fev
28
Postado em 28-02-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 28-02-2010 11:59

Midlin: vida exemplar

================================================

O mundo dos livros e dos verdadeiros amantes da leitura perdeu o seu guardião no Brasil: Morreu na manhã deste domingo o empresário José Mindlin, deixando de luto o mundo da leitura e da literatura, como assinala o blog Nillnews ao dar a notícia.

Nascido em São paulo em 8 de setembro de 1914, José Ephim Mindlin foi advogado, empresário e destacado bibliófilo brasileiro.

Filho do dentista Ephim Mindlin e de Fanny Mindlin, judeus nascidos em Odessa, formou-se na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Advogou por alguns anos, atividade que deixou para fundar a empresa Metal Leve, que mais tarde se tornou uma potência nacional no setor de peças para automóveis. José Mindlin deixou a empresa em 1996. Entre outras atividades, presidiu a Sociedade de Cultura Artística.

Após sua aposentadoria do mundo empresarial, Mindlin pôde dedicar-se integralmente a uma paixão que tem desde os treze anos de idade: colecionar livros raros. Seu primeiro livro foi Discours sur l’Histoire universelle de Jacques-Bénigne Bossuet, de 1740. Aos 95 anos de idade acumula um acervo de mais de 38 mil obras.

Em 20 de junho de 2006 Mindlin foi eleito membro da Academia Brasileira de Letras, onde passou a ocupar a cadeira número 29, sucedendo a Josué Montello. Após saber da vitória na eleição, Mindlin declarou: “De certa forma, corôa uma vida dedicada aos livros”. No mesmo, ano Mindlin decidiu doar todas as obras brasileiras da vasta coleção à Universidade de São Paulo (USP)[2]. A partir de então, ela passou a ser chamada de “Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin”

“Nunca me considerei o dono desta biblioteca. Eu e Guita (esposa já falecida de Mindlin) éramos os guardiães destes livros que são um bem público “ , dizia José Midlin.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos