dez
24
Postado em 24-12-2009
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 24-12-2009 12:18

Dor de menino: não esqueçam!/img Correio da Bahia
agulhas
=====================================================
Os médicos consideram “estável” o estado de saúde do garoto M.A.S, de dois anos que teve o corpo espetados por dezenas de agulhas no oeste da Bahia. Uma estabilidade dentro da extrema gravidade médica e psicológica decorrente da violência faroz sofrida pelo menino baiano, que além de punida não deve ser esquecida nunca. 

Na segunda cirurgia realizada na tarde de ontem, os médicos conseguiram retirar 14 objetos entre agulhas e fragmentos do corpo da criança. As agulhas, segundo revela a Tribuna da Bahia, foram retiradas do intestino delgado, bexiga, fígado, região abdominal, tecido subcutâneo, musculatura da coluna, epíplon, mezenterio, perto da aorta e da veia cava.

Na próxima semana, o menino será avaliado por um neurocirurgião e poderá ser submetido a uma nova intervenção cirúrgica para a retirada de mais dois fragmentos que estão alojados na coluna vertebral e no tórax.

Na entrevista coletiva de ontem, no Hospital Ana Neri, onde o garoto continua internado, os médicos informaram que M.A.S ainda permanece com cerca de 13 agulhas no corpo. Algumas na região do tórax e canal medular, mas a maioria pode ser vista em regiões periféricas, que não colocam em risco órgãos importantes. Uma delas, porém, está no canal cervical e o temor dos especialistas é o de que o objeto possa atingir a medula espinhal, o que poderia causar sequelas na criança.

O cirurgião pediatra Fábio Cantell, após a cirurgia, que durou cerca de três horas e meia, informou que a criança foi encaminhada com um marcapasso para a UTI, onde deverá permanecer sem alimentação no período de 24 horas, até que o intestino retome o funcionamento normal. Segundo o cirurgião, por ter sido submetido a uma cirurgia cardíaca, seu estado de saúde é bastante delicado.

“O resultado da cirurgia foi positivo. Mas seu estado de saúde requer muitos cuidados. Ele já passou por duas cirurgias. Ainda é uma criança”, ressaltou Fábio Cantell. Ainda de acordo com a equipe médica, está descartada a possibilidade de efetuar algum procedimento para remover os objetos em algumas áreas, como é o caso da agulha presa no osso do púbis, abaixo do abdome.

A a cirurgia seria de alta complexidade e risco.

Segundo a TB, ontem o advogado da mãe do menino, Rômulo Reis da Silva Chaves, que permaneceu no hospital, informou que o juiz decretou a prisão preventiva do ex-padrasto do garoto, Roberto Carlos Magalhães, e da sua amante, Angelina Capistana Ribeiro dos Santos. Já a suposta mãe de santo, Maria dos Anjos Nascimento, deverá ficar em liberdade, porque o juiz entendeu que não foi ela quem praticou o ato de enfiar as agulhas na criança.

Conforme informações da assessoria de comunicação, diariamente chegam ao hospital muitas mensagens, orações e brinquedos para o garoto. A assessoria disse ainda que tanto os funcionários do Hospital Ana Néri como das comunidades de Caixa D’Água, Santa Mônica e IAPI , bairros populares de Salvador, estão ajudando e levando presentes para o garoto.

(Postada por Vitor Hugo Soares, com informações da Tribuna da Bahia e imagem do Correio )

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2009
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031