nov
20
Postado em 20-11-2009
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 20-11-2009 16:22

Inglaterra:cheia diluviana
Diluvio
===============================================
Deu no Diário de Notícias (Portugal)

Choveu em 24 horas o que era previsto em todo o mês de Novembro causando cheias de grande dimensão no norte de Inglaterra. Um agente da polícia morreu após a queda de uma ponte. Centenas de pessoas foram evacuadas durante a noite por barcos e helicópteros.

As autoridades britânicas já assumiram que se tratou de uma precipitação de chuvas sem precedentes, que ocorre uma vez em mil anos. O primeiro-ministro, Gordon Brown, manifestou-se solidário com todos os atingidos.

“Foi a pior tempestade desde que há registos em Inglaterra e as últimas 36 horas foram particularmente difíceis para os habitantes de Cockermouth e outras pessoas na região de Cumbria”, referiu Gordon Brown.

Os serviços meteorológicos adiantaram que a chuva prevista para todo o mês de Novembro caiu em 24 horas. Na cidade de Workington, uma das mais afectadas, relatos dão conta de que cheias com “dimensões bíblicas”, de acordo com a SkyNews.

A linha britânica de defesa civil recebeu mais de 12 mil chamadas de auxílio. “A situação é muito séria”, declarou Hilary Benn, secretária de estado do ambiente, à televisão BBC.

As zonas mais afetadas são Cockermouth, Kendal, Keswick e Workington, onde um agente da polícia desapareceu na sequência da queda de uma ponte devido à subida do nível das águas. Nas buscas foi encontrado o corpo de um homem, com farda policial, suspeitando-se tratar-se do agente Bill Barker, de 44 anos e 25 de serviço.
===============================================
Cockermouth: invadida pela cheia do Denver
Inglaterra
======================================================
“Estava ajudando os motoristas a saírem da ponte, a salvar vidas, quando ocorreu o trágico acidente” , lamentou o agente Jerry Graham.

Os serviços de emergência estão preocupados com dez propriedades isoladas na região. Meios de comunicação locais adiantam que, para escapar à corrente das cheias, alguns habitantes tiveram de partir os telhados para conseguirem ficar mais alto.

Em Cockermouth, mais de 200 pessoas foram resgatadas por equipas de emergência e 50 por helicópteros da força aérea britânica (RAF) e botes. Militares do exército também foram mobilizados para auxiliar as operações de resgate. No centro da cidade, os níveis da água subiram mais de 2,5 metros.

“Em muito pouco tempo as pessoas tinham água pelo joelho e depois pela cintura. E subiu tão rápido que foi assustador”, contou uma testemunha em Cockermouth à rádio BBC.

As previsões meteorológicas apontam para uma melhoria do tempo hoje, sexta-feira, mas amanhã, sábado, há nova previsão de chuva forte. Há quarto alertas máximos de cheia no norte de Inglaterra e seis no sul da Escócia, ou seja, há perigo extremo para vidas e bens.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2009
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30