mar
21
Postado em 21-03-2010
Arquivado em (Artigos, Multimídia, Olivia) por vitor em 21-03-2010 22:06

==================================================

MARIA OLÍVIA

Vanessa da Mata, grande cantora e revelação da nossa MPB, que me perdoe, mas, passei o dia de ontem, dia 20 de março, tentando entender quais os critérios, ou a falte de, dos organizadores do Projeto Mulheres Brasileiras, que deu a largada ontem (20) na capital baiana para a escolha da cantora mato-grossense como anfitriã do mesmo.

Pasmem, caros blogueiros do BP: A extraordinária compositora Dona Ivone Lara, baluarte do samba brasileiro, foi convidada, junto com as novatas Malu Magalhães e Mariana Aydar – muito boas, por sinal – para fazer uma simples participação. Na minha singela opinião, o normal seria Dona Ivone Lara convidar Vanessa, Mariana e Malu, até porque, o público presente na noite de ontem na Concha Acústica do TCA era predominantemente jovem, e nossa juventude tem o direito de conhecer um pouco mais da história da música popular brasileira e, com certeza, Dona Ivone tem muito a ensinar a esta moçada.

Salvador é a primeira cidade a receber o projeto Mulheres Brasileiras. Depois, serão realizados shows em em Porto Alegre, dia 25/03; Brasília, 09/04; Belo Horizonte, 20/04; São Paulo, 30/04 e Rio de Janeiro, 07/05. Ainda não estão definidas as convidadas para as próximas apresentações. Sabe-se apenas que, a também novata, Maria Gadu vai cantar em BH.
Segundo o jornalista Millôr Fernandes, o ser humano tem o direito de se indignar apenas três vezes ao dia, mais é burrice.

Fica então registrada minha reflexão/indignação neste espaço democrático que é o Bahia em
Pauta

Maria Olívia é jornalista.

Be Sociable, Share!

Comentários

Claudio on 22 Março, 2010 at 8:18 #

Comportamento de um país desmemoriado e preconceituoso com os idosos. Há vergonhas de impor o que é tradicional (e mais natural) a uma plateia. Vanessa da Matta, apesar do talento, é para abrir um show de dona Ivone Lara – e aprender.


luiz alfredo motta fontana on 22 Março, 2010 at 9:25 #

Num país de “Ivetes”, Vanessa é salto de qualidade.

Cara Maria Olívia

Tua “reflexão/indignação”, essa dualidade síntese de tua sensibilidade, é benvinda.

Essa escala soa tão estranha quanto soa a “nosostros”, nostálgicos de uma Bahia mítica e cultural, essa presença exagerada e enganosa de Ivete Sangalo (como é lindo meu avião, como é grande e “generoso”o circuíto de rodeios e festas do peão), travestida de uma “baianidade fake”, pastiche do que poderia ser uma pauta cultural baiana.

Aqui o pecado, vende-se uma Bahia plastificada, especialmente no Carnaval, que já foi uma das mais puras faces da expressão cultural baiana.

Quanto aos “Projeto Mulheres Brasileiras”, é apenas uma promoção midiática da SKY, operadora de TV por assinatura, com produçãoPlanmusic, de Luiz Oscar Niemeyer. Ou seja, mais uma ação de marketing.

Pensando bem, melhor Vanessa que Ivete, ou não?


Olivia on 22 Março, 2010 at 10:16 #

Gosto muito de Vanessa da Mata, Fontana. Mas, como disse Claudio Leal, ela é para abrir um show da maravilhosa Dona Ivone Lara, não o inverso. Tenho dito.


luiz alfredo motta fontana on 22 Março, 2010 at 10:31 #

Cara Olívia

Vou repetir, embora, mesmo assim, não “terei dito”.

Vanessa é apenas a contratada pela SKY para, num empreendimento típico de marketing, “apresentar” uma série de eventos/ shows, entre eles o de salvador sob o título “Mulheres brasileiras!.

Depois de Salvador, Vanessa levará o projeto também para outras capitais. No próximo dia 25 o show será em Porto Alegre, com Alcione e Maria Gadú; dia 09 de abril em Brasília, com Fernanda Takai e Mariana Aydar; dia 20 em Belo Horizonte, com Fernanda Takai e Maria Gadú; dia 30 em São Paulo, com Mallu Magalhães, Maria Gadú e Dona Ivone Lara; e dia 07 de maio no Rio de Janeiro, com Dona Ivone Lara.

Assim, nenhum ultraje à importância de Dona Ivone Lara, ela por sinal, emprestará prestígio ao evento de Salvador, e certamente receberá o devido cachê.


luiz alfredo motta fontana on 22 Março, 2010 at 11:18 #

Resumindo a ópera

O show é de Vanessa da Mata, dona Ivone, assim como Alcione, entre outras, figuram como “convidadas”, de tal sorte e arte que:

“O repertório reúne sucessos da carreira da artista como “Vermelho”, “Boa Sorte”, “Amado”, “Não Me Deixe Só”, entre outros. E engrandecendo ainda mais o espetáculo, a artista vai se juntar a vozes femininas de estilos e gerações diferentes em cada uma das cidades. Com elas interpretará uma canção de sua autoria, e outra do repertório da convidada.” (OlharDireto.com)

Não sobrevive, assim, essa tentativa de discutir “quem pode abrir show de quem”.

Nessa linha, seria decretada a condenação dssa singular forma de homenagear em palco, o convite para participaçao especial em shows, aliás, prova de carinho e respeito.


Claudio on 22 Março, 2010 at 13:53 #

Se a promotora é uma entidade privada, está explicada a ofensa à história de dona Ivone Lara. Essa gente não sabe do que se passa. Uma bobajada marketeira sem a menor noção do que é a história. Vanessa vai ralar muito para chegar à simplicidade “Alguém me avisou”. PS. Não dá pra menosprezar o talento de Ivete Sangalo. Nunca comprei um disco dela, mas reconheço seu dom.


luiz alfredo motta fontana on 22 Março, 2010 at 15:33 #

Conclusões possíveis sob a patrulha aqui exposta:

Vanessa da Mata tem dois caminhos:

1. Não aceita mais convites para shows…

2. Caso não resista e tente exercer sua profissão de casntora, não deverá, sob pena de rejeição, convidar quem lhe agrade…….

Quanto ao talento de Ivete, nada contra, só o estranhar deste peculiar, e ao que aprece rendoso talento, ser apresentado como expressão cultural baiana, a ponto de “traduzir” o que “restou”, segundo os promotores, do carnaval. Embora reconheça, tem tudo com o espírito reinante na venda de abadás e procissão de “carneiros”.


luiz alfredo motta fontana on 22 Março, 2010 at 15:34 #

casntora = cantora

aprece = parece


Leleto on 22 Março, 2010 at 16:21 #

Essa discussão é prolixa por demais. Muitas perguntas podem ser feitas, como por exemplo? O que os organizadores levaram em conta para que Dona Ivone Lara abrisse o show de Venessa. Será que é muito difícil entender que uma empresa visa tão somente o lucro e a partir disso o céu é o limite? Pelo amor de Deus vamos parar com essa utopia. Não venham com essa de tradicional, ainda mais com a sky, uma empresa capitalista na sua mais pura essência. Não que concorde com isso, mas é a realidade.


Olivia on 22 Março, 2010 at 23:15 #

Fico com Paulinho da Viola, sempre: “Quando penso no futuro, não esqueço do passado”.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos