mar
10
Posted on 10-03-2010
Filed Under (Newsletter) by vitor on 10-03-2010

Fernando Conceição:”isso é irracional”

====================================================

DEU NO COMUNIQUE-SE (Portal especializado em bastidores da imprensa)

Da Redação

O movimento Afirme-se, que defende as cotas afirmativas nas universidades brasileiras, entrou com uma representação no Ministério Público do Rio de Janeiro contra o jornal O Globo. A entidade alega que o veículo vetou um anúncio publicitário ao estipular um valor alto para a publicação de uma peça.

Segundo o jornalista Fernando Conceição, coordenador do Afirme-se, ao saber do conteúdo da campanha, o jornal aumentou o preço de R$ 54.163,20 para R$ 712.608,00 (1.300%), alegando que o texto reflete “expressão de opinião” e que, por isso, teria que cobrar a tabela cheia.

“Isso é uma coisa irracional e eles mantiveram a posição, por isso ingressamos com uma representação por abuso de poder econômico”, diz o jornalista, que contou que o mesmo anúncio foi publicado pelo O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo e A Tarde, ao custo médio de R$ 40 mil cada um.

O anúncio, que enfatiza o apoio de 60% da população brasileira às ações afirmativas, tem o objetivo de manter as cotas nas universidades, tema debatido pelo Supremo Tribunal Federal na última semana.

A representação contra O Globo exige a punição do veículo e a obrigatoriedade da publicação do anúncio a preço simbólico ou gratuito, caso seja comprovada a irregularidade.

Até o fechamento dessa matéria, não foi possível entrar em contato com representantes do jornal.

mar
10
Posted on 10-03-2010
Filed Under (Newsletter) by vitor on 10-03-2010

Corey, nos anos 80 do sucesso, e nos 90 das drogas

===================================================

DEU NO PORTAL MSN

O ator americano Corey Haim, que ficou famoso durante sua adolescência nos anos 1980, morreu na madrugada desta quarta-feira (10), aparentemente por uma overdose de drogas, informou a Polícia de Los Angeles.

De acordo com o site da revista americana “People”, Haim foi encontrado inconsciente por sua mãe, Judy, e teve a morte pronunciada às 3h30, logo depois de dar entrada no hospital St.Joseph. A Polícia disse à emissora de televisão “KTLA” que Haim, de 38 anos, aparentemente sofreu uma overdose acidental de drogas.

Haim fez sua estreia em Hollywood em 1984, mas foi realmente alçado à fama em 1987, com “Os Garotos Perdidos”. Entre seus filmes de sucesso entre as teens da época ainda estão “A Inocência do Primeiro Amor” (1986) e “Sem Licença para Dirigir” (1988).

O ator também ganhou destaque por seus trabalhos conjuntos com Corey Feldman, com quem contracenou em “Os Garotos Perdidos” (1987) e “Garotos Perdidos – A Tribo” (2008). A dupla estrelou o reality show “The Two Coreys”, levado ao ar pelo canal por assinatura “A&E” entre 2007 e 2008.

Bob Geldof: “BBC mente”

===================================================
Escândalo chega aos umbrais do Big Bem e envolve uma das instituições de maior credibilidade no Reino Unido no campo da jornalismo e da comunicação:

O portal potuguês TMS informa que o músico Bob Geldof, que liderou a campanha “Band Aid” nos anos 80, destinada a angariar fundos para combater a fome na Etiópia, pediu demissão do cargo de diretor do Serviço Mundial da BBC devido a uma reportagem da rádio que afirmou que os fundos obtidos teriam sido usados na compra de armas por grupos rebeldes.

Segundo a BBC Brasil, em artigo publicado nesta quarta-feira no “The Guardian”, Bob Geldof afirmou que a reportagem da BBC não tem credibilidade e pede uma investigação aos factos relatados pela emissora. Nesse artigo, Geldof pede ainda a demissão do director do Serviço Mundial da BBC, Peter Horrocks, do produtor da reportagem, Martin Plaut e do seu chefe, Andrew Whitehead.

Na peça, emitida a semana passada no programa “Assignment”, o editor Martin Plaut afirmara que boa parte dos mais de 100 milhões de dólares, angariados pelo “Band Aid” para ajudar as vítimas da fome na Etiópia, teriam sido desviados para a compra de armas por grupos rebeldes da província do Tigré.

Bob Geldof acusa a reportagem de ter caluniado o “Band Aid” e diz que vai denunciar o Serviço Mundial da BBC ao orgão regulador da imprensa no Reino Unido, Ofcom, e aos directores da BBC, exigindo a transcrição de todas as entrevistas do programa em questão, adianta a BBC Brasil.

O músico argumenta que se não tivesse chegado ajuda à Etiópia teriam morrido milhares de pessoas de fome, o que não se verificou porque, segundo Geldof, a ajuda tem chegado ao seu destino.

“É difícil acreditar que alguém tenha levado a reportagem a sério. Então onde estão os mortos? Se não receberam alimentos, porque não morreu ninguém de fome? Essa seria uma das primeiras coisas que eu teria perguntado, mas eles não morreram porque estiveram a receber ajuda”, disse.

Bob Geldof estuda agora a hipótese de a Fundação Ban Aid poder vir a mover um processo judicial contra Martin Plaut e o Serviço Mundial da BBC, informa ainda o mesmo site.

A BBC, segundo TSF, mantém as afirmações feitas pelos seus jornalistas.

(Com informações da TSF, de Portugal e BBC Brasil)

mar
10

DEU NO PORTAL MSN

A produção industrial cresceu em 13 das 14 regiões monitoradas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em janeiro deste ano, ante dezembro de 2009. Nesta comparação, segundo informou hoje o instituto, as regiões que registraram os principais avanços foram Espírito Santo (5,6%), Ceará e Pernambuco (com 5,4% cada) e Paraná (4,0%).

As demais altas foram observadas nas seguintes regiões: Nordeste (3,7%), Rio Grande do Sul (3,2%), São Paulo (3,0%), Pará (3,0%), Bahia (2,5%), Goiás (2,2%), Minas Gerais (1,7%), Santa Catarina (1,1%) e Rio de Janeiro (0,3%). No caso do Amazonas, houve estabilidade. Ainda em relação ao mês anterior, a produção industrial nacional cresceu 1,1%, como divulgou o IBGE no início da semana passada.

Na comparação com janeiro do ano passado, todos os locais pesquisados elevaram a produção no mesmo mês deste ano. Segundo o documento de divulgação da pesquisa, os avanços “refletem a ampliação do ritmo produtivo e a baixa base de comparação, por conta das férias coletivas e das paralisações não programadas em vários setores em janeiro de 2009”.

Com avanços acima da média nacional (16%) no primeiro mês deste ano, ante igual mês do ano anterior, destacaram-se Espírito Santo (48,5%), Amazonas (33,9%), Minas Gerais (28,8%), Bahia (23,6%), Rio Grande do Sul (20,9%), Goiás (19,8%) e Ceará (16,7%). As demais altas foram apuradas em São Paulo (15,6%), região Nordeste (11,5%), Rio de Janeiro (10,7%), Paraná (10,4%), Santa Catarina (7,9%), Pará (5,8%) e Pernambuco (1,2%).

São Paulo

A produção industrial de São Paulo, que representa em torno de 40% da produção nacional e cresceu 3,0% ante dezembro de 2009, teve o sétimo aumento seguido em relação ao mês imediatamente anterior.

Em relação a janeiro de 2009, o avanço de 15,6% representa a terceira taxa positiva seguida ante igual mês do ano anterior. Na comparação com janeiro do ano passado, para a qual há detalhamentos setoriais, 17 das 20 atividades pesquisadas na indústria paulista registraram alta na produção. O destaque ficou com o setor de veículos automotores, que avançou 45,0%

mar
10

Geddel: sem volta com Wagner

——————————————————–
DEU NA REVISTA DIGITAL TERRA MAGAZINE

=======================================================

Rosane Santana

Está decidido, segundo Geddel: o PMDB não marchará com o PT, na Bahia, nas eleições para o governo do Estado, como insiste o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Em entrevista a Terra Magazine, ontem à tarde, o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, descartou a possibilidade de uma reaproximação com o governador Jaques Wagner, seu ex-aliado em 2006.

Geddel reafirmou a decisão de candidatar-se ao governo baiano, em outubro próximo, pondo um fim às especulações em torno de uma aliança com os petistas, depois do apelo público feito pelo presidente Lula, durante a inauguração do projeto Salitre, de irrigação, em Juazeiro (BA), na última sexta-feira.

“Estava ao lado do presidente Lula, quando ele manifestou o desejo de unidade. Mas, por vezes, essa unidade não será possível”, disse Geddel, que é um dos principais articuladores da aliança entre o PMDB e o PT em torno da candidatura de Dilma Rousseff à presidência da República.

O ministro que deixa a pasta da Integração Nacional, em 2 de abril próximo, prazo de desincompatibilização estabelecido pela Justiça Eleitoral, aproveitou para estocar mais uma vez o governador da Bahia, Jaques Wagner. Em entrevista ao jornal Correio da Bahia, de Salvador, no domingo, Wagner afirmou que a saída do PMDB da administração estadual favoreceu o seu governo, pois gastava 30% do seu tempo resolvendo conflitos criados pelo partido.

“Se o governador pensava dessa forma, por que não demitiu os quadros do PMDB quando lá estavam?”, questionou Geddel, acrescentando que a atitude de Wagner, neste caso, “foi de conivência ou incompetência”.

Em clima de “bateu-levou”, PMDB e PT, na Bahia, seguem às turras, para desgosto de Lula, que confessou publicamente sentir-se constrangido com as desavenças de seus aliados. O ministro, que está em compasso de espera sobre a definição da estratégia de campanha de Dilma Rousseff nos estados em que há conflito, já declarou que quer um tratamento igualitário da candidata em relação ao adversário petista, amigo pessoal do presidente da República, além de importante governador do partido.

mar
10
Posted on 10-03-2010
Filed Under (Artigos, Ivan) by vitor on 10-03-2010

Canal Imbui: naturezA semi-morta

=======================================================
Em sua coluna de hoje na Tribuna da Bahia o jornalista político Ivan de Carvalho volta a mexer em uma questão polêmica da cidade atualmente.

O colunista alerta para a reunião tripartite que será realizada na tarde de hoje no bairro eo Itaigara, com representantes do Ingá – órgão estadual vinculado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente e que trata de questões relacionados a água, saneamento, poluição e correlatas –, incluindo seu diretor-geral Júlio Rocha, da Casa Civil da Prefeitura de Salvador e da Construtora OAS, que realiza as obras no esgoto (ex-rio) que corta o bairro. É aí que que mora o impasse, a ponto de Invan perguntar no artigo que Bahia em Pauta reproduz:

“Bem, quando é que o Ingá vai exigir que seja descoberto o Rio das Tripas, que corre sob a Baixa dos Sapateiros?”. Confira o texto.
(VHS)

=======================================================
Radicalismo ambiental no Imbui

Ivan de Carvalho

Os 80 mil a 100 mil moradores do bairro do Imbui, em Salvador, devem ficar especialmente atentos hoje. É que, para as 17h30, está marcada pelo Ingá uma reunião, em sua sede, no bairro do Itaigara – seria mais interessante que a reunião se realizasse em algum local do Imbui, com a presença dos moradores da área que quisessem comparecer.
A reunião será tripartite, com representantes do Ingá – órgão estadual vinculado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente e que trata de questões relacionados a água, saneamento, poluição e correlatas –, incluindo seu diretor-geral Júlio Rocha, da Casa Civil da Prefeitura de Salvador e da Construtora OAS, que realiza as obras no esgoto (ex-rio) que corta o bairro.
Desde a “outorga” para a realização da obra, o Ingá vem impondo condições que têm criado à prefeitura dificuldades e perda de tempo em busca de soluções que atendam às exigências do órgão estadual, aparentemente preocupado em “salvar” uma meia dúzia de piabas e duas ou três sucuris que vivem ou viviam nas águas do esgoto e da lagoa à qual dá vazão. Aí exigiu três respiradouros! E levantou mais algumas questões pra impressionar quem acredita em Papai Noel.
Ah, o Ingá também salvaria os milhares de ratos, milhões de baratas e, talvez, uma centena de sapos que ainda conseguem sobreviver à água imunda e fedorenta com a qual a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) jamais manifestou preocupação, ainda que fosse em consideração à saúde e aos 80 mil a 100 mil narizes dos moradores do bairro e a milhares de outros que passam por lá em trânsito, pela Avenida Jorge Amado e adjacências.
Cumpre esclarecer outra vez – pois já fiz isto antes – que piabas e sucuris não são animais em extinção, da mesma forma que ratos, baratas e mosquitos de variadas espécies, especialmente muriçocas. E que não é o Ingá, mas o CRA, o órgão estadual responsável pela preservação de espécies em extinção.
O Ingá exige – e quer saber hoje da prefeitura e da construtora se isso está sendo obedecido – que as placas com as quais o rio-esgoto a céu aberto está sendo coberto e os equipamentos que transformação a área em espaço de lazer são removíveis. Para que sejam removidos quando as bacias de captação, as lagoas e o rio-esgoto forem resgatados à poluição absoluta em que estão. O que ocorrerá na década ou no século em que a Embasa resolver fazer isto.
Ora, o Ingá deveria ter consciência de que quase tudo é removível. Se tanto a fé quanto as mineradoras removem montanhas, porque seriam eventualmente irremovíveis placas de concreto na cobertura do rio-esgoto e alguns quiosques de alvenaria construídos sobre elas? Informa o blog Por Escrito que o Ingá pediu e obteve do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura um laudo sobre o “caráter permanente ou temporário” da cobertura do rio. Ora, até o Céu e a Terra são temporários – “Passarão o céu a e Terra, mas as minhas palavras não passarão”, explicou Jesus (e Ele sabia mais do que Julio, ainda que fosse o Caesar e não o Rocha).
Bem, quando é que o Ingá vai exigir que seja removida a cobertura do Rio das Tripas, que corre sob a Baixa dos Sapateiros? Será que, depois de tantas décadas ainda

mar
10

==================================================
Este lembrete vem da jornalista Maria Olívia. Anote para não esquecer:

O Canal Brasil (privado) presta homenagem ao cantor, compositor e pianista Johnny Alf, com a exibição do programa MPBambas, apresentado pelo jornalista e crítico musical Tárik de Souza, nesta quinta, dia 11, às 21h.

Reconhecido como um dos precursores da Bossa Nova, Johnny Alf ou Alfredo José da Silva nasceu em 19 de maio de 1929, no Rio de Janeiro. Logo aos 3 anos, perdeu o pai, um cabo do Exército. Sua mãe passou a trabalhar como empregada doméstica para uma família na Tijuca, que percebeu os dons musicais do garoto e passou a incentivá-lo. Dos 9 aos 14 anos, estudou piano clássico, quando se apaixonou, em suas idas ao cinema, pela música refinada de compositores norte-americanos como Cole Porter e George Gershwin. Nesta época, formou seu primeiro conjunto musical com amigos de Vila Isabel, com quem costumava se apresentar na Praça Barão de Drummond. São de sua autoria clássicos, como “Eu e a Brisa” e “Rapaz de Bem”.

Responsável pela concepção do programa, o jornalista e crítico musical Tárik de Souza também é roteirista e pesquisador de O Som do Vinil, programa apresentado por Charles Gavin no Canal Brasil. Tarik lançou os livros Rostos e Gostos da MPB; Som Nosso de Cada Dia e Tem Mais Samba – Das Raízes à Eletrônica, dentre outros.

==========================================
CANAL BRASIL
========================================================

MPBambas: Tárik entrevista Johnny Alf

Horário principal: Quinta, dia 11/03, às 21h

Alternativos: Sexta, dia 12/03, às 15h30

Sábado, dia 13/03, ao meio-dia

IMPERDÍVEL PARA ASSINANTES DA TV BRASIL!

  • Arquivos