mar
02

Prefeitos do sul e extremo sul da Bahia que roiam corda até ontem respiram mais aliviados. É que nenhum município dessas regiões saiu no sorteio da Controladoria Geral da União. As prefeituras baianas que vão passar pelo “pente fino” são Itaparica, Pojuca, Cachoeira, São Gabriel e Palma de Monte Alto.

A CGU sorteou 80 municípios em todo o país, sendo que 60 terão os gastos públicos fiscalizados e outros 20 vão receber equipes de capacitação da gestão pública. Na Bahia, a prefeitura de Floresta Azul foi escolhida para o processo de reciclagem.

Já a “operação pente fino” nos municípios com até 20 mil habitantes vai atingir a totalidade dos recursos repassados pelo Governo Federal. Nas cidades com população entre 20 e 100 mil habitantes a fiscalização será feita em várias áreas.

Entre elas Segurança Pública, Indústria, Ciência, Tecnologia, Educação, Saúde e Assistência Social.

Sefgundo a CGU, nos municípios com mais de 100 mil habitantes, serão fiscalizadas apenas as áreas de Segurança Pública, Indústria, Ciência, Tecnologia e Educação. O sorteio da 31ª edição do Programa de Fiscalização da CGU ocorreu ontem, segunda-feira. 1º de março.

Be Sociable, Share!

Comentários

ISA on 2 Março, 2010 at 20:46 #

Interessante é que as prefeituras auditadas nunca são da base do governo.


Mariana Soares on 3 Março, 2010 at 10:45 #

Prezada Isa, a respeito do seu comentário eu gostaria, se você me permitir, tecer algumas observações.
Os sorteios de municípios realizados pela Controladoria-Geral da União, seja para receber auditoria, seja para receber capacitação em gestão pública, são realizados no mesmo ambiente em que são sorteados os números da mega-sena da Caixa Econômica Federal. É um ato público, aberto a visitação de quem desejar assistir e fiscalizar. Este sistema de sorteio, vigente desde 2003, já recebeu questionamentos como o seu, por meio de mandado de segurança, que foram julgados pelo Superior Tribunal de Justiça, recebendo daquela Corte Superior total aprovação. Até os nossos dias não foi detectado qualquer irregularidade nos sorteios realizados pela CGU, o qual, repito, são públicos e acompanhados por quem assim desejar. Se as prefeituras que não pertencem a base do governo são auditadas mais do que aquelas que o são é porque elas são em número maior e, portanto, têm mais chance de serem sorteadas. A Controladoria-Geral da União é um órgão reconhecido nacional e internacionalmente pelo trabalho que desempenha no controle do gasto público, bem assim naquele de combate a corrupção e transparência pública. É o que eu gostaria de esclarecer.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos