out
06
Postado em 06-10-2009
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 06-10-2009 22:57

France Telecom: suicidios em série
Ftelecom

======================================
Deu no La Nacion ( de Madri)

Louis-Pierre Wenes, diretor adjunto de France Télécom e considerado pelos sindicatos franceses o principal responsável pela escalada de suicídios que mina a empresa , apresentou segunda-feira, 5, seu pedido de demissão. O diretor da companhia, Didier Lombard, aceitou o pedido sem impor nenhum reparo.

Depois, os empregados da operadora telefônica receberam uma mensagem de correio eletrônico na qual seu já ex-chefe os informava da razões de sua partida: “Nada justifica que um homem ou uma mulher ponha fim a seus dias. Não posso aceitar. Nem agora nem nunca”.

Há alguns dias, Wenes se queixava , algo depreciativo, no semanário Le Nouvel Observateur, de que “uma pequena parte dos empregados não consegue mudar de cultura e passar do prefixo telefônico da província, usado a décadas, para o moderno sistema Livebox (marca de router)”.

Semana passada, a ministra de Economía, Christine Lagarde, se reuniu com o responsável máximo da empresa para exigir medidas contra a onda de suicídios. Nos últimos 18 meses, se suicidaram 24 empregados, alguns nas mesmas dependências de trabalho, por não resistirem às pressões. O substituto de Wenes será Stéphane Richard, membro do gabinete da ministra de Economía e próximo do presidente Nicolas Sarkozy.

(Texto traduzido do La Nacion por Vitor Hugo Soares. Mais acima neste blog mais detalhes e uma análise deste caso dos suicídios na França, produzido por Laura Tonhá , do Bahia em Pauta)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2009
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031