=========================================================================
Esta música para começar o dia no BP vai para matar a saudade – ou matar de saudade ? – todos os baianos espalhados por aí com a lembrança da terrinha no peito. E para todos os que amam a Bahia, mesmo sem ter nascido aqui.

(Vitor Hugo Soares, editor )

QUANDO EU PENSO NA BAHIA

Ary Barroso

Composição: Ary Barroso / Luís Peixoto – 1937

Quando eu penso na Bahia
Nem sei que dor que me dá
Oi, me dá, me dá, me dá, Ioio
Me dá, me dá, me dá, Iaiá
Se eu pudesse, qualquer dia
Eu ia de novo pra lá
Oi, não vá, não vá, não vá, Iaiá
Eu vou, eu vou, se vou, Ioio
Eu deixei lá na Bahia
Um amor tão bom, tão bom, Ioio
Meu Deus, que amor!
E desse amor só quem sabia
Era Virgem Maria
Nasceu, cresceu, viveu,
E lá ficou
Mas, quem sabe se esse amor
Que ficou lá na Bahia, oi
Já se acabou?
E se assim for, eu sei de alguém
Que lhe quer muito bem
Quem é?
Sou eu
Eu quem?
O seu Ioio

Be Sociable, Share!

Comentários

luiz alfredo motta fontana on 24 julho, 2010 at 11:47 #

Quando o “olhar” de VHS encontra Ary…

“Nem sei que dor que me dá”

Sei que traz a saudade dos poetas

Esta Bahia, por descobrir, é nascente da poesia

“E se assim for, eu sei de alguém
Que lhe quer muito bem”

Doces versos

mágicas esquinas

e em cada uma delas

um sorrir baiano


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • julho 2010
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031