out
08
Postado em 08-10-2009
Arquivado em (Artigos, Olivia) por vitor em 08-10-2009 11:51

Jobim: sutil como uma baleia
jobim
…nos ataques a Waldir
waldir
==============================================
Maria Olivia

Em maio deste ano, o jornalista Guilherme Fiuza (autor, entre outros, do livro Meu nome não é Johnny, que deu origem ao filme protagonizado pelo excelente Selton Mello), colunista da Revista Época, publicou o artigo Deixa que eu falo. Recomendo sua leitura aos internautas que navegam pelo Bahia em Pauta , em virtude da recente conclusão do inquérito feito pela Polícia Federal do acidente da TAM, ocorrido no dia 17 de julho de 2007 – o Air-bus A320 atravessou a pista do Aeroporto de Congonhas (SP), cruzou a avenida e bateu num prédio da própria empresa. O acidente provocou 199 mortes.

Dois anos e meio depois, a PF concluiu o inquérito sobre o acidente com o voo 3054 da TAM sem apontar culpados. A Polícia Federal entendeu que o acidente foi resultado de um erro dos pilotos. Os comandantes Kleiber Lima e Henrique Stefanini di Sacco teriam manuseado os aceleradores da aeronave de forma incorreta, segundo indicações da caixa preta. Agora, o Ministério Público Federal (MPF) vai decidir se arquiva o caso, pede novas investigações ou oferece denúncia contra um eventual responsável pela tragédia, que porventura apareça.

O caríssimo internauta, por acaso, viu esta notícia em alguma manchete de jornal, no rádio ou na televisão? A bem da verdade, a Revista Carta Capital publicou matéria sobre o assunto na edição desta semana.

Na época do acidente, só faltou a “sentença” apontando o então ministro da Defesa, Waldir Pires como unico culpado pelo acidente. Sem falar no histerismo da dita “grande” mídia brasileira.

Deixo com vocês, um aperitivo do texto de Guilherme Fiuza:

“Se o Brasil fosse um país justo, promoveria sumariamente a volta de Waldir Pires ao Ministério da Defesa. E Nelson Jobim, o homem providencial, seria obrigado a ouvir o velhinho dizer: “O que falta aqui é comando!”

Foi com essas palavras, sutil como um elefante, que o atual ministro assumiu o cargo — humilhando ao vivo um homem de 80 anos que fez muito mais pelo Brasil do que ele jamais fará. Era o auge do caos aéreo, logo após a tragédia da TAM em Congonhas, e Jobim prometia (como sempre) dar jeito em tudo.

Não deu jeito em nada (como sempre), mas capitalizou como pôde cada holofote aceso em sua direção. Comoção nacional? Gente sofrendo? Clamor por respostas e soluções? É o cenário predileto de Nelson Jobim, com seus dois metros de altura e duas toneladas de empáfia”…

Texto completo você encontra em http://colunas.epoca.globo.com/guilhermefiuza. Boa leitura.

( Maria Olivia é jornalista )

Be Sociable, Share!

Comentários

Marcos Vinícius on 8 outubro, 2009 at 12:07 #

Waldir Pires merece respeito, sua biografia não tem máculas. O PIG não tem jeito, “condena” o cidadão e fica por isso mesmo. Dá uma notinha em pé de página de jornal e acabou. Quem é que vai pagar por isso???


Luciano on 8 outubro, 2009 at 14:14 #

Nada como as voltas da vida. Elas são implacáveis. Respeitem Waldir Pires, reserva moral deste Brasil.


Állan on 8 outubro, 2009 at 14:20 #

O que falta na imprensa brasileira é isso, acompanhar os fatos. A “grande” imprensa só faz o barulho, quando não interessa mais, cala. Quando acabam as investigações, nem um piu.


Graça Azevedo on 8 outubro, 2009 at 14:32 #

Pobre Brasil que exalta um jobim e não vê a história de um WALDIR PIRES. E a dita grande imprensa, submissa a interesses inconfessáveis, cala e consente. Menos mal que temos espaços como o Bahia em pauta onde pessoas como Olívia podem falar. E dizer!


rosane on 8 outubro, 2009 at 16:32 #

Olivia,

Eleitora de carteirinha, desde o primeiro voto, do tempo em que, para evitar fraude, preenchia a cedula com o nome completo, numero do candidato e partido, do professor Francisco Waldir Pires de Souza, assino embaixo do que voce escreveu. Bravo!


Mariana Soares on 8 outubro, 2009 at 17:36 #

Parabéns, Liu, pelo artigo e, especialmente, pela sua dignidade ímpar e inacansável luta pela justiça. O Ministro Waldir, apesar de tudo que passou à época, saiu do Ministério da Defesa de cabeça erguida, elegantemente, como é do seu feitio em toda e qualquer ocasião, certo do seu dever dignamente cumprido. Ele, sim, merece todo o nosso respeito e admiração.


Regina on 8 outubro, 2009 at 20:11 #

Grande Olivia!!! Um dos grandes beneficios desse site/blog foi sua “descoberta”. O Ministro Waldir Pires, fez historia com sabedoria e nao soberbia, alguns preferem tapar o sol com a peneira (ou a verdade com gritos), mas a luz sempre prevalece.


MARCIO on 9 outubro, 2009 at 9:31 #

WALDIR PIRES, SINÔNIMO DE ÉTICA E MORALIDADE NA ADM PUBLICA.
VIVA WALDIR PIRES!


carlos volney de souza sampaio on 9 outubro, 2009 at 20:12 #

Cara Olívia, seu texto é oportuníssimo. O Jobim só engana aos desavisados e só é apoiado pelos membros da troupe de onde é originário – tucanato, para os íntimos. Agora, quem o colocou lá e permitiu a humilhação pública que você agora relembra? Sei não, mas a mim até angustia tanta indulgência com Lula – não é o seu caso. Parabéns, mais uma vez.


Olivia on 9 outubro, 2009 at 21:08 #

Queridíssimo Volney,
Só escrevi esse texto para desabafar, achei uma sacanagem inominável o que fizeram com Waldir Pires àquela época do acidente da TAM – nosso presidente inclusive, ele “embarcou” na histeria da mídia pátria e o resto da história já conhecemos, em cores e em preto e branco. Uma lástima.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2009
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031