abr
28
Posted on 28-04-2010
Filed Under (Newsletter) by vitor on 28-04-2010

Messi e Barcelona: morte na praia/MSN

==============================================
O time italiano Internazionale de Milão eliminou o Barcelona na semifinal da Liga dos Campeões e pode voltar a conquistar o torneio, que não leva desde 1964/65. Mourinho, o treinador pportuguê da Inter, apostou no velho “ferrolho” e com uma defesa fechada do começo ao fim do jogo, a partida no Camp Nou terminou com uma derrota de apenas 1 a 0 para o Barça e, com a vitória por 3 a 1 no primeiro jogo, os italianos estão na final contra o Bayern (ALE).

O que se viu em todo primeiro tempo mais parecia um daqueles treinos de ataque contra defesa no futebol. O campo do Estádio De acordo com a comparaçãp dp portal MSN, Camp Nou parecia que iria “tombar” para a direita, pois 21 dos 22 jogadores no gramado ficaram no mesmo lado. O único que permanecia na defesa do Barça era o goleiro Valdés.

Como estava com os 11 jogadores quase dentro da área, a Inter não deixou os donos da casa criarem muitas oportunidades. As melhores chances foram com Messi – que deu um lindo chute para uma defesa mais bonita ainda de Julio Cesar -, em dois remates de Pedro e Ibrahimovic, que recebeu de Daniel Alves, mas chutou na zaga.

No segundo tempo tudo parecia que ia mudar. O defensor Thiago Motta foi expulso de campo ainda na primeira etapa, deixando o time italiano com apenas 10 jogadores em campo. Aos 27 minutos, o brasileiro, que já tinha cartão amarelo, colocou a mão no rosto de Busquets. Levou o segundo e, com justiça, foi para o chuveiro mais cedo.

Mas nem assim o jogo se alterou muito. Mesmo com um jogador a mais, o time do Barça não conseguia criar nada e não levava perigo ao gol defendido por Julio Cesar. Mourinho levou seu time à Barcelona para defender, e apenas defender.

A Inter deu apenas um chute a gol, que nem foi na direção de Valdés. Já o Barça tentava, sem sucesso, cruzamentos na área e chutes de longa distância, que não acertavam a meta defendida pelo goleiro da Seleção Brasileira.

O único gol do jogo saiu em jogada inesperada. Piqué recebeu de Xavi, e, com um toque na bola, girou e tirou de Julio Cesar para marcar o único gol do Barça, que não foi o suficiente para garantir a classificação do time espanhol.

E adeus Barcelona e Messi na final, que será disputada entre Inter de Milãi e Bayern de Munlck. Ciao muchachos !

(Com informações do portal MSN)

abr
28


===========================================
Sem palavras, só agradecimentos a Gilson Nogueira pela garimpagem e sugestão deste belo presente para os leitores e ouvintes do BP no começo desta noite enluarada de quarta-feira.

(VHS )

abr
28

Furo do JB

=========================================
DEU NO BLOG DE CHICO BRUNO

Ao completar 119 anos, Jornal do Brasil dá furo

A tentativa de extorsão pelo telefone sofrida pelo vice-presidente da República José Alencar, enquanto estava em sua residência, no bairro de Ipanema (Zona Sul), no último domingo, é um furo jornalístico da colunista Hildelgard Angel.

O interessante é que o restante da mídia só deu a notícia depois que ela foi confirmada pelo vice-presidente.

Que coisa feia!!!

========================================
Comentário do BP: É isso aí, Chico. Parabéns e olho vivo, pois como diz Ibrahim, cavalo não desce escada.

(VHS)

Através de sua assessoria , via e-mail, o deputado ACM Neto (DEM) afirmou nesta quarta-feira (28) que o candidato do PSDB à Presidência, José Serra , fala para os baianos quando defende a criação do Ministério da Segurança Pública. É uma referência aos pronunciamentos do pré-candidato tucano em sua visita de ontem a Alagoinhas e Feira de Santana.

ACM Neto lembra que em duas semanas Serra esteve na Bahia duas vezes, tem acompanhado o crescimento desenfreado da violência no estado porque o governo Jaques Wagner (PT) não investe no setor. “De modo que esse será um problema grave que o PT baiano vai deixar no colo do próximo governador, que vai precisar de toda ajuda que puder obter junto ao governo federal para combater a criminalidade”, disse Neto.

O deputado lembra ainda que, quando disputou a prefeitura de Salvador, em 2008, defendeu a criação da Secretaria de Prevenção à Violência, que também tinha como objetivo ajudar o estado no combate à criminalidade. O combate à criminalidade tem que ser uma ação conjunta dos três entes federados, de forma conjunta e organizada.

Ainda através de sua assessoria o parlamentar do DEM diz não entender como a candidata petista Dilma Rousseff pode ser contra essa proposta. “Sobretudo porque o PT, no governo Lula, criou vários ministérios que possuem pouca ou nenhuma utilidade e que deverão ser extintos por Serra. Será que o PT tem medo de enfrentar os bandidos?”, interroga ACM Neto.

abr
28
Posted on 28-04-2010
Filed Under (Multimídia) by vitor on 28-04-2010

Amy:no hospital

==========================================
A cantora britânica Amy Winehouse sofreu uma queda dentro de casa, domingo passado, Londres, que lhe provocou uma lesão nas costelas e um corte na sobrancelha. Ela foi hospitalizada numa clínica em Harley Street, a mesma onde colocou implantes de silicone nos seios há cerca de um ano. O jornal Daily Mail adianta que a cantora teria sido internada por outro motivo: problemas com esses mesmos implantes.

Este é mais um episódio na vida atribulada da intérprete do hit Rehab. No entanto, o agente da cantora, Chris Goodman, afirmou que Amy está em recuperação da queda : “Começou a sentir-se mal, com muitas dores, e percebeu que tinha de ser vista por um médico por causa dos seus implantes”, afirmou.

(Com informações do Diário de Notícias (Lisboa) )

abr
28
Posted on 28-04-2010
Filed Under (Artigos, Ivan) by vitor on 28-04-2010

Marina: a caminho da Bahia

============================================
Em seu artigo desta quarta-feira na Tribuna da Bahia o colunista Ivan de Carvalho escreve sobre Marina Silva, a pré-candidata do PV à presidência da Rapública, que visitará Salvador no fim de semana.”E foi isto que mais me sensibilizou em Marina. Ela condenou a política brasileira em relação a Cuba e ao Irã. Ora, eu já o havia feito tantas vezes que cansara”, diz Ivan no texto que Bahia em Pauta reproduz.

(VHS)

==========================================
OPINIÃO POLÍTICA

O jeito franco de Marina

Ivan de Carvalho

.

Se o voto não fosse secreto, eu que sou jornalista político, com a obrigação de buscar ser isento no relato dos fatos e nas análises, mas sem perder o meu direito de cidadão e de jornalista de expressar minhas opiniões, estaria a um passo de dizer que estou a um passo (a estratégia do passo-a-passo) de votar em Marina Silva para presidente da República.

A senadora do PV, que rompeu com o PT e saiu do Ministério do Meio Ambiente porque para suas idéias e convicções lugar não mais achava no governo e no partido de Lula, saiu em defesa de outro que foi usado pelo presidente e o PT enquanto isso foi interessante para eles e depois alvejado pelo que Marina chama de uma “operação de guerra” para afastar Ciro da eleição presidencial.

Marina ataca aqueles que só têm “democracia no discurso” e condena a utilização, pelo presidente Lula, pelo PT e pela cúpula do PSB, “às velhas formas de operar para eliminar possíveis concorrentes”.

Esse ataque de Marina agrada porque ela deixou de lado aquela velha desculpa de tantos, que para evitar embates alegam não querer comentar “assuntos de outros partidos”, quando deles se esperaria exatamente que comentassem os assuntos tanto dos outros partidos quanto dos deles. E usou uma linguagem direta, coisa que poucos políticos de destaque fazem quando falam sobre questões polêmicas.

Mas não é a defesa que fez de Ciro que me leva a simpatizar, como cidadão, com a candidatura de Marina Silva. É também a hombridade com que abandonou o ministério para não abandonar suas convicções e deixou o PT para não deixar-se submeter a um jugo partidário que tem inequívocas componentes autoritárias, ainda que tenha também outras que não estão nesta linha. Aliás, neste aspecto, o PT está mesmo em cima do muro, mas infelizmente doidinho pra pular pro lado de lá.

E foi isto que mais me sensibilizou em Marina. Ela condenou a política brasileira em relação a Cuba e ao Irã. Ora, eu já o havia feito tantas vezes que cansara. Então vem Marina e reanima. E de uma maneira arrasadora, deixando-me indignado comigo mesmo por não ter encontrado antes dela as duas frases lapidares que ela usou para lapidar – no velho e punitivo sentido de apedrejar – a política externa brasileira e, por tabela, os regimes iraniano e cubano.

Faço questão de transcrever. Sobre a “nossa” política para o Irã: “O Brasil é a única democracia ocidental que tem dado audiência a Ahmadinejad”. E mais inspirada ainda na abordagem da questão cubana: “Se os direitos humanos são importantes para os brasileiros, também são importantes para os cubanos”.

Some-se a isso a conhecida posição de Marina Silva contra o aborto, admitindo, no máximo, um plebiscito para que a sociedade decida – sou mais radical contra este mal, minha consciência não admite que uma maioria, mesmo em âmbito nacional, dê a mães e médicos o poder de sentenciar à morte seres humanos totalmente inocentes e indefesos – e, então entendam como é pequena a distância que, neste momento, separa meu voto de Marina Silva.

  • Arquivos