fev
24
Postado em 24-02-2010
Arquivado em (Entrevistas, Newsletter) por vitor em 24-02-2010 21:24

Waldir: opção à esquerda

===============================================

Waldir Pires, ex-ministro do goveno Lula e ex-governador da Bahia, deu entrevista também nesta quarta-feira à revista digital Terra Magazine ( http://terramagazine@terra.com.br )terra, sobre a política em seu estado no momento crucial das articulações de nomes e grupos com vistas tanto à sucessão presidencial quanto à do governador Wagner, que concorrerá à reeleição ao governo estadual.

Como assina TM na apresentação da entrevista, o PT baiano vive tremores políticos com a provável adesão de ex-afilhados de Antonio Carlos Magalhães (1927-2007), o inimigo histórico dos petistas no Estado, à chapa eleitoral do governador Jaques Wagner, candidato à reeleição. Wagner defende a aliança com os ex-governadores carlistas Otto Alencar (PP) e César Borges (PR), o que tiraria uma vaga do PT no Senado para acomodar a revoada dos ex-adversários.

Um dos principais nomes lembrados pela esquerda baiana e por petistas, para concorrer ao Senado, é o do ex-governador da Bahia e ex-ministro da Defesa do governo Lula, Waldir Pires (PT). Até o momento, porém, fortaleceu-se a tese pragmática, propugnada por Jaques Wagner: o acordo com o PP e o PR, refúgios de ex-carlistas, garantiria a governabilidade. Os militantes do PT estrilam e questionam a mistura.

Para Waldir Pires, um dos mais experientes político da Bahia, será um erro se o PT baiano não tiver candidato a senador nas eleições deste ano e abrir mão das duas vagas para o “carlismo”

Bahia em Pauta reproduz conversa de Waldir Pires com o repórter de Terra magazine, Claudio Leal.

=====================================================
CLAUDIO LEAL

Apesar das pressões para que se declare candidato, Waldir Pires tem preservado a discrição e a fidelidade às orientações do partido. Pela primeira vez, em entrevista a Terra Magazine, ele analisa a possibilidade de o PT perder uma vaga no Senado para “forças conservadoras”. Waldir mantém relacionamento afável com Jaques Wagner e pondera:

– Tenho apreço pessoal pelo governador. Ele ganha a eleição na Bahia. O Lula é o grande eleitor e Jaques Wagner está com um governo aprovado pelos baianos. Portanto, o PT deve estar no Senado federal, na próxima legislatura, para defender as conquistas sociais do governo Lula. A direita baiana conseguiu, a rigor, ficar no Senado. Dois candidatos eventualmente saídos das forças conservadoras são, evidentemente, algo inacreditável – avalia o petista.

Em 1994, o ex-governador foi candidato ao Senado e perdeu a vaga para o carlista Waldeck Ornelas, numa eleição suspeita de fraudes grotescas. Em algumas urnas, Waldeck chegava a superar os votos do padrinho ACM. Waldir voltou a concorrer para o Senado em 2002, mas não venceu. Em 2010, ele não tomará a iniciativa de lançar-se candidato, mas aceita a “batalha”, caso o partido o convoque: “Estou à disposição do PT”.

– Essa é a aspiração da democracia. Eu me ponho na seguinte posição: é inimaginável que o PT não tenha uma voz no Senado. Digo isso porque Wagner ganha a eleição. Não é possível uma volta à experiência anterior. Um governo como o do Lula tem que ser preservado até o final.

Nas articulações de bastidores, a deputada federal e ex-prefeita de Salvador, Lídice da Matta (PSB), é cogitada como vice de Jaques Wagner. Em 2008, ela aceitou ser vice na chapa de Walter Pinheiro (PT), candidato considerado fraco para conquistar a prefeitura da capital baiana. Pinheiro terminou derrotado por João Henrique (PMDB), apadrinhado do ministro Geddel Vieira Lima. Agora, seria a vez de retribuir o gesto de Lídice na dobradinha estadual. O acordo ainda não foi fechado.

O cenário do Senado é o mais acirrado, nos arraiais do PT. Com ironia, o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) costuma repetir um agradecimento em nome do grupo remanescente de ACM: “A chapa que Wagner está querendo montar (com César Borges e Otto Alencar) é uma homenagem a Antonio Carlos. É o reconhecimento de que Antonio Carlos, entre as suas qualidades, teve a de formar grandes quadros na política baiana”. Waldir Pires não assumirá posições de conflito, interna ou externamente, mas pretende expor a Wagner suas ideias sobre a sucessão:

– Espero poder conversar com o governador e manifestar a minha posição dentro do PT. Não é uma aspiração de natureza pessoal, mas para se preservar o que se conquistou no século XX. É a própria continuidade democrática de Lula, para consolidar a derrota ao neoliberalismo que reduziu a administração pública a questões financeiras, de contabilidade – define Waldir.

Be Sociable, Share!

Comentários

Olivia on 25 Fevereiro, 2010 at 12:21 #

Ainda temos tempo para alavancar, quando nada, a discussão. Waldir para representar a Bahia no Senado, não temos outro nome à altura.


Marcos Vinícius on 25 Fevereiro, 2010 at 12:23 #

É isso aí Claudinho. Muito oportuna a entrevista. Estamos com Waldir Pires, o melhor nome para representar nossa terra no Senado brasileiro.


Luciano on 25 Fevereiro, 2010 at 12:26 #

Declaro aqui e agora meu voto para o Senado: Waldir Pires e Lidice da Matta. Definitivamente, não temos nomes melhores. O povo de Itaquara está, como sempre, com Dr. Waldir.


Graça Azevedo on 26 Fevereiro, 2010 at 14:11 #

Waldir Pires sempre! Exemplo de dignidade e coerência.


Ana Angélica de Almeida Cardoso on 10 Março, 2010 at 23:43 #

É possível alguém informar ao Waldir Pires que tem alguém usando o nome dele num perfil de orkut em Rio de Contas-ba???


Ana Angélica de Almeida Cardoso on 10 Março, 2010 at 23:45 #

Talvêz estejam usando de má fé.Entre numa comunidade de Rio de Contas e lá tem postado uns comentários em nome de Waldir Pires.


Ana Angélica de Almeida Cardoso on 11 Março, 2010 at 10:34 #

Já foi retirado o nome do Waldir Pires do orkut em Rio de Contas-ba


Eliezer Azevedo on 12 Março, 2010 at 13:13 #

A presenca de Waldir Pires no senado federal por si so ja inibe aqulelacorja de gatunos que la se encotram,esse baiano me orgulha muito,democratico,sabio,inteligente,coerente e principalmente com um curriculo unico.


Clelia de Oliveira on 31 Março, 2012 at 23:05 #

Waldir Pires é um homem que honra a Bahia e o Brasil, pela sua lisura, honestidade e capacidade, e só teremos a ganhar respeito com ele no Senado. Que venham as eleições!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos