maio
02
Postado em 02-05-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 02-05-2010 19:51


=============================================
Neymar: presença de campeão

=================================================

O time que joga o futebol mais bonito do Brasil é campeão paulista! Não com o show que o torcedor santista está acostumado, mas quem se importa? O Santo André bem que tentou acabar com a festa, venceu o Santos por 3 a 2, neste domingo, no Pacaembu, mas não levou o título, que ficou com o Peixe, seu 18º na história. De quebra, o ataque do Alvinegro da Baixada – o mais positivo do país – chegou ao centésimo gol em 2010.

Foram 18 vitórias, dois empates e apenas três derrotas no Estadual de 2010. Campanha digna de um campeão. E o ataque foi o grande pilar desta conquista: foram incríveis 72 gols marcados.  Neymar com 14, André com 13 e Paulo Henrique Ganso com 11, foram os principais goleadores do  Peixe. Com o título deste domingo, o Santos passou a ser, ao lado do Corinthians, o time com mais campeonatos paulistas nesta década: três.

Mas o santista sofreu no fim. Logo aos 55 segundos de jogo, o atacante Nunes abriu o placar para o Santo André, que precisava vencer por dois gols de diferença para ser o campeão.

Foi aí que Neymar, melhor jogador do Peixe no campeonato, chamou o jogo. Sem o óculos de proteção para o olho direito, lesionado na semana passada, o atacante fez grande jogada, driblou o goleiro e empatou o jogo aos 8 minutos.

E o Santo André foi para cima. Aos 16, Rodriguinho marcou de cabeça, mas o gol foi erradamente anulado graças a impedimento mal marcado pela assistente Maria Elisa Correia Barbosa. Na sequência, o Ramalhão acertou a trave de Felipe em chute de Branquinho. Mas aos 20, o time conseguiu o seu segundo gol com Alê, que aproveitou mais uma falha da zaga santista pelo alto.

Logo depois do tento do Santo André, houve  grande confusão na partida, com empurra empurrra, que começou após Neymar ter se jogado na entrada da área. Nunes e Léo acabaram expulsos após discussão. O Peixe ainda perderia Marquinhos aos 37 minutos depois de  falta violenta.

Mas o Santos resolveu voltar a jogar futebol. E tem Neymar! Aos 37 minutos do segundo tempo, mais um susto para os santistas: Roberto Brum, que entrara aos 32, acabou expulso. Mais pressão contra os “Meninos da Vila”. A torcida prendeu a respiração!

Aos 43 minutos, depois de muito sofrimento e alguma pressão, o Pacaembu voltou a pulsar com o som da festa dos santistas. O Ramalhão foi valente, tentou criar o gol e chegou muito perto do título quando Rodriguinho carimbou, mais uma vez, a trave de Felipe.

( Com informações do portal MSN )

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos