fev
23
Postado em 23-02-2010
Arquivado em (Artigos, Rosane) por vitor em 23-02-2010 09:12

PT: ondas no andar de baixo

=====================================================

ROSANE SANTANA

O aburguesamento de petistas que ocupam cargos no poder, especialmente de comando, tem gerado insatisfação crescente nas alas mais a esquerda do partido. Alguns xiitas não se acanham em tratar abertamente de temas como corrupção, demonstrando insatisfação com seus lideres, alguns deles citados nominalmente, inclusive na Bahia, a quem acusam de abandonar antigas bandeiras da esquerda, o que não é novidade nenhuma.

Quem imagina que o recente congresso do PT, em Brasilia, foi missa encomendada em que o partido caminharia para um lado e o governo e sua candidata, Dilma Roussef, para outro, pode estar certo em sua avaliação, mas, em parte. Em caso de sérias turbulencias internas na agremiação,com repercussões externas e no governo, Dilma Rousseff, cuja liderança não foi engendrada nos movimentos populares e de massa, mas ungida pelas mãos de Lula, ficaria mais vulnerável as pressões das alas xiitas do partido, depois de eleita, avalia fonte partidária.

Essa insatisfação ja foi captada pelos dirigentes do partido e pela candidata, que se esforçam em fazer propostas mais à esquerda do que tem sido a Era Lula, no futuro programa de governo, de olho no que, no momento, é apenas uma marolinha, mas poderá ser uma onda gigante que se avoluma. Alertam os xiitas.

Em um ano eleitoral a tendencia sera a acomodação das partes, segundo fontes do partido, com o objetivo de eleger Dilma Rousseff para a presidencia e conquistar o maior número de cadeiras na Camara dos Deputados e nas Assembleias Legislativas. Mas, a partir de 2011, a coisa muda de figura e o que pareciam divergencias naturais, a olhares menos atentos, poderá caminhar para um serio rompimento, em uma luta em que as alas mais a esquerda, que se consideram porta-vozes dos movimentos sociais, não deixariam barato.

Se assim for, fica ameacado o projeto de Lula que deseja a permanencia do PT 16 anos na presidência da Republica, com uma provável eleição de Dilma e posterior reeleição. A menos que os companheiros do andar de baixo e mais à esquerda joguem a toalha, o que não parece ser o animo no momento.

Alias, nunca foi.


Rosane Santana é jornalista, mestre em História pela UFBA, acaba de retornar ao País, depois de três anos de estudos na Universidade de Harvard.

Be Sociable, Share!

Comentários

luiz alfredo motta fontana on 23 Fevereiro, 2010 at 10:29 #

Divertida alusão

O texto tem a inconsistência típica dos tucanos.

Critica Lula I, “o antes nunca visto”, e seu capricho de menina, dilma, “a doutora sem tese”, no que tem razão, mas acena com o terror inexistente no PT de hoje, só para catequizar tucanos relutantes.
Sempre é bom lembrar a lição de ornitologia política:

Tucano, ave estranha, veste black tie, e no bico, sua marca, pura fantasia.

Não adianta tergiversar, PT e PSDB sao exatamente a mesma coisa.

Defender diversa versão, da realidade política, é apenas tentar praticar estelionato intelectual.

E haja transferência de renda para o setor financeiro sob as bençãos dos meninos do Copom. “JurosAlém” amém!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos