mar
14
Postado em 14-03-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 14-03-2010 23:47

Sarkozy e Carla em dia de eleição

==============================================

O Partido Socialista voltou neste domingo a ser o maior partido de França, na 1ª volta das eleições regionais, conseguindo cerca de 30 por cento de votos, mais quatro pontos acima do partido de Nicolas Sarkosy.

A primeira secretária do Partido Socialista francês (PS), Martine Aubry, considerou que a derrota da Direita confirma o desejo de mudança dos eleitores numa «França angustiada» e apelou ao voto na segunda volta das eleições.

«A França votou pela esquerda e pela esperança», declarou Martine Aubry, líder socialista e presidente da câmara de Lille (norte), apelando ao voto no próximo domingo, quando se disputar a segunda volta das eleições regionais.

A primeira volta das regionais registou um nível recorde de abstenção, atingindo os 52 por cento, segundo as sondagens divulgadas à hora do encerramento das urnas.

O PS passa a primeira força política a nível nacional, com cerca de 30 por cento de votos, cerca de quatro pontos acima da União para um Movimento Popular (UMP), do Presidente da República, Nicolas Sarkozy, segundo as sondagens divulgadas pelos principais canais e jornais franceses.

A socialista Ségolène Royal, reeleita para a presidência da região de Poitou-Charentes (sudoeste), secundou o apelo de Martine Aubry para o voto no dia 21 de Março, considerando que a derrota da direita «é a rejeição do modelo político do Presidente Sarkozy, que esgotou a França e que os franceses não querem mais».

A Europa Ecologia afirma-se como a terceira força política, à frente da Frente Nacional (extrema direita), de Jean-Marie le Pen, que conseguiu passar à segunda volta das eleições na região de Ródano-Alpes

(Com informações do portal TSF, de Portugal)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos