nov
22
Postado em 22-11-2009
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 22-11-2009 10:15

Severiano Alves(PMDB) e…
severiano
——————————————————————–
…Uldurico Pinto(PHS): fachada
Uldupinto

=======================================================
Deu na Folha de S. Paulo

Em sua edição deste domingo, 22, o jornal Folha de S. Paulo escancara para seus leitores documentos mantidos até agora sob sigilo pela Câmara, que mostram que empresas de fachada ou com endereços fantasmas são beneficiárias do dinheiro que a Casa destina para atividade parlamentar.

“Os deputados baianos Severiano Alves (PMDB) e Uldurico Pinto (PHS) entregaram uma série de notas da Valente & Bueno Assessoria Empresarial, que informou à Receita funcionar num apartamento na Asa Sul de Brasília. O dono do imóvel nunca ouviu falar da firma”, revela a Folha, que obteve, por via judicial, as informações de cerca de 70 mil notas fiscais que foram objetos de reembolso aos deputados federais nos últimos quatro meses de 2008

A reportagem assinada pelos repórteres Alan Gripp e Ranier Bragon, da Sucursal da Brasília, revela que nas duas últimas semanas, a Folha analisou cerca de 2.000 páginas entregues pela Câmara ao Supremo Tribunal Federal a partir de mandado de segurança e percorreu endereços em cinco Estados e no Distrito Federal para checar os dados.Deparou-se com uma série de endereços fictícios e com empresas que são totalmente desconhecidas do mercado. Os deputados que usaram notas dessas empresas alegam que os serviços foram prestados e dizem que não podem responder por eventuais problemas delas.

Um deles, Marcio Junqueira (DEM-RR), recebeu pelo aluguel de carros reembolsos mensais de cerca de R$ 15 mil da PVC Multimarcas. A empresa é do advogado do parlamentar, Victor Korst, e tem como endereço o escritório deste.
Criada há pouco mais de um ano, a PVC emitiu ao deputado notas fiscais de numerações inferiores a dez, o que indica que Junqueira é possivelmente seu único cliente. “Se você for dar nota de tudo o que faz e pagar todos os impostos, você morre de fome”, justificou-se Korst.

Leia integra da reportagem com a denúncia na edição impressa de hoje da Folha de S. Paulo, ou na Folha Online: (http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil), liberada para assinantes da UOL.

(Postada por Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane santana on 22 novembro, 2009 at 18:40 #

Diz-se que, na Bahia, tem muita gente com as barbas de molho. Há quem assegure, inclusive, que a denúncia contra Severiano é um recado e que mais nomes estão envolvidos na gatunagem. Que entreguem todos os agatunados.


manoel junior on 24 novembro, 2009 at 0:04 #

Eu acredito na inocencia de Severiano Alves, ele empre foi alvo de alguma denucia mai quando vão aprurar não econtaram nada contra ele.Ito porque ele veio da roça homem pobre e hoje tem gente que não quer aceitar ele,Sei quem é ele por isto creio na ua inocencia.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2009
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30