jul
27
Postado em 27-07-2009
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 27-07-2009 22:52

Bishofberger: “Tamiflu é uma benção”
tamiflu
—————————————————————-
Há pelo menos uma pessoa que deverá faturar milhões e fazer fortuna com a pandemia de Gripe A que se espalha no planeta e assume contornos cada dia mais preocupantes no Brasil: O austríaco Norbert Bishofberger, 55 anos, o inventor do Tamiflu, único fármaco até aqui capaz de travar o vírus H1N1.

O medicamento da moda, que ameaça superar o estimulante sexual Viagra em vendas, foi desenvolvido nos anos 90 por cientistas da empresa especializada em investigação e desenvolvimento de medicamentos, Gilead Sciences, liderados por Bishofberger, que ainda hoje detém os direitos do Tamiflu. Vale lembrar, no entanto, que a produção e distribuição está a cargo da indústria farmacêutica Suíça, Roche.

Tendo recebido em 2008 mais de 4,3 milhões de dólares, números avançados pela revista “Forbes” , Norbert Bishofberger é actualmente director de investigação e vice-presidente desta empresa com sede em Foster City, Califórnia, EUA.

De acordo com o site da Gilead Sciences , a empresa “cresceu rapidamente durante as duas últimas décadas”, faturando “mais de cinco mil milhões de dólares” por ano . Por cada caixa de Tamiflu que é vendida, o seu inventor ganha uma percentagem, mas refuta, em absoluto, qualquer acusação de oportunismo. Os seus colegas garantem mesmo que a motivação de Bishofberger sempre foi de ordem científica e não económica.

Em entrevista a um jornal alemão no último fim de semana, o pesquisador afirmou que foi “uma bênção” ter inventado o Tamiflu assinalando ainda que as pandemias são as maiores ameaças para a humanidade.

“Acho que a ameaça de novas bactérias ou agentes virais é mais alta do que o potencial de uma guerra nuclear”, rematou o cientista que, por causa das tosses, garantiu que guarda em casa algumas caixas do medicamento.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos