jul
08
Postado em 08-07-2010
Arquivado em (Charges, Newsletter) por vitor em 08-07-2010 22:35

Nani: a charge da polêmica

========================================

DEU NO TERRA (ELEIÇÕES 2010 )

Claudio Leal

Deu encrenca com os demônios do humor. Ex-“Pasquim”, “Jornal do Brasil” e “Bundas” (epa!), o cartunista Nani comparou o controverso programa de governo da candidata Dilma Rousseff (PT) a um programa de esquina – bem entendido: com posições heterodoxas. “O programa quem faz são os fregueses: PMDB: barba, cabelo e bigode; PDT: papai e mamãe e por aí vai…”, anuncia o cartum.

Com 37 anos de jornalismo, Nani enfrenta ataques de petistas e internautas por ter usado uma metáfora sexual para caricaturar a sisuda Dilma. Presidente do PT, José Eduardo Dutra reclamou da “baixaria”. Em entrevista a Terra Magazine, Nani defende-se com o mesmo salvo-conduto do Barão de Itararé, de Millôr e de Jaguar:

– Eu usei uma metáfora. Pode ter sido ruim, mas eu simplesmente fiz humor.

Publicado na página pessoal do desenhista (http://www.nanihumor.com/), o cartum foi reproduzido pelo blog do jornalista Josias de Souza e provocou imensa polêmica no Twitter e na blogosfera. Para alguns críticos, houve machismo. Se a encrenca aumentar, e nascer algum processo judicial, Nani tem um pedido a mais:

– Só espero que o PT não crie o Ministério do Humor e entregue ao PMDB!

Confira o bate-papo.

Terra Magazine – Como você encara a reação à sua charge sobre Dilma?
Nani – Não discutiram o conteúdo, a mensagem da charge. O cartunista usa uma metáfora pra falar do assunto. Hoje, eu usei a panela do programa da Dilma. O cozido, o pirão dela. É a mesma metáfora: todo mundo tá querendo, os outros partidos querem interferir no programa. O humor usa metáforas…

No caso, você brincou com a palavra “programa”.
A metáfora que eu usei foi um pouco violenta. Mas já botei o Fernando Henrique com peitos, ACM com o vestido de Tiazinha, o Lula pelado, com uma lingerie. São artifícios que o humor tem a liberdade de usar.

Teme censura?
A única censura que eu tive foi na ditadura. Nosso limite era o “Maomé” (refere-se à reação muçulmana contra o chargista dinamarquês Kurt Westergaard, que retratou Maomé). Não sei se Dilma será a nova “Maomé” (risos)

O brasileiro se deseducou em relação ao humor?
Eu acho que sim. As charges são muito palatáveis, perderam um pouco a crítica, ficam ilustrando assuntos nos jornais…

Leia íntegra da entrevista e mais sobre o assunto em Terra Magazine:
http://terramagazine.terra.com.br/interna

Be Sociable, Share!

Comentários

liza mara on 9 julho, 2010 at 7:09 #

Ridiculo, machista. preconceituoso,enrustido, maior desrespeito contra as mulheres.Tem mae nâo?


savio on 9 julho, 2010 at 10:12 #

curioso… com os homens ele fez charge com eles imitando mulheres (peitos, vestido da tiazinha lingerie etc), já a Dilma teve outro tratamento…


Carmem on 9 julho, 2010 at 10:37 #

Toda censura é maléfica à democracia.


Paulo on 9 julho, 2010 at 10:46 #

Além do machismo explícito, falta ver se ele vai fazer uma charge do Serra. Eu acho que não, ele está atacando a adversária do candidato dele, e usa o álibi de “humorismo”, como se essa baixaria tivesse alguma graça!


Thiago on 9 julho, 2010 at 12:25 #

Lamentável, preconceituoso… tudo o que a direita mais escrota, machista, preversa gostaria de dizer para aflorar o que há de pior nos seres humanos e tirar votos da Dilma, o cartunista, artista libertário, que está acima de qualquer questão faz. Neste caso, não é preconceito, é arte, então ele pensa que pode.

Ainda bem que Hitler não tinha senso de humor, senão apareceria algum idiota dizendo que ele tinha o direito de expressar suas ideias genocidas!


Marco Lino on 9 julho, 2010 at 12:29 #

Viva a democracia! Viva a mãe alheia!


José Luiz Rossi on 9 julho, 2010 at 15:19 #

Quem nasceu Nani,nunca chegará a Henfil,simples.


danilo on 9 julho, 2010 at 15:21 #

coitado do Nani. será que os fundamentalistas do PT vão incluir Nani na “fatwa”? e como disse Nani, será que Dilma é o nosso Maomé,? -ao comparar este episódio com as ameaças aos cartunistas finlandeses que caricaturaram símbolos dos muçulmanos?


José Luiz Rossi on 9 julho, 2010 at 15:31 #

Qto. o Nani ganhou pelo cartum?
Por favor Nani,não misture o Barão nisso,aliás ele tem uma boa opinião sobre valores:”o homem que se vende,recebe bem mais do que ele vale”.


ribeiro on 9 julho, 2010 at 15:40 #

nada a ver… tanto poderia ser a dilma quanto a mae do cartunista…


José on 9 julho, 2010 at 17:36 #

Bravo, Nani!! Eu era leitor do Pasquim nos anos setenta, e posso dizer que você não virou um “humorista a favor” como muita gente por aí. Continuou humorista.


Marco Lino on 9 julho, 2010 at 18:37 #

Caro Danilo,

quem persegue jornalista e pede a cabeça dos mesmos é Serra – a relação é extensa.

Quem melhor retratou esse Brasil foi Cazuza: “Te chamam de ladrão, bicha, maconheiro; transformam o país inteiro num puteiro, pois assim se ganha mais dinheiro…”

Depois que o príncipe dos sociólogos saiu e entrou a ralé… a putaria correu solta: todo mundo agora do governo é ladrão e puta. E, pior, não se pode processar judicialmente ninguém, pois assim estará atentando contra a “democracia”. Faça-me uma garapa!

Conservador, moralista, puritano etc vira progressista quando a piada sacana é com o inimigo.

Outra coisa: candidato não tem programa. O programa é do partido político. Critique-se o partido – teria razão. Ao mirar Dilma, o autor demonstrou machismo, preconceito. Ponto.


Valdir Pivotto on 9 julho, 2010 at 18:42 #

Por que não usa essa mesma criatividade para fazer humor da afirmação do Serra sobre amantes, mas tem que ser discreto. Poderia fazer com alguém parecido da sua família, uma metáfora, entende?


danilo on 9 julho, 2010 at 19:40 #

e lembrar q o atual “humorista a favor” Ziraldo, quando antes era “do contra”, e por isso elevado ao patamar de “genial” pela escumalha da esquerda tupiniquim, fez uma charge retratando o antido partido conservador ARENA como uma puta. a galera vibrou, inclusive vários petistas q agora estão no poder. taí todo o problema do PT e esta parte da esquerda mais xiita brasileira. eles não aceitam a crítica ferina. instrumento este, aliás, que foi usado até às raias do impensado por Lulla e cumpanhêros na época de qdo estavam na oposição. nada como a alternância do poder para fazer cair máscaras, ou burkas….


Marco Lino on 9 julho, 2010 at 19:58 #

Pois é, Danilo,

deveria ter feito com o partido. Preferiu a “candidata” por quê? E mais, um erro não justifica outro: o dinamarquês devia saber que era um tremendo insulto, para os muçulmanos, retratar Maomé. Fez consciente. Tb é claro que o cidadão cartunista sabe do desprezo que goza uma prostituta em nossa conservadora sociedade. Fez para sacanear, é claro.


danilo on 9 julho, 2010 at 20:34 #

ok, Marco Lino, mas nada é mais grotesco que aquelas coisas q Lulla falava a respeito de Sarney, Collor, Renan e hoje são unha e carne. mas tem uma opção: manda o Ziraldo e o Jaguar responderem com charges de Serrote à altura. é bem provável q eles aceitem o serviço. afinal ganharam um bom troco por terem sido, um dia, contrário a um governo, também, autoritário.


rúben rodríguez on 9 julho, 2010 at 21:47 #

A charge da Dilma, vale também para todos os políticos brasileiros. O Congresso Nacional é um puteiro a ceu aberto. Que República.


Rubens on 9 julho, 2010 at 22:25 #

O Sr.Nani cita a censura que enfrentou na ditadura. A sra. Dilma lutou abertamente pela restauração da liberdade de expressão. Hoje o cartunista usa essa liberdade para ofender quem ajudou a conquistá-la. Lamentável.


danilo on 9 julho, 2010 at 23:00 #

a Dilma não lutou pela restauração da democracia. nada disso. Dilma lutou para implantar uma outra ditadura no Brasil. uma ditadura de esquerda, ao estilo Cuba, Albânia e similares.


maria alice on 9 julho, 2010 at 23:31 #

discussão insubstantiva. Diversionismo puro.
Qual o problema em ser puta, hipócritas?
Que discriminação braba !!!
Verdade verdadeira é que cada um dos partidos ‘coligados’ tem um preço (R$, cargos, ministérios, etc…)pelos serviços prestados por qualquer profissional, inclusive as prostitutas das quais todos se servem. Falar de programa é metáfora mesmo…E vale pro tucanato tb. É o puto do pragmatismo impregnado ao fazer político contemporaneo, onde desembocamos, que já anuncia uma campanha insossa, sem tesão, brochante como será por certo o próximo governo, mais do mesmo.
Quem viver verá !


Marco Lino on 10 julho, 2010 at 0:00 #

Não seja tão mesquinho, Danilo…(risos) a luta pela emancipação completa do homem vale muito mais que essa democracia de araque em que vivemos… precisamos ir além… a “guerrilheira, terrorista” estava no lado certo… levar adiante o que Jango esboçou… o que Niemeyer sonhou… o que Lenin tentou…
hehehe
abs


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • julho 2010
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031