nov
26
Postado em 26-11-2009
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 26-11-2009 11:06

Milhem Cortaz: Seu Aristides no cinema
filmelula

====================================================
Deu na coluna do jornalista político Ancelmo Gois, do jornal O Globo, edição de 22/11:

Lula, o filho de Aristides

Quem já viu “Lula, o filho do Brasil” saiu impressionado com a forma que o filme retrata o pai do presidente. Seu Aristides da Silva, que morreu em 1978 como indigente, é um homem mau no longa. Impacta a cena da chegada de surpresa de Lula com a mãe a São Paulo. O pai, irado, antes mesmo de perguntar da viagem, cobra por que a mulher tinha deixado em Pernambuco o cachorro Lobo.

No livro “Lula, o filho do Brasil”, de Denise Paraná, que inspirou o filme, o retrato do pai é também, no mínimo, de um truculento. Em seu depoimento, Jaime Inácio da Silva, irmão de Lula, conta que convidou o pai para seu casamento, e ele respondeu: “Para você, eu tenho um tiro na cara.”

Lula não chega a ser tão radical. Embora considere o velho Aristides um tirano que cuidava mais dos cachorros do que dos filhos, reconhece no pai um trabalhador que sempre procurou “garantir o feijão e o arroz para a família”. Aliás, numa entrevista à revista “Época”, em 2002, Lula disse que perdoava o pai: “Valeu o espermatozóide que me gerou.”

Em tempo: com a partida de dona Lindu e dos filhos, o cachorro Lobo, que tinha ficado com um tio de Lula, em Pernambuco, não parou de chorar, deixou de comer e morreu dias depois. Mas aí é outra história.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2009
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30