jul
07
Postado em 07-07-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 07-07-2010 19:10

O portal europeu TSF acaba de postar em uma de suas manchetes principais, desta quarta-feira, a notícia de que Cuba vai libertar 52 presos políticos, cinco deles nas próximas horas e os restantes 47 num período de três a quatro meses, segundo anunciou a Igreja Católica.

O comunicado da igreja, citado pela agência AFP, revela: O chefe da diplomacia espanhola, Miguel Ángel Moratinos, que termina esta quarta-feira uma visita de dois dias a Cuba, prometeu implicitamente uma normalização das relações entre Havana e a União Europeia no caso da libertação dos presos políticos.

Num encontro com o seu homólogo cubano, Bruno Rodriguez, o ministro espanhol declarou-se «convencido» que a visita vai produzir «resultados positivos» e sugeriu que a UE poderá abandonar a «posição comum» face ao regime cubano.

Até o momento, o diálogo permitiu a libertação de Ariel Sigler, um preso político paraplégico, e a transferência de 12 detidos para centros de detenção situados na província onde residem.

Cerca de 30 outros presos políticos, num total de 167 contabilizados no país, poderão se beneficiar da libertação num prazo indeterminado, como sugeriu a Comissão cubana para os direitos humanos.

A terceira visita de Moratinos decorreu ainda em plena degradação do estado de saúde do jornalista Guillermo Fariñas, 48 anos, em greve de fome há mais de quatro meses.

Na terça-feira, o cardeal Jaime Ortega, arcebispo de Havana, tinha assegurado que a deslocação de Moratinos «reafirma a esperança» sobre a situação dos presos políticos na ilha.
(Postado por Vitor Hugo Soares, com informações da agencia AFP e do portal TSF)

Be Sociable, Share!

Comentários

lost on 8 julho, 2010 at 1:47 #

thanks for keeping me up to date on this subject.

Sent from my iPad 4G


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • julho 2010
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031