out
05
Postado em 05-10-2009
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 05-10-2009 14:35

Cristina e Nestor Kirchner: emoção na despedida /La Nacion
Cristinak
====================================================

“Viva Mercedes!”. As mostras de devoção e reconhecimento à artista Mercedes Sosa , que morreu domingo, não se detiveram nesta segunda-feira,5,durante todo o traslado de seu cortejo fúnebre do Congreso Nacional até o famoso cemitério de Chacarita, onde La Negra será cremada.

Mal chegou ao cemitério, os aplausos e os cânticos em seu nome se fizeram escutar com mais força. No entanto, as lágrimas não tardaram e brotar novamente.

Centenas de pessoas estiveram presentes para dar o último adeus junto com familiares, e amigos íntimos da cantora.

“Suas cinzas serão espalhadas em outro momento nas terras de Tucumán, onde Mercedes nasceu, em Mendoza porque foi onde se ligou ao movimento da nova canção e em Buenos Aires, onde viveu desde os anos 60”, detalhou seu filho Mateus.

Ás 11h3, um emotivo e prolongado aplauso marcou o momento da saída do caixão com os restos da cantora tucumana, de 74 anos, falecida ontem, 4.

O operativo policial fechou o Salão dos Passos Perdidos do Congreso onde a artista foi velada, para a despedida final dos familiares e amigos mais íntimos, e isso fez o público se concentrar ao largo da avenida Callao, primeiro ponto de passagem do cortejo, onde prorromperam aplausos, flores foram jogadas, enquanto uma multidão tocava o veículo coroado por un ramo de flores brancas.

LEGADO DE UMA MÃE – o filho de Sosa expressou esta manhã que “o melhor” que lhe deixou sua mãe foi “foi o respeito pelas pessoas”, ao tempo que agradeceu as demonstrações de afeto que recebeu sua família depois da morte da cantora.

Além disso, afirmou Mateus emocionado: “Mercedes Sosa nos deixa o andar sempre para adiante, o amor à liberdade, à democracia e a la solidaridad . Como mãe, foi uma pessoa maravilhosa, inigualável, adorável, o mesmo que como avó e tia, um ser extraordinário”.

DOR NACIONAL – O governo de Cristina Kirchner decretou tres días de luto pela morte de Mercedes Sosa. À decisão da Casa Rosada, publicada hoje no Diário oficial , se somaram os governos da cidade de Buenos Aires e de Tucumán. O decreto afirma que a carreira musical de Sosa “foi sempre na direção de um forte compromissoo social” e destaca “o espírito solidário, a honestidade intelectual, o compromisso artístico e social e a férrea defesa dos direitos huimanos e das causas justas”.

(Texto traduzido do jornal argentino La Nacion por Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2009
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031