maio
09
Postado em 09-05-2010
Arquivado em (Multimídia) por vitor em 09-05-2010 12:08


==============================================
‘Las manos de mi madre” (As mãos de minha mãe), com a saudosa argentina Mercedes Sosa, a música do dia no Bahia em Pauta (sugira a sua) , vai paras todas as mulheres-mães neste domingo especial.

Mulher-mãe, como assinala Cida Torneros na bela crônica publicada hoje no BP, “é toda mulher, mesmo sem ter tido filhos, tem sempre crianças que cruzam seu caminho e pedem colo. Um bebê pode ser até um homem de 40 anos, quando ele deita e pede chamego, freudianamente querendo colo de mãe,  já crescido e criado, precisando crescer depois de crescido”…

Uma canção para Jandiras, Celinas, Alices, Marcias, Reginas, Bigas, Marianas, Graças, Patrícias, Carminhas , Grazzis, Cidas, Danis, Olívias, Margaridas, Mercedes…

(Postado por Vitor Hugo Soares )

Be Sociable, Share!

Comentários

Mariana Soares on 9 Maio, 2010 at 18:48 #

Eu também rendo as minhas homenagens, neste dia e em todos os outros, a todas essas grandes mulheres citadas por você, meu irmão! Agradeço, ainda, pela parte que me toca.
Em especial, homenageio a minha Janda, que ora brilha como estrela que é no ceu e de lá toma conta da gente, tenho certeza.
À Regina, agradeço por tantas vezes ter exercido o papel de mãe na minha infância, me ajudando nos trabalhos da escola, me vestindo com as roupas mais descoladas da época, me ouvindo os medos, me levando a praia e para tomar sorvete, me segurando a mão sempre que precisei, enfim, pelo amor e atenção desmedidos a mim sempre dedicados. Obrigada Regina, do fundo do meu coração, mil vezes obrigada!
Também quero fazer hoje uma homenagem especial a Raquel, esta mãe sublime, guerreira, que ora briga feroz e, ao mesmo tempo, docemente pela vida. Que a sua luta, Raquel, e especialmente que a sua maneira de lutar, nos sirva a todos de exemplo. Você vai sair dessa, se Deus queiser.
Feliz Dia das Mães-Mulheres a todas vocês!!!
A minha canção para este dia é do meu querido Chico Buarque, que hoje sofre a dor inigualável da perda da sua mãe…”…quem é esta mulher que canta sempre esse estribilho, só queria embalar meu filho, que mora na escuridão do mar…”. E, ainda, de Chico tem: “…olha as minhas meninas, as minha meninas, para onde é que elas vão…se já saem sozinhas as notas da minha canção…vão as minhas meninas levando destinos tão iluminados de sim…passam por mim e embaraçam as linhas da minha mão…É isso aí, mães queridas, nós, filhos, vamos seguindo iluminados dos sim que vocês jamais nos negaram…Obrigada!!!!


Regina on 9 Maio, 2010 at 21:53 #

Eu e meus filhos acabamos de chegar do restaurante brasileiro aqui em San Francisco, Espetus, onde matamos a saudade de um bom churrasco regado a caipirinhas. Para homenagear nossa saudosa mãe, a mãe do Chico e todos as mães do Universo sugiro botar A BANDA pra tocar. Lembro-me, como se fosse agora a alegria com que nossa Jandira acompanhava essa musica ao ouvi-la na radio ou TV. Foi um momento feliz e isso é o mais importante na vida. Desejo a todas mães um dia de felicidade!
http://www.youtube.com/watch?v=5fAxE9ZN8hs
As generosas palavras de Mariana encheram meu coracao de amor e me ensinam que ser Mãe é muito mais que o simples ato de dar a luz, mas dar amor, acolher uma crianca e guiala no caminho davida.
A todos meu amor!!!!!!!!!!!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos