maio
12
Postado em 12-05-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 12-05-2010 19:17

deu no Terra

Davi Lemos
Direto de Salvador

O deputado federal Geraldo Simões (PT), ex-secretário da Agricultura do governo Jaques Wagner, refutou a possibilidade de definição do nome petista na chapa do governador Jaques Wagner à reeleição, sem a realização de prévias, se o deputado federal Walter Pinheiro e o ex-ministro da Defesa e ex-governador, Waldir Pires, não retirarem os nomes da disputa.

Simões criticou os colegas de partido que estariam utilizando os meios de comunicação para transmitir a ideia de que serão evitadas as prévias. “Havendo prévias, Waldir ganha”, avaliou. Ele também criticou a possibilidade de uma chapa com Pinheiro e a deputada federal Lídice da Mata (PSB). “Uma chapa como esta favorece a oposição. É o que eles estão esperando. Com Waldir, poderemos eleger dois senadores. Ou melhor, um senador e uma senadora”, disse.

O presidente do PT, Jonas Paulo, defende que a direção do partido na Bahia defina a questão. “Temos duas candidaturas postas, e os filiados do partido vão resolver isto. Esta é uma regra que nos é muito cara. Nosso partido não tem tendência a golpes ou canetadas”, reage Simões. Ele defende a tradição do partido de realizar as prévias, como as que ocorreram em Minas Gerais, entre Fernando Pimentel e Patrus Ananias. “No PT quem resolve são os filiados. Não existe chefe. (O presidente) Lula e (Eduardo) Suplicy também disputaram prévias”, defendeu.

Geraldo Simões, que defende a candidatura de Waldir Pires, afirma que o ex-governador é o que reúne melhores condições para contribuir com uma vitória de Jaques Wagner. “Em todos os eventos que a gente chega, Waldir é ovacionado. Ninguém hoje é mais qualificado que Waldir para disputar o Senado”, disse o deputado.

Imparcial
O governador Jaques Wagner, por sua vez, voltou a dizer nesta quarta (12), durante entrevista ao jornalista Casemiro Neto, na TV Aratu, que não vai interferir na decisão do partido. “São dois grandes quadros políticos do PT. Não tenho porque entrar direto na disputa. Waldir é inspirador de todos nós e Pinheiro é revelação da política mais moderna”, ponderou o governador, que afirmou: “Não sou dono do partido. Sou democrata por convicção”. Mas, nos bastidores é dada como certa a preferência de Wagner por Pinheiro, que foi ex-secretário de Planejamento na atual gestão petista.

( Terra- Eleições 2010: ( http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias )

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos