jan
18


SALVE O ILÊ AIYÊ ! BOA NOITE !

jan
18
Posted on 18-01-2010
Filed Under (Newsletter) by vitor on 18-01-2010

Gisele: a vencedora

====================================================
Gisele da Silva Santos, 22 anos, filha-de-santo do terreiro Ilê Axé Yá Delmin, localizado em Dias D´Ávila, e consagrada ao orixá Obá. foi eleita na madrugada de domingo a Deusa do Ébano, edição 2010. A noite da escolha da rainha do Ilê fez muita gente subir a Ladeira do Curuzu para participar da 31ª Noite da Beleza Negra do Ilê Aiyê. Na platéia, entre outros, Caetano Veloso distribuia simpatia.

Estudante de Teatro da Universidade Federal da Bahia, Gisele concorreu ao título pela terceira vez este ano, e valeu a pena não ter desistido. “Já estava na hora”, comemora Gisele. À reporter de A Tarde Cleidiana Ramos, a vencedora revelou que a paixão pelo Ilê é de família. “Eu aprendi com meu pai sobre a importância do Ilê e o seu exemplo de resistência em defesa da cultura negra “, acrescenta.

Gisele também revelou que o coração acelera quando se recorda do momento em que foi anunciada como a nova Deusa do Ébano. “A emoção é grande por conta de toda esta história que o Ilê Aiyê carrega com ele”, diz.

Feliz reinado!


====================================================

O anúncio da Google, divulgado na semana passada, dando conta de um “altamente sofisticado e orientado” ataque cibernético na China para acessar as contas do Gmail de dissidentes chineses resultaram, na verdade, em roubo de propriedade intelectual da companhia, uma das mais inovadoras do mundo, segundo especialistas em espionagem industrial. A informação foi divulgada hoje pela National Public Radio, dos Estados Unidos.

Alguns especialistas, de acordo com NPR, asseguram que esta é a verdadeira razão na intenção manifestada pela Google de deixar aquele país e que outras empresas têm sido vítimas dessa tentativa chinesa de transferir tecnologia sem pagar por isso.

“Para o Google ter tomado uma decisão nesse sentido ,voltando as costas para a economia que mais cresce no mundo, tinha que ter sido mais do que contas de e-mail de um grupo de dissidenteas”, disse James Mulvenon da consultoria Grupo de Defesa, conforme divulgou a NPR.

Mulvenon e outros vêem o ataque cibernético no Google e em mais de 30 outras empresas no contexto da determinação da China para apanhar e passar seus rivais ocidentais, economicamente e militarmente. Progressos nesta área, porém, são limitados pelo caráter autoritário da China, com um ambiente jurídico e econômico que nem sempre é propício à criatividade. É difícil imaginar uma empresa como a Google ou a Microsoft ou a Apple, a partir da China.

Sem incentivos e recursos suficientes para desenvolver a sua tecnologia de ponta, o chinês pode ser tentado simplesmente a adquirir planos e idéias das empresas estrangeiras que já o fizeram.”As companhias multinacionais tem encontrando cada vez mais dificuldade en fazer negócios na China, diante de um governo que é tão sistematicamente tentado a transferência de inovação para a China, aparentemente usando cada ferramenta à sua disposição para fazer isso”, diz Mulvenon .

Rosane Santana, jornalista, mora em Boston (EUA) e estuda em Harvard

jan
18

Há uma dor profunda neste instante de perda de tantas vidas no mundo. Choro. (Gilson Nogueira)

jan
18
Posted on 18-01-2010
Filed Under (Newsletter) by vitor on 18-01-2010

Deu no portal TSF (Portugal)

A União Europeia (UE) prometeu, esta segunda-feira, destinar mais 200 milhões de euros para ajuda humanitária de urgência e de longo prazo ao Haiti. O secretário de Estado para a Cooperação, João Gomes Cravinho, pediu à comunidade internacional que seja mais ambiciosa na reconstrução do país.

Segundo um documento adotado, esta segunda-feira, pelos ministros de Ajuda para o Desenvolvimento, para a ajuda humanitária de urgência, os países europeus darão 92 milhões de euros a nível nacional e a Comissão europeia compromete-se a atribuir mais 30 milhões de euros.

Outros cerca de 100 milhões de euros provenientes de fundos europeus serão desbloqueados para ações urgentes não humanitárias, em particular a reconstrução de infra-estruturas governamentais. A Comissão europeia também vai destinar 200 milhões de euros para a reconstrução a médio e longo prazo, provenientes do orçamento da UE.

O secretário de Estado para a Cooperação, João Gomes Cravinho, defendeu que a comunidade internacional deve ser mais ambiciosa e ajudar o Haiti a repôr as instituições de que precisa.

«A reconstrução tem que ser não apenas de infra-estruturas físicas, mas também de reconfiguração das instituições do país», sublinhou. No que diz respeito a Portugal a ajuda enviada pode chegar a «um milhão de euros», como avançou João Cravinho.

jan
18

Aécio: “cuidado com armadilhas./Beto Magalhães-TM

==================================================
Editor-chefe da revista Terra Magazine, repórter até na alma, Bob Fernandes não sai sem uma boa e nova informação de bastidor, notícia, reportagem ou entrevista, de onde quer que ele passe. Há poucos dias, por exemplo, ele andou por Belo Horizonte e, apesar da proverbial desconfiança e poucas palavras dos políticos mineiros, arrancou uma alentada e reveladora entrevista do governador Aécio Neves, seguramente destinada a discussão e polêmicas em todos os quintais partidários nesta fase de primeiros ensaios da campanha presidencial à sucessão do presidente Lula.

Na conversa exclusiva com Bob, o governador Aécio é enfático ao afirmar de público, e também pela primeira vez, que é “zero” a chance de ser candidato a vice-presidente da República numa eventual chapa encabeçada pelo colega tucano de São Paulo, José Serra.

Mas não para aí.

Depois de abrir mão de sua pré-candidatura, por discordar dos atrasos nas decisões internas do PSDB, o governador mineiro se revela atento ao que considera uma “armadilha” eleitoral do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Aécio diagnostica: para robustecer a candidatura da ministra Dilma Rousseff, que o PT articula um discurso de divisão do País entre “ricos e pobres”, “nós e eles”.

O editor-chefe de TM revela na apresentação da entrevista , que dias antes dessa conversa no Mangabeiras, palácio encravado no topo da cidade de Belo Horizonte, o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, esteve em São Paulo reunido com o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso e com o presidente do PSDB, Sérgio Guerra.

“Nós teremos que fugir da armadilha que, de forma autoritária, vem sendo preparada”, alerta o governador na entrevista a Terra Magazine. Entende Aécio que a transferência de votos do presidente para Dilma, ungida como sucessora, tem um limite:

– É algo muito relativo e as qualidades do candidato terão que se acentuar ao longo da campanha…

Uma vez mais, Aécio atenta para o risco de um “programa autoritário” do PT para dividir o Brasil muito além das divergências com o PSDB.

– Eu confesso a você que me surpreendi com o vigor do programa do PT já nessa linha que eu chamarei de autoritária, porque ela não serve ao país, ela é falsa, não é real, não existe essa coisa… Vamos fugir desse maniqueísmo ou, como eu disse, dessa posição autoritária de criar uma divisão no País que não interessa a absolutamente ninguém.

E mais Bahia em Pauta não diz, para não tirar o sabor e a arte da conversa de Aécio com Bob Fernandes em sua fonte original: Terra Magazine (www.terramagazine@terra.com.br).  Aliás, só mais o aperitivo da primeira pergunta de Bob a  Aécio, para aumentar o apetite.”

Bob Fernandes
De Belo Horizonte (MG)

Terra Magazine – Estamos aqui em Minas Gerais, no Palácio das Mangabeiras, com o governador Aécio Neves. Qual é a possibilidade de o senhor vir a ser candidato a vice-presidente numa chapa do PSDB?

Aécio Neves – É um prazer enorme estar falando com você na minha primeira entrevista após o meu anúncio de que deixaria o PSDB à vontade para construir sua candidatura. Disse então que voltaria minhas forças e as minhas atenções para as coisas de Minas Gerais. Eu reconheço e respeito a posição de alguns companheiros que gostariam de ver uma chapa composta pelo governador Serra e por mim. Mas, da mesma forma que respeito essa posição, é natural que eles respeitem o meu ponto de vista de que essa chapa não é adequada para nós vencermos as eleições.
O quadro partidário brasileiro é extremamente plural, nós devemos absorver outras forças políticas. Não acho que eu possa ajudar mais uma candidatura do PSDB do que estando em Minas Gerais, eventualmente como candidato ao Senado, ajudando a dar a vitória ao nosso candidato ao governo de Minas Gerais e ao nosso candidato a presidente da República, mas para isso eu precisarei me dedicar profundamente às questões mineiras. Portanto, não existe, nem cogito essa possibilidade de disputar a vice-presidência da República. Coloquei meu nome para candidato à Presidência, para a construção de uma nova convergência política no Brasil, de um governo que olhasse para o futuro, aquilo que eu chamei o pós-Lula. O partido, e eu respeito essa posição, optou por caminhar em outra direção. Cabe a mim cuidar das coisas de Minas e apoiar o candidato do meu partido.

Confira.

(Vitor Hugo Soares)

jan
18
Posted on 18-01-2010
Filed Under (Newsletter) by vitor on 18-01-2010

Cabul sob fogo talibã. Imag.PÚBLICO

====================================================
CABUL – É a zona mais segura da cidade mais segura do Afeganistão. Mas o hotel de cinco estrelas Serena está em chamas. Alguns edifícios governamentais também. O Presidente Hamid Karzai , no entanto, garantiu que o ataque taliban desta manhã já foi repelido.A informação é do jornal PÚBLICO, de Portugal, em sua edição on-line.

Segundo o jornal português, os talibans tomaram pelo menos um edifício, junto a um ministério, e há combates nas áreas em redor do Serena, do Palácio Presidencial, do Banco Central e do Ministério da Justiça.Houve explosões em áreas diferentes da cidade.

As informações saídas de Cabul coincidem em que este foi um ataque coordenado, que incluiu unidades de homens armados e, segundo os próprios “estudantes de teologia”, 20 homens-bombas suicidas.

Público assinal que pelo menos cinco pessoas morreram e 38 ficaram feridas, além de quatro homens-bombas mortos. “Há civis e membros das forças de segurança entre os mortos. A maioria dos feridos são civis”, disse o chefe dos serviços hospitalares do Ministério da Saúde, Sayed Kabir Amiri. “Uma criança e um soldado foram mortos”, acrescentou o porta-voz do Ministério da Defesa, Mohammad Zahir Azizi, à televisão privada afegã Tolo.

O porta-voz do Ministério do Interior, Zemaray Bashary, disse à Al-Al-Jazira que “quatro suicidas foram mortos”.O objectivo não seria tomar Cabul, mas demonstrar que os taliban podem atacar onde querem e desacreditar por completo qualquer autoridade, dez dias antes de Hamid Karzai viajar até Londres para uma conferência sobre o futuro do seu país e da ajuda internacional.

Um comunicado taliban diz que a ofensiva visava especificamente atacar os edifícios governamentais e o hotel Serena. Pelo meio, segundo Público, foram atacados centros comerciais nas vizinhanças destes alvos. As televisões afegãs mostraram um centro comercial em chamas.

A Al-Jazira exibiu imagens da Tolo que mostraram várias nuvens de fumo negro sobre a cidade e as chamas que saem do imponente hotel Serena, símbolo do investimento estrangeiro dos últimos anos no Afeganistão. Também houve uma explosão na área do cinema Pamir.

O ar está saturado, adianta a agência de notícias AFP, e as ruas de Cabul estão bloqueadas pelas forças de polícia no centro da capital.

  • Arquivos

  • Janeiro 2010
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031