dez
01
Postado em 01-12-2009
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 01-12-2009 13:30

Fernando Morais: mudança
Fmorais
==============================================
LETRAS
O jornalista Fernando Morais se engajou na campanha do delegado Protógenes Queiroz (PC do B-SP) a deputado.

“Sempre fui contra, agora sou Pró”, diz ele.

Be Sociable, Share!

Comentários

Marcos Vinícius on 1 dezembro, 2009 at 16:38 #

Fernando Moraes, a torcida do Corinthias, do Flamengo, do Bahia, do Vitória e todos os que têm vergonha.


rosane santana on 1 dezembro, 2009 at 17:41 #

H’a algo em Protogenes, uma coisa meio Barack Obama, que nao engulo: ansia de celebridade. Uma coisa e fazer o certo por conviccao e principio. Outra, bem diferente, e fazer porque da Ibope. Nao sei qual e a de Protogenes. Tenho, sinceramente, duvida. A de Barack Obama o povo americano ja percebeu e deve ser por isso que ele esta em queda nas pesquisas.


Olivia on 1 dezembro, 2009 at 21:02 #

Cara amiga,
Só posso entender seu comentário, pelo fato de estar fora do pais tanto tempo. Nâo deu pra ter certeza se de fato você está em dúvida. Se for isto, sugiro que vá ao Terra Magazine para acompanhar a saga da Satiaghara, comandada pelo digno delegado Protógenes Queiroz, brilhantemente registrada pelo jornalista, que você bem conhece, Bob Fernandes,
um abraço,
Olivia


rosane santana on 2 dezembro, 2009 at 1:12 #

Caríssima Olivia. Nao saio da Internet. Tenho acompanhado sim. E e justamente por isso, que acho que Protógenes tem aparecido demais para um delegado, acho sua ação espetacularizada e sua movimentação para colher dividendos por isso idem. Dai a minha dúvida. Mas é só uma dúvida minha e não da torcieda do Bahia, como disse o Marcus Vinícius. Porém o tempo se encarregará de mostrar se minha dúvida procede. Vide, por exemplo, o caso do Prêmio Nobel da Paz Barack Obama, que ganhou a eleição prometendo acabar com as guerras da Era Bush e acaba de enviar mais tropas ao afeganistão. Grande abraço, desculpe se incomodo com meus questionamentos, mas sou por natureza cética, quando autoridades comecam a ocupar demais a ribalta, que é própria para artistas. Concordo com você, por exemplo, quando fala de Jorge Hage. Veja que tem tudo para ocupar a ribalta (se quisesse ser celebridade), mas prefere o trabalho duro e discreto, o que o torna para mim uma pessoa ainda mais louvável.


Dimas Fonseca on 2 dezembro, 2009 at 7:38 #

Concordo com Rosane, Protogenes tem mostrado uma tendência ao estrelismo que me deixa com um pé atrás.


Marcos Vinícius on 2 dezembro, 2009 at 10:37 #

O delegado não foi para a Ribalta gente, o sistema o jogou nela. Ele teve que mostrar a cara para não morrer.


Luciano on 2 dezembro, 2009 at 10:48 #

Será que vocês realmente acompanham o trabalho do delegado Protógenes? Ele não só prendeu o banqueiro Daniel Dantas. Já prendeu muito peixe graúdo e devolveu aos cofres do país muitos milhões roubados. Só que dessa vez, para a elite deste pobre Brasil, ele foi longe demais, botou na cadeia – mesmo que por algumas horas- figura poderosíssima deste patropi. Aí, já é outra história.


Olivia on 2 dezembro, 2009 at 10:52 #

Prefiro a companhia de Fernando Morais e de milhares de brasileiros que não ousam ou não podem declinar o nome.


Olivia on 2 dezembro, 2009 at 11:53 #

Só uma coisita: sonho que um dia nossas celebridades sejam as causas populares!!!


Carlos Volney on 2 dezembro, 2009 at 12:38 #

Respeitando o direito de todos à opinião, permito-me dar uma “pitada”. Para mim, o delegado Protógenes é o nosso Elliott Ness. Quem quiser saber de tudo leia a entrevista dele a CAROS AMIGOS. Ali ele desnuda cada um dos farsantes de nossa política. E nunca foi desmentido.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2009
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031