jun
26
Postado em 26-06-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 26-06-2010 20:01

O diretor do “Le Monde”, Eric Fottorino, na redação (Philippe Wojazer/REUTERS/ PÚBLICO

========================================
A Sociedade de Redatores do “Le Monde”, a principal acionista do prestigiado diário francês, votou maciçamente contra a oferta de aquisição do trio France Télécom-Prisa-Perdriel, apoiada pelo Presidente Nicolas Sarkozy.

Em vez disso, os redatores do “Le Monde” preferiram a oferta do banqueiro com ligações à esquerda Matthieu Pigasse, o patrão da Internet Free Xavier Niel e o mecenas Pierre Bergé, relata a AFP. Escolheram esta parceria com 90,84% dos votos.

O jornal, que tem 65 anos de existência, luta agora pela sua sobrevivência, com uma dívida calculada entre 80 e 120 milhões de euros, e precisa de recapitalizar-se rapidamente. De imediato, o comprador deverá ter de avançar com dez milhões para aliviar as dificuldades de tesouraria do jornal.

Sarkozy tinha ameaçado reter subsídios estatais essenciais para a sua sobrevivência se a Sociedade de Redatores não escolhesse a oferta de aquisição que incluía a France Télécom, detida em 26 por cento pelo Estado. O assunto tornou-se um caso político quando se tornou público que o Presidente tinha convocado o dire tor do “Le Monde”, Eric Fottorino, para lhe dizer que a oferta do trio Bergé-Pigasse-Niel não tinha o seu apoio.

O Partido Socialista apelou ao “respeito pela independência dos media” e os comunistas falaram da “berlusconização” do Presidente francês. “O poder considera que os media devem estar todos sob sua influência”, reagiu por seu lado o centrista François Bayrou.

Claude Perdriel, patrão da revista “Nouvel Observateur”, anunciou entretanto que mantinha a sua oferta, a pedido dos administradores do Conselho de Supervisão do “Le Monde”, onde figuram representantes do pessoal e administradores que representam acionistas exteriores ao jornal. Este órgão deve pronunciar-se na segunda-feira. A decisão definitiva sobre a escolha do comprador do jornal só deve ser conhecida no fim do mês, após uma votação da assembleia-geral de acionistas

(Informações do JORNAL PÚBLICO TSF, de Portugal )

Be Sociable, Share!

Comentários

Oriana Lopes on 26 junho, 2010 at 20:59 #

Ora, cara pálida, unicamente Lula e seu partido que são de “esquerda”, podem eleger Sarkozy para alguma coisa. Essa país tá uma merda!!!!!!!!!!!!!!!!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • junho 2010
    S T Q Q S S D
    « maio   jul »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930