualificado.

Já o novo parceiro brasileiro pode adquirir uma participação até 10 por cento da operadora portuguesa.

Para a PT, este negócio enquadra-se na estratégia de crescimento e aposta em mercados estratégicos, como o Brasil e África.

O grupo Oi é líder no mercado brasileiro e é o maior operador de telecomunicações fixas da América do Sul.

(Informações do portal TSF, Lisboa, em matéria assinada pela repórter Ana Maria Ramos)


=======================================
BOM DIA A TODOS. E BOA NOITE TAMBÉM, ESPECIALMENTE PARA QUEM TORCE PELO VITÓRIA.
SUGESTÃO E GARIMPAGEM MUSICAL DE GILSON NOGUEIRA, TRICOLOR BAIANO DOENTE, MAS HOJE RUBRONEGRO ATÉ A ALMA.
(VHS)

jul
28


=========================================
Vamos lá, Vitória! Força e aguente firme os “santásticos” na Vila, nesta quarta-feira, que na volta, no Barradão, a torcida empurra o Nêgo para a grande e longamente esperada conquista da Copa do Brasil.

Dedos cruzados, rubronegros!!!

(Vitor Hugo Soares)

Aposentados e pensionistas: mais malvadeza

=======================================

Começa a contaminar o ar do país uma crescente e grave suspeita de que está em armação, em alguns socavões do governo, mais um golpe contra aposentados e pensionistas. É este o tema do artigo que o jornalista político Ivan de Carvalho publica nesta quarta-feira na Tribuna da Bahia .

“Ora, vários foram os golpes já desferidos contra os aposentados e, consequentemente, os que “herdam” essas aposentadorias, vale dizer, os pensionistas. O golpe maior e contínuo é o dos reajustes que não repõem, ano a ano, efetivamente, o poder aquisitivo das aposentadorias e pensões, reduzido a cada um desses períodos pelo aumento dos preços de produtos e serviços em grau maior que o dos reajustes dos “benefícios”, diz o articulista em um dos trechos do texto que Bahia em Pauta reproduz.  Confira.
(VHS)

==========================================
OPINIÃO POLÍTICA
Tratamento cruel e degradante
Ivan de Carvalho

A Declaração Universal dos Direitos Humanos diz, entre várias outras coisas, que “ninguém será submetido a tratamento cruel ou degradante”.
Bem sei que a Assembléia Geral da ONU, ao aprovar a declaração que inclui o trecho posto acima entre aspas, não estava pensando nas pensões que, no Brasil, os titulares de direitos (ditos benefícios) deixam, quando morrem, para seus cônjuges e eventualmente para outras pessoas. Mas a citação do trecho da Declaração Universal dos Direitos Humanos é, mesmo assim, adequada.

As pensões correspondem a 100 por cento das aposentadorias que os titulares recebiam. Como quase invariavelmente se trata de pessoas idosas, isso é uma regra humanitária, de vez que, à medida que envelhece, a pessoa, geralmente, tem aumentadas, em muito, despesas relacionadas com a saúde, e, não raro, precisa de pessoa que remuneradamente ajude a cuidar do pensionista ou, na maioria dos casos, da pensionista.

Ora, vários foram os golpes já desferidos contra os aposentados e, consequentemente, os que “herdam” essas aposentadorias, vale dizer, os pensionistas. O golpe maior e contínuo é o dos reajustes que não repõem, ano a ano, efetivamente, o poder aquisitivo das aposentadorias e pensões, reduzido a cada um desses períodos pelo aumento dos preços de produtos e serviços em grau maior que o dos reajustes dos “benefícios”.

O Estado brasileiro, por intermédio do INSS, comete furtos legais, que poderiam ser chamados também de roubos, considerando-se que a imposição legal da malandragem corresponde ao uso da força para a prática do ato. Ato que não é ilícito apenas porque o Estado o estabeleceu em lei, mas configura o que, na esfera privada, seria enriquecimento ilícito, porque sem causa legítima.

Refiro-me ao fato de que, se uma pessoa se aposenta pelo INSS e continua trabalhando – porque precisa – no mesmo ou em outro emprego, ela tem que continuar pagando o INSS, descontado na fonte, ônus ao qual não corresponde qualquer bônus, uma vez que tal pagamento não gera direito algum para o aposentado, gerando portanto uma receita imotivada para o INSS, malandragem esta supostamente justificada por um, no caso, fantasmagórico “princípio de solidariedade”. O aposentado paga sem qualquer contrapartida presente ou futura.

As políticas do governo acima descritas já são cruéis e degradantes, mas parece o governo estar achando que convém intensificar o mal. Ou o maltrato. E então vem o ministro da Previdência, Carlos Gabas, dizer que “em face do bom desempenho da economia brasileira, devem ser reestudadas as pensões herdadas dos cônjuges”. Como o governo Lula não fará isto neste ano de eleições e o Congresso também não, a tarefa estará sendo deferida a Dilma Rousseff, a candidata presidencial governista, caso ela seja eleita.

Por enquanto, o ministro falou apenas em alguns casos. Um deles, acabar com a hipótese de acumular a própria aposentadoria com uma pensão deixada, por exemplo, pelo cônjuge. A pessoa teria de optar entre uma e outra coisa. Já se tentou isso antes, mas o Judiciário derrubou a tentativa. Digamos que alguém tenha uma aposentadoria de um salário mínimo e uma pensão de um salário mínimo. Aí, tem que optar e ficará recebendo apenas um salário mínimo, ao invés de dois.

Malvadeza.

  • Arquivos

  • julho 2010
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031