jul
13

O presidente da Telefônica de Espanha, César Alierta, lembrou nesta terça-feira que a oferta apresentada para comprar a participação da Portugal Telecom (PT) na Vivo brasileira expira na próxima sexta feira. A informação está publicada como uma das principais manchetes do dia na edição online do jornal português Diário de Notícias.

“Volto a reiterar que isto [a oferta] termina dia 16», disse o líder da telefônica.

Alierta, que fez rápidas declarações aos jornalistas em Madrid, num evento de apresentação de uma nova unidade de ‘e-saúde’ da Telefônica, insistiu assim que terminará na sexta feira o prazo para as duas operadoras chegarem a acordo.

«A relação na Brasilcel é entre a Telefônica e a PT que são os dois sócios e mais ninguém tem que interferir», comentou.

O presidente da operadora espanhola disse que o «casamento» na Brasilcel, que controla a Vivo, é entre ambos os grupos “e só assim está”, numa alusão à intervenção do Estado português que usou a sua ‘golden share’ para vetar o negócio.

«Cerca de 75 por cento dos accionistas votaram a favor da nossa proposta e tendo em conta que outras posições não puderam votar significa que 85 por cento dos acionistas teria votado a favor», afirmou, reiterando que a oferta é «impecável».

Alierta escusou-se a fazer comentários sobre as possíveis ações que a Telefônica venha a tomar na sexta feira caso, findo o prazo, não haja um acordo entre as duas empresas.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • julho 2010
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031