set
24
Postado em 24-09-2009
Arquivado em (Artigos, Eventuais) por vitor em 24-09-2009 18:01

Estacionamento na Holanda: “bicicleta é para eles”
biciholanda
================================================
Deu na coluna
Na coluna Em Tempo, que ele assina diariamente na Tribuna da Bahia, o jornalista Alex Ferraz publica na edição, desta quinta-feira, 24, as seguintes notas sobre o novo factoide politicamente correto nacional:

==================================================

Bicicleta?

Fui obrigado a ouvir e ver em rádios e TVs de todo o País, no Dia Mundial Sem Meu Carro, incentivo ao uso de bicicletas para nos livrarmos dos engarrafamentos nas grandes cidades brasileiras. Alices, pelo amor de Deus, em que país vocês vivem? Tentem comprar uma bicicleta e sair pedalando por Rio, Salvador, Recife, São Paulo… Você receberá um murro pelo meio da cara e vão tomar sua bicicleta e ainda vão lhe dar uns chutes na barriga porque você foi otário demais.

Bicicleta é para lá…

A agenda internacional 2009, que a Holanda deu de brinde a jornalistas de todo o mundo, mostra a rainha do país indo de bicicleta para a abertura anual do Parlamento. Mostra artistas, empresários, políticos e donas-de-casa indo de bicicleta para o trabalho e o lazer. Sim, a Holanda é um país todo plano. A renda per capita ultrapassa o equivalente a 70 mil reais (a da Bahia é de menos de 7 mil reais). Lá ninguém rouba bicicletas. Ponto final.

O carro da Big

Minha assessora para assuntos de mobilidade, diante da realidade cruel da Bahia, deu um aviso aos “ecochatos” e aos “especialistas” em trânsito (kkkkkkk): “Olhe, seu Alex, no ano que vem comemorarei o Dia Mundial Sem Meu Carro comprando um tanque de guerra igual àquele da modelo lourésima do programa “Brazilian Next Top Model”. E me deixem, viu?!”
=======================================================
Leia íntegra da coluna de Alex na Tribuna da Bahia

Be Sociable, Share!

Comentários

Lucas Jerzy Portela on 25 setembro, 2009 at 0:48 #

Preconceito puro e simples, regado a desinformação:

1) a maior parte dos usuarios de bicicleta em metropoles, no Brasil, sao pobres e pretos. Sao, precisamente, os “potenciais assaltantes”;

2) todas as pesquisas indicam que o usuario de bicicleta está menos exposto a assaltos e outras formas de violencia urbana direta. Alias, qualquer usuario de bike lhe dirá isso;

3) Bicicletas sao roubadas ate mesmo em Copenhagen. E dai? E dai, nada! Como diz o Prefeito da capital dinamarquesa: “é tão barato, que se roubarem voce nao liga e compra outra”;

4) O Rio de Janeiro é, hoje, modelo mundial de uso de bicicleta – tanto quanto Paris. Dizer que é “impossivel” e “inseguro” pedalar lá é desconhecer avanços significativos como as Vias Compartilhadas em Copacabana, e o sistema de bicicletas publicas SAMBA – um dos melhores do mundo!

O resto, é carrocentrismo do mais rasteiro e acrítico.

É engraçado como os NÃO usuarios de bicicleta se arrogam a falar coisas – ignorando o que OS USUARIOS dizem!

Eu ando de bicicleta todos os dias. Pro trabalho. Pro TCA, de noite. E nada, nunca, me aconteceu. Sigo rigorosamente o Codigo de Transito Brasileiro – é bom que se diga.


Lucas Jerzy Portela on 25 setembro, 2009 at 0:51 #

em tempo: eu nao uso bicicleta por ser ecologico. Uso porque é mais rapido e menos estressante do que usar carro.

Uso por puro egoismo. Como 90% dos usuarios.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2009
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930