fev
10
Posted on 10-02-2010
Filed Under (Newsletter) by vitor on 10-02-2010

Calor de matar/DN

====================================================

Trinta e dois idosos morreram devido às altas temperaturas que se registam desde o início da semana no Sul do Brasil. As vítimas são todas de Santos, perto de São Paulo.A notícia saiu com destaque na edição online do Diário de Notícias, um dos jornais de maior circulação de portugal.

A notícia do DN assinala que a cidade de Santos emitiu alertas para que as pessoas idosas se protegessem das altas temperaturas, tal como as crianças. No Sul do Brasil, os termómetros têm registado temperaturas acima dos 40 graus. Os meteorologistas prevêem que estas venham a subir ainda mais no final da semana.

O Rio de Janeiro, 350 quilómetros a Norte de Santos, também sofre com a onda de calor. Este é o mês de Fevereiro mais quente dos últimos 50 anos, mas no Rio ainda não se registaram mortes ligadas às altas temperaturas, afirma DN

fev
10

Carroças na mudança:fim da tradição

====================================================
DEU NA REVISTA DIGITAL TERRA MAGAZINEtERRA

Claudio Leal

Em reunião no Ministério Público da Bahia, nesta quarta-feira, os organizadores do tradicional desfile carnavalesco Mudança do Garcia, que vai às ruas de Salvador há mais de 80 anos, se comprometeram a não usar mais carroças puxadas por animais.

O bloco de protesto, nascido no bairro popular do Garcia, se tornou um patrimônio do Carnaval baiano e, com essa medida, pode iniciar sua decadência, já que o uso de jegues, cavalos, burros, que carregam cartazes com críticas a políticos, ficará proibido a partir de 2011. A partir deste ano, haverá restrições.

Veja também:
» Bahia: Antropólogo critica ecologistas e quer encontro de jegues
» Blog das Ruas: Em bloco de carnaval, “Jegue de Cueca” casa com “Jega de Calçola”
» Siga Bob Fernandes no twitter

Por pressão das entidades ambientalistas Terra Verde Viva e Célula Mãe e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção Bahia, o promotor de justiça da 2ª Vara do Meio Ambiente, Heron de Santana Gordilho, promoveu uma reunião com os organizadores do único desfile de protesto da folia de Salvador.

Barrados pelo MP, burros não irão à Mudança do Garcia (Foto: Vagner Magalhães/Terra)

– Este ano não vai ter figura de destaque, isopor, nada. Nem cavalo nem nada. Não foi só o Ministério Público, não! Estava um monte de gente lá… OAB, ambientalistas… Batemos na tecla da tradição, mas eles alegaram que a tradição não pode prejudicar os animais – diz Lorito, um dos organizadores da Mudança.

Questionado se a festa não se tornará careta, por radicalismos de ambientalistas, Lorito lamenta a proibição, mas diz que lei é lei.

– Eles alegam que só os animais estarem no meio de tanta gente, o som, o batuque, isso estressa. E o calor… Não pude falar nada. Foi constatado pelo veterinário: o animal ouve 20 vezes mais do que a gente. Vou dizer que não tem? Já vi os caras das Muquiranas (bloco de travestidos) pegarem nos testículos do cavalo. E uma mulher deu “uma tapa” no animal… Essas coisas acontecem.

Para o organizador, a Mudança se “descaracteriza” com a interferência do MP.

– Não acho que a Mudança vai acabar, mas ela se descaracteriza. Fica bonita de carroça! A gente vai ter que colocar a Mudança à altura dela. Estamos contando com todo mundo pra solucionar esse problema – relata Lorito.

Em tempo: na histórico desfile da Independência na Bahia, o 2 de Julho, há também a presença de carroças, jegues, burros, cavalos… E demais classes. Ainda não foi baixado um novo mandamento.

fev
10
Posted on 10-02-2010
Filed Under (Artigos, Vitor) by vitor on 10-02-2010

DEU NA COLUNA


Ao inaugurar um campus universitário em Teófilo Otoni (MG) esta semana, o presidente Lula foi mais enfático do que costuma ser ao falar de sua sucessão: “Nós vamos fazer a sucessão (?) neste país para dar continuidade ao que nós estamos fazendo, porque este país não pode retroceder. Este país não pode voltar para trás como se fosse caranguejo”, disse o presidente. Segundo o colunista, há outras pessoas que, pensando um pouco diferentes do presidente Lula, mas também um pouco à sua semelhança, julgam que o caranguejo anda para trás. A partir daí, Ivan tece a abordagem do tema em sua coluna desta quarta-feira, na Tribuna da bahia, que BP reproduz (VHS)

=======================================================
Carangueijo: para o lado

=======================================================

OPINIÃO POLÍTICA

DE CARANGUEIJOS E LULAS

Ivan de Carvalho

Bem, ter um “diploma de presidente da República”, como é o auto proclamado e verdadeiro caso de Luiz Inácio Lula da Silva, é o máximo que um cidadão brasileiro pode almejar, com exceção do Reino Céus, porque, afinal, como disse Jesus, “de que vale a um homem conquistar o mundo inteiro, se perder a sua alma?”.

Mas é claro que um diploma universitário pode ajudar um pouco o feliz possuidor de um diploma presidencial. Se, por exemplo, o presidente Lula tivesse um diploma de biólogo, e nem precisaria ter pós-graduação em biologia aquática ou doutorado em crustáceos (essas coisas de doutorado e mestrado, ele deixa para a candidata do PT a sua sucessão, Dilma Roussef, enriquecer o currículo dela) com ênfase na infra-ordem Brachyura, não teria dito ontem o “besteirol” com que brindou a nação brasileira.

A mídia registra (li na Folha online):O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a defender na tarde desta terça-feira (ontem) a continuidade de seu governo. Ele também disse estar certo de que conseguirá fazer seu sucessor na Presidência da República.

“Nós vamos fazer a sucessão (?) neste país para dar continuidade ao que nós estamos fazendo, porque este país não pode retroceder. Este país não pode voltar para trás como se fosse caranguejo”, disse Lula ao inaugurar um campus universitário em Teófilo Otoni, Minas Gerais.

Bem, pelo que disse o presidente da República, e ante as óbvias dificuldades para o que quer que seja, inclusive o caranguejo, voltar para a frente, é evidente que o presidente pensa que caranguejo “volta para trás”. Há outras pessoas que, pensando um pouco diferentes do presidente Lula, mas também um pouco à sua semelhança, julgam que o caranguejo anda para trás.

Ambos estão errados e as pessoas que se deram ao trabalho de observar os caranguejos andando na areia das praias, nos mangues, nas margens de rios (todos esses habitats são freqüentados por caranguejos, que os há de várias espécies) terão notado que eles não se deslocam para trás, mas para os lados. E o fazem com notável habilidade, sem atropelarem ou embaraçarem os seus cinco pares de patas – um par deles, mais poderoso, que funciona como pinças – pois essa habilidade é de sua natureza, adquirida em longa evolução, se dermos crédito a Charles Darwin. Aliás, as lulas, – com uma única exceção, talvez, até para confirmar a regra – também têm oito braços e dois tentáculos e a capacidade de não os embaraçarem nem se embaraçarem com eles, enquanto a lula da exceção tem reconhecidamente língua afiada, mas frequentemente inclinada a um besteirol.

Mas por que falar de lulas, se são moluscos e o tema era caranguejo, um crustáceo? Não tem nada a ver. Assim, ponto final.

fev
10

DA FOLHA ONLINE

MÁRCIO FALCÃO (BRASÍLIA)

O ministro Nelson Jobim (Defesa) anunciou nesta quarta-feira a exoneração do general da ativa Maynard Marques de Santa Rosa, chefe do Departamento-Geral do Pessoal do Exército. Santa Rosa, segundo reportagem publicada hoje pela Folha, afirmou que a comissão da verdade, criada pelo governo para investigar crimes contra os direitos humanos durante a ditadura militar (1964-1985), seria formada por “fanáticos” e viraria uma “comissão da calúnia”.

Jobim não apresentou justificativa para a exoneração do general, apenas confirmou sua saída do cargo. “Acabei de encaminhar ao presidente da República a exoneração do chefe do Departamento-Geral do Pessoal do Exército. Ele está à disposição do comando do Exército. O assunto está absolutamente encerrado.”

Segundo a reportagem, Santa Rosa, que é general de quatro estrelas (maior patente militar) e parte do Alto Comando do Exército, disse que os integrantes da comissão seriam os “mesmos fanáticos que, no passado recente, adotaram o terrorismo, o sequestro de inocentes e o assalto a bancos como meio de combate ao regime, para alcançar o poder”.

Na nota que circula na internet, ele diz: “Confiar a fanáticos a busca da verdade é o mesmo que entregar o galinheiro aos cuidados da raposa. A história da inquisição espanhola espelha o perigo do poder concedido a fanáticos. Quando os sicários de Tomás de Torquemada [1420-1498] viram-se livres para investigar a vida alheia, a sanha persecutória conseguiu flagelar 30 mil vítimas por ano”.

