jan
05
Postado em 05-01-2010
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 05-01-2010 13:04

Brasken em Camaçari: gigante

====================================================
Deu no portal IG

Em matéria assinada pelo analista de mercado Guilherme Barros o portal IG revela que a maior empresa petroquímica da América Latina, a nova Braskem, do grupo baiano Odebrecht,  será a 10ª do mundo em faturamento. Com a incorporação da Quattor, a receita anual da Braskem sobe de R$ 23,4 bilhões para R$ 30,4 bilhões, o que a torna um gigante no setor petroquímico no mundo.

O objetivo da Odebrecht e da Petrobras, segundo o IG, é de que, em alguns anos, a companhia se torne a número um no planeta. Hoje, a líder no mundo é a americana Dow Chemical, com uma larga vantagem em relação à nova Braskem.

Guilherme Barros assinala no  texto publicado no portal web que para chegar à liderança, a Petrobras e a Braskem contam, entre outras ferramentas, com a incorporação do Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro), que atualmente está em obras.

A previsão é que, dentro de três ou quatro anos, o Comperj já esteja faturando alguma coisa como R$ 20 bilhões ao ano, o que vai ajudar a engordar bastante a receita da nova companhia.

Não é a toa que a Odebrecht e a Petrobras decidiram injetar uma montanha de R$ 4 bilhões na nova empresa que será formada com a compra da Quattor. Trata-se de um volume recorde de investimento em fusões e incorporações no Brasil, diz a matéria do IG.

A matéria diz ainda que dentro dessa estratégia de se tornar um “player” global, a nova Braskem também vai se preparar para fazer novas aquisições no mundo, o que vai ajudar a se aproximar bastante da Dow.

 

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Janeiro 2010
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031