out
04
Postado em 04-10-2009
Arquivado em (Artigos, Janio, Municípios) por vitor em 04-10-2009 00:07

Paulo Afonso: “mil vivas aos Franciscos”
cachoeira
=======================================================

CRÔNICA / FRANCISCOS

Flores para o rio que clareia a noite

Janio Ferreira Soares

Neste Domingo, 04 de outubro, comemora-se o dia de São Francisco, padroeiro de Paulo Afonso (BA) e rio do mesmo nome que, sabe-se lá como e quando, partiu das Gerais se arrastando feito cobra pelo chão até chegar aqui e se jogar por entre pedras, mandacarus e portais, isso bem antes de suas águas serem desviadas pra dentro de ferozes turbinas, que girando pás e eixos finalmente ampliaram a profecia do faça-se a luz – só que, dessa vez, em vez do Sol, iluminaram-se as noites nordestinas.

Os poucos que me lêem devem saber que eu o conheci ainda menino na velha cidade de Glória (BA), levado que fui por mãos fortes e carinhosas para molhar meus pés nas suas correntezas, numa espécie de apresentação a que muitas crianças ribeirinhas são submetidas quando se dão por gente. “Janio, São Francisco; São Francisco, Janio.” Começava ali a nossa história, apesar de só o descobrir de verdade mais adiante, quando subi numa goiabeira no quintal da casa de minha avó e o vi por inteiro passando em direção a Paulo Afonso, levando consigo toda a imponência e quietude daqueles que sabem a força que tem.

Esse é o São Francisco, rio com nome de santo (ou vice-versa), que os forasteiros adoram chamar de Velho Chico, enquanto nós, catingueiros de guerra e dependentes de suas águas, simplesmente o olhamos e o louvamos, assim como se olha e se louva um fim de tarde no sertão.

E para homenageá-los (o rio e o santo), vamos realizar uma procissão fluvial que passará por baixo da ponte que dá acesso a Paulo Afonso e que depois seguirá em carreata até a igreja de São Francisco, uma belíssima construção da arquitetura gótica datada de 1950, localizada no ponto mais alto da cidade. Inclusive, quando a procissão estiver passando, algumas pessoas planejam jogar pétalas de flores para amenizar um pouco as toneladas de lixo que diariamente são derramadas nas suas águas.

Justa e merecida homenagem, principalmente vinda de humanos. É que a velha e sábia natureza de há muito já faz a sua, matizando com suas cores a sua longa Via Crucis, que, apesar de todas as agressões, continua tendo forças para iluminar nossas vidas e, de quebra, ainda consegue adoçar um pedaço do mar das alagoas. Mil vivas aos Franciscos.

Janio Ferreira Soares, cronista, é secretário de Cultura e Turismo de Paulo Afonso (BA)

Be Sociable, Share!

Comentários

LUIZ GONZAGA FERREIRA on 4 outubro, 2009 at 7:25 #

A cronica do jornalista Janio F. Soares soa como um balsamo na paisagem da cronica brasileira. Espero ve-lo muitas outras vezes. Parabens.


Olivia on 4 outubro, 2009 at 8:39 #

Pétalas de Flores para São Francisco, para O Rio São Francisco e para você, Janinho.


Regina on 4 outubro, 2009 at 17:06 #

Quando crianca e adolescente, vivi em algumas cidades a beira do Rio San Francisco, Gloria foi uma delas e uma das poucas recoradacoes que eu tenho dos primeiros anos de vida.
Nao foi por acaso que hoje vivo no “outro lado das Americas” e San Francisco, na California, foi minha escolha pra armar a barraca por algum tempo e ver crescer os filhos na cidade da PAZ & AMOR. Ai vai um video para os querem vir a San Francisco, so pedimos que “tragam flores no cabelo…”
http://www.youtube.com/watch?v=o-Y-Lw-aKXA&feature=fvw


Graça Tonhá on 4 outubro, 2009 at 20:41 #

Ainda trago na memoria a felicidade e perplexidade que senti quando, criança, deparei-me com a imensidão e força deste rio de aguas barrentas separando as cidades de Juazeiro e Petrolina. Caminhar sobre a ponte até a ilha do fogo para brincar a margem do São Francisco, nas manhãs de domingo, era um grande presente dos pais aos seus filhos, e eu sou grata ao Sr. Cardoso. Parabéns pela cronica.


rose on 28 junho, 2011 at 10:31 #

linda crônica. fiquei emocionada. parabéns


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • outubro 2009
    S T Q Q S S D
    « set   nov »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031