Consultado pela Folha, o Comando do Exército disse que o texto do general é uma “carta pessoal a um amigo” e não traduz a posição da Força, pois quem fala pelo Exército é o comandante, general Enzo Martins Peri.

A reportagem está tentando contato com o Exército para comentar a decisão de Jobim.

fev
10
Posted on 10-02-2010
Filed Under (Multimídia) by vitor on 10-02-2010


===================================================
“Canta brasil” para começar a quarta-feira nesta semana de carnaval. E para comandar o bloco (sem corda ) Bahia em Pauta aproveita a deixa do pernambucano de Petrolina, Geraldp Azevedo, e convoca o baiano de Ituaçu, Moraes moreira para comandar a festa. Que dupla poderia ser melhor para isso? Aproveitem e, se quiserem mais, vão atrás do trio que Moraes vai comandar com Armandinho e os demais filhos de Dodo e Osmar no carnaval de Salvador este ano.

(Vitor Hugo Soares)

fev
10

Heráclito: batalha perdida

================================================

DEU NO COMUNIQUE-SE

O portal web Comunique-se, especializado em notícias de bastidores da imprense brasileira, publicou:

==================================================
Da Redação

O senador Heráclito Fortes perdeu a ação que movia contra o blog do jornalista Paulo Henrique Amorim, por textos que considerava ofensivos à sua honra. Na decisão da justiça, o senador terá que arcar com os custos do processo. Heráclito contestava textos em que o jornalista ligava o nome do político ao grupo criminoso investigado pela Operação Satiargraha e outros em que diz que o senador beneficiava o banqueiro Daniel Dantas.

Heráclito negou todas as acusações e decidiu entrar com a ação, por considerar as afirmações do jornalista “hostis, desrespeitosas e degradantes”. O senador também defendeu que Paulo Henrique Amorim havia ultrapassado o limite da liberdade de expressão jornalística. Na ação, o senador exigia que o jornalista retirasse todos os textos que citavam seu nome, além de estabelecer a proibição de seu nome em novos textos envolvendo escândalos.

Em contrapartida, Amorim se defendeu e alegou que fez o uso da liberdade de expressão e que suas declarações sobre o senador não poderiam ser consideradas ofensivas.

Ao avaliar os textos e citar os princípios que regem a liberdade de imprensa, a juíza Priscila Faria da Silva, concluiu que o jornalista apenas usou seu direito de informar.

“Os artigos que o réu reputa ofensivos à sua honra, nome e imagem, divulgados pelo autor, podem ser incluídos no conceito de “informação”, entendida esta como o conjunto de condições e modalidades de difusão para o público, sob formas apropriadas, de notícias ou elementos de conhecimento, idéias e opiniões. Assim, tenho que o caso em exame envolve a liberdade fundamental de informação, em confronto, todavia, com o direito fundamental à dignidade da pessoa humana, que abrange os direitos à honra, ao nome e à imagem, dentre outros”, diz a

fev
10

Isaac (na cabeceira): escolha de Wagner

===============================================

===============================================

GRAZZI BRITO

JUAZEIRO (BA)- A convite do governador Jaques Wagner (PT), o prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho (PC do B) será o coordenador da campanha de Wagner em busca da reeleição na região do Vale do São francisco. Isaac aceitou o convite feito nesta segunda feira (08) em Salvador e já prepara entendimentos com os partidos aliados e lideranças da região.

Ainda na capital o prefeito anunciou sua nova empreitada em entrevista a uma rádio de Juazeiro. Quando questionado se essa adesão a campanha de um candidato não prejudicaria sua administração municipal nos próximos anos caso outro candidato fosse eleito a governador, Isaac disse: “a gente não pode assoprar e assoviar ao mesmo tempo”, demonstrando todo seu apoio ao estilo petista de discursar e fazer política.

( Grazzi Brito é jornalista, mora em Juazeiro, região do vale do São Francisco.)

fev
10


===================================================
Da linda trilha musical produzida no capricho pelo Blogbar do Fontana em homenagem ao Bahia em Pauta ontem ( não merecemos tanto, amigo), fomos buscar uma das mais belas e surpreendentes canções para reproduzir neste espaço e encerrar com glória e agradecimento esta terça-feira.)

Gal Costa canta “Veja onde a gente se achou” (Aquele frevo Axé) . Além da letra , da melodia e da interpretação de Gal , prestem atenção nas fantásticas imagens deste video Caro Fontana, BP fica lhe devendo esta. Obrigado.

BOA NOITE!!!

(Vitor Hugo Soares)

  • Arquivos