dez
16
Postado em 16-12-2009
Arquivado em (Artigos, Ivan) por vitor em 16-12-2009 10:30

Marina: clima e aborto
Marisilva

=================================================

Deu na coluna

A senadora Marina Silva (PM), nome de ponta dos ambientalistas e de boa parte das chamadas “esquerdas brasileiras” à sucessão presidencial em 2010, anda atualmente pelos amplos auditórios planetários do Bella Center, em Copenhague, participando dos muitos debates (e ainda nenhuma decisão) da cúpula mundial do meio ambiente e as mudanças climáticas.

Ali, a morena Marina trafega com segurança e conhecimento perfeito do terreno onde pisa, feliz como aquele pinto no lixo de que falava o saudoso sambista Jamelão. Bem ao contrário da ministra Dilma Rousseff, forte concorrente à sucessão de Lula, que pisa em ovos e comete gafes em suas andanças aatuais pelo reino da Dinamarca.

Ao retornarao seu País, a verde Marina deverá se defrontar com debate em terreno também minado, mas no qual ela não transita com a mesma segurança, embora igualmente crucial para sua candidatura : o aborto

É este o tema que Ivan aborda com a segurança e argúcia provocativa de sempre em sua coluna de hoje na TB, que Bahia em Pauta reproduz.

(Vitor Hugo Soares)

=================================================
=================================================
OPINIÃO POLÍTICA

ABORTO E AMBIENTE

Ivan de Carvalho

Apesar de atuar na contra mão do que deseja seu filiado e ministro da Cultura, o Partido Verde decidiu que terá candidato próprio a governadores. Na Bahia, está decidido que este candidato será o deputado Luiz Bassuma, presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Vida, Contra o Aborto.

Luiz Bassuma foi condenado pelo PT, que tem posição oficial a favor da liberação do aborto. Ele não admitiu essa intervenção do PT em sua consciência e em suas convicções religiosas e desligou-se da legenda.

De repente, por outros motivos, sai do PT e ingressa no PV a ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, que sem demora se torna candidata a presidente da República. Marina Silva é evangélica e, como tal e por convicção pessoal, também é, como Luiz Bassuma, contrária à liberação do aborto.

Sua candidatura presidencial não tem chance de vitória eleitoral. Mas tende a instaurar, talvez necessariamente instaure, dois debates importantes na campanha para a presidência da República.

Um deles, a questão do meio ambiente, à qual, como a tantas outras, o governo federal dá uma importância irrelevante se considerada à que o assunto merece. Basta ver a estrutura montada para combater o desmatamento da Amazônia com a estrutura que seria adequada para obter bons resultados e se terá uma idéia da desconsideração oficial em relação ao assunto.

Marina Silva deverá insistir nesse tipo de coisa e a candidata do PT, Dilma Rousseff, já percebeu o perigo. Daí as declarações incisivas de Rousseff sobre o meio ambiente, em Copenhague. Some-se ao tom um tanto irado das declarações da candidata petista o fato de que mais apropriado seria falarem sobre o assunto, na capital da Dinamarca, os ministros do Meio Ambiente e das Relações Exteriores, além, claro, do presidente Lula. Dilma estava lá fazendo campanha eleitoral. O fato de Marina Silva, como Dilma Rousseff, também ser uma mulher incomoda a candidata petista.

O outro debate relevante que a candidatura de Marina Silva deverá suscitar será sobre o aborto, o direito à vida da pessoa ainda não nascida, que está no ventre da mãe aguardando o tempo da natureza, em contraposição ao suposto direito da mãe de fazer o que quiser com o próprio corpo.

Com o próprio corpo, pode-se até discutir. Mas tentar justificar e liberar a imposição de sentença de morte a outra pessoa, indefesa e inocente, o nascituro, está bem pra lá de escandaloso e criminoso. Marina dirá que é contra esse crime, espero que o faça com a maior insistência possível e exija, com a mesma insistência, que seus concorrentes – Dilma, Serra ou Aécio, Ciro e mais quem houver – digam ao eleitorado, sem disfarces, quais suas disposições a respeito.

Luiz Bassuma, que entra como candidato a governador da Bahia com a missão de construir um palanque para Marina em nosso estado, deve fazer o mesmo em relação aos seus concorrentes na Bahia e tem boas condições de ajudar a candidata do PV a presidente a sustentar este debate em âmbito nacional.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2009
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031