dez
12
Postado em 12-12-2009
Arquivado em (Newsletter) por Dimas Fonseca em 12-12-2009 11:41

Litoral Norte: quem explica?
Pedagio
Ponte da obra de duplicação: abandonada desde o Governo passado

CLN-Ponte

===============================================
Perguntar não ofende:

Para gregos e baianos que trafegam pelo Litoral Norte meditarem enquanto pagam o pedágio neste ensolarado fim de semana baiano:

A Concessionária Litoral Norte – CLN, tem por contrato o compromisso de duplicar a Estrada do Coco até a entrada de Praia do Forte. Os prazos definidos em contrato estão vencidos há anos.

O Governo da Bahia, na administração de Paulo Souto, vivia às turras com a CLN, cobrando o cumprimento dos prazos, atrasados desde aquela época. As obras andavam a passo de tartaruga, mas, nunca pararam.

Desde que aassumiu a administração Jaques Wagner no Governo do Estado as obras de duplicação estão paralisadas – e não se ouve uma palavra do Governo!

E a pergunta que não quer calar no fim de semana:

Qual será o motivo deste ataque de “bondade” do Governo Estadual com a CLN?

Será que alguns grampos, autorizados pela justiça, podem encontrar a explicação?

Perguntar não ofende.

(Postado por Vitor Hugo Soares, com informações de usuários habituais do caro pedágio da Linha Verde)

Be Sociable, Share!

Comentários

Chico Bruno on 12 dezembro, 2009 at 14:09 #

Amigo Vitor,
A CLN, ex-Odebrecht/OAS, agora é do Fundo de Pensão Previ. Será que isso responde a sua pergunta.


Dimas Fonseca on 13 dezembro, 2009 at 17:51 #

Quer dizer que é um acerto entre “companheiros”?
O Governador do PT não cobra do Fundo de Pensão, administrado pelo PT, e o povo que se dane!
Pena que o MP (digo Dra Rita Tourinho) não pode ver tudo.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2009
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031