ago
08
Postado em 08-08-2009
Arquivado em (Multimídia, Newsletter) por vitor em 08-08-2009 20:34


================================================
Raul Solnado morreu hoje às 10:50, aos 79 anos, na sequência de um quadro clínico cardiovascular grave, informou o hospital de Santa Maria, de Portugal. O corpo do ator Raul Solnado estará hoje em câmara ardente, a partir das 20 horas no Palácio das Galveias, em Campo Pequeno, Lisboa, onde já é numerosa a presença de pessoas para as últimas homenagens.

O funeral realiza-se neste domingo (9), às 18 :00  ( hora de Lisboa), no Cemitério dos Olivais, onde o seu corpo será cremado por vontade expressa do ator.

Raul Augusto Almeida Solnado, nasceu em 19 de outubro de 1929, na Madragoa, bairro onde pela primeira vez pisou o palco, na Sociedade Guilherme Cossul. Era humorista, apresentador e ator. Unanimemente reconhecido como um dos maiores nomes do humor português, começou a fazer teatro na Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul em 1947, profissionalizando-se em 1952, com a apresentação de um sketch no Maxime.

O nome de Solnado foi-lhe dado pela família, de uma expressão que ouvira na aldeia de Fundada (Tomar) – “Acordem que já é sol nado”.

Em 1953 estreou no teatro de revista com “Viva o Luxo” (apresentado no antigo Teatro Monumental) e “Canta Lisboa”. Afirmou em entrevista à Lusa, em 2002, ter-se tornado desde então “uma fábrica de rir”. No teatro, protagonizou peças de sucesso como “O Vison Voador”, de 1968, que esteve dois anos em cena. Antes, em 1961, gravou o sketch radiofônico de grande sucesso “A Guerra de 1908”.

(Postado por Vitor Hugo Soares , com informações do Diário de Notícias e agências europeias de notícias)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos