jul
16
Posted on 16-07-2009
Filed Under (Newsletter) by vitor on 16-07-2009

Deu na coluna de Alex Ferraz, Tribuna da Bahia desta quinta-feira(16):

“Parado no tempo
O tradicional e muito bonito Relógio de São Pedro, um marco da cidade, está marcando 10 para as cinco há semanas, em qualquer horário.
Paradíssimo no tempo. Até quando permanecerá esse desleixo?

Quando chegou de Brasília para morar na fazenda do ex-deputado federal Chico Pinto, em 2006, no município de Feira de Santana, a assistente social paranaense, Thais Alencar, trazia com ela a idéia de que poderia fazer algo pela comunidade no campo social e educacional, pois há muito era este o seu desejo.

Pouco tempo depois, a morte do ex-deputado do MDB autêntico, Chico Pinto, poderia ter significado também um golpe fatal nos planos da esposa do bravo parlamentar, filha de outro bravo deputado da resistência no tempo da ditadura no país, Alencar Furtado. Thais, no entanto, também resistente como o pai e o marido, seguiu adiante. Esta semana ela mandou uma mensagem a uma amiga em Salvador, na qual relata o andamento de seu projeto exemplar na região de Feira de Santana.

Bahia em Pauta teve acesso a uma cópia do relato de Thais Furtado, e o reproduz parcialmente a seguir, pelo seu conteúdo relevante de interesse público, pelo valor social do proprio projeto e pela sensibilidade humana do depoimento de Thais. Confira:
—————————————————————————————————————————————

“INICIEI CHAMANDO AS CRIANÇAS DA ALFABETIZAÇÃO PARA DAR REFORÇO ESCOLAR. MAS, PERCEBI QUE NÃO SÓ AS DA ALFABETIZAÇÃO, MAS AS QUE ESTAVAM CURSANDO AS SÉRIES SEGUINTES NÃO SABIAM LER NEM ESCREVER. E COMECEI A ACEITÁ-LAS, TAMBÉM. EM SEGUIDA VIERAM CHEGANDO OS DE 5ª. A 8ª. SÉRIE PEDINDO AJUDA PARA FAZER OS DEVERES DE CASA E OS TRABALHOS ESCOLARES E FORAM FICANDO. CADA DIA FICAVA MAIS HORRORIZADA, COMO FICO ATÉ HOJE, COM O DESCASO COM QUE SE TRATA A EDUCAÇÃO.
CHICO SEPAROU UMA ÁREA DE TERRA E ME DEU PARA QUE EU CONSTRUISSE UMA ESCOLA, POIS ATÉ ENTÃO AS AULAS ERAM DADAS NUMA GARAGEM PROXIMA A CASA DA FAZENDA.
PASSAMOS TRÊS ANOS CONSTRUINDO A ESCOLA QUE FOI INAUGURADA AGORA EM ABRIL.
LÁ, ALÉM DO REFORÇO ESCOLAR E DA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES LIGADAS A ESCOLA FORMAL QUE FREQUENTAM, FAZEM AULA DE CAPOEIRA, TEMOS OFICINA DE ARTE E SOBRETUDO UMA BIBLIOTECA.
HOJE TRABALHAMOS COM 70 CRIANÇAS.
NOSSA PRIORIDADE É MOSTRAR A ELAS QUE HÁ UM MUNDO ONDE ELAS PODEM SER CONTEXTUALIZADAS. ABRIR PERSPECTIVAS NOVAS. E O INCENTIVO À LEITURA TEM- NOS MOSTRADO QUE ELAS COMEÇAM A ENTENDER A PROPOSTA. HOJE, POR INICIATIVA PRÓPRIA, LEVAM OS LIVROS DA BIBLIOTECA PARA CASA NO FINAL DE SEMANA E VOLTAM PEDINDO QUE HAJA RENOVAÇÃO DOS EXEMPLARES EXISTENTES.
NOSSO PROJETO AINDA ABARCA A ÁREA ESPORTIVA QUE ESTÁ EM CONSTRUÇÃO. SÃO DUAS QUADRAS DE ESPORTE E UMA PISCINA SEMI-OLÍMPICA, ONDE PENSO PODER DESCOBRIR ALGUM ATLETA E COLOCÁ-LO NO PODIUM.
O MAIS INTERESSANTE, AMIGA, É QUE SÃO CRIANÇAS DE 3 A 16 ANOS E POSSO AFIRMAR QUE DIFEREM DO QUE TEMOS VISTO NOS NOTICIÁRIOS SOBRE AS ESCOLAS DO PAÍS. NÃO POSSUEM A AGRESSIVIDADE NEM O DESRESPEITO DAQUELES. E ISSO É MUITO BOM PORQUE NOS AJUDA A TRABALHAR COM ELES E FORTALECER VALORES PARA QUE CRESÇAM COM UMA VISÃO MELHORADA DA VIDA.
MONTAMOS UMA ESCOLA DE INFORMÁTICA. ENTRETANTO, FOMOS VISITADOS POR ASSALTANTES QUE NOS LEVARAM OS CINCO COMPUTADORES EXISTENTES, TODOS NOVOS EM FOLHA. NÃO DEU TEMPO NEM DE LIGAR. ISSO ATRASOU A PROPOSTA DE INICIÁ-LOS NESTA ATIVIDADE.
ESTE TRABALHO ME DEIXA MUITO FELIZ. VOU CRESCENDO COM ELES. VOU APRENDENDO COM ELES. E VENDO QUE HÁ MUITO QUE SER FEITO POR CADA UM DE NÓS SE QUISERMOS VER UM OUTRO PAÍS.
SE TIVER OPORTUNIDADE FAÇA-NOS UMA VISITA.
VOU PEDIR A THAISINHA (A FILHA DE THAIS E CHICO PINTO) PARA MANDAR UMAS FOTOS QUE ELA TIROU NO DIA DA INAUGURAÇÃO.
BEIJOS
THAIS ALENCAR
=====================================================
BAHIA EM PAUTA COMENTA: BELISSIMO EXEMPLO,THAIS.MESMO DIANTE DE OBSTÁCULOS COMO ESSA VIOLENCIA INAUDITA DO ROUBO DOS COMPUTADORES, ESPERAMOS QUE VOCÊ E OS QUE COMPARTILHAM DESSA EXPERIÊNCIA MAGNÍFICA SIGAM ADIANTE.PODE CONTAR COM O BAHIA EM PAUTA E OS AMIGOS DE VERDADE DE CHICO PINTO, GUERREIRO COMO VOCÊ E SEU PAI.

(Postado por: Vitor Hugo Soares)

jul
16
Posted on 16-07-2009
Filed Under (Municípios, Newsletter) by vitor on 16-07-2009

Wagner em Juazeiro: “vou mostrar quem é mentiroso”
wagner
===================================================
GRAZZI BRITO

JUAZEIRO (BA)- A visita do governador Jaques Wagner (PT) ontem (15) a Juazeiro, terra de temperaturas elevadas, serviu de emblemático termômetro de como será a campanha eleitoral para o governo baiano em 2010. Durante a inauguração do novo Hospital Regional de Juazeiro Wagner, embora tenha anunciado não ter vindo em campanha, mandou seu recado “tem político aqui na Bahia que anda falando demais, porém as eleições estão chegando e nós vamos dar as respostas nas urnas”.
Sem citar nomes, mas com endereço certo, o governador jogou mais duro que o time dos argentinos do Estudiantes, na conquista da Taça Libertadores da América, jogando em pleno Mineirão.”Eu estou doido para ir para o palanque para dizer umas ‘leras’ na cara de umas pessoas, estou doido para botar o time em campo. Vou mostrar quem é mentiroso”.
Na mesma solenidade o deputado estadual Roberto Carlos (PDT) disse que o hospital inaugurado pelo governador em Juazeiro, na comemoração da emancipação política do município do Vale do São Francisco, “ficou tão bonito, tão bem aparelhado que deu até vontade de ficar doente”. Sobrou empolgação, como se vê.
O governador e sua comitiva deixaram a cidade ainda ontem, após inaugurações, visita a obras e abertura da FENAGRI, que por sinal, recebe hoje a visita do ex-governador Paulo Souto (DEM) e do senador César Borges (PR).
Embora ainda inverno, aqui em Juazeiro, o clima promete continuar esquentando.

Grazzi Britto, jornalista, mora em Juazeiro, no Vale do São Francisco

jul
16
Posted on 16-07-2009
Filed Under (Newsletter) by vitor on 16-07-2009

Os parlamentares integrantes da Bancada do PMDB na Assembléia Legislativa produziram moção de pesar pelo falecimento do ex-deputado federal constituinte e ex-presidente do SINDIPETRO- Sindicato dos Petroleiros da Bahia, Mario Lima, ocorrido em Salvador no dia 10 de julho passado. Pela justiça do tributo político e os méritos do homenageado, Bahia em pauta reproduz na íntegra:

MOÇÃO

“A Bancada do PMDB na Assembléia Legislativa vem, após deliberação da Mesa Diretora, manifestar VOTOS DE PROFUNDO PESAR pelo falecimento do ex-deputado federal constituinte e ex-presidente do Sindicato dos Petroleiros da Bahia MÁRIO LIMA, ocorrido nesta capital no dia 10 de julho do corrente ano.

Nascido na cidade de Glória, no Vale do São Francisco, morreu aos 74 anos, um dos mais respeitados combatentes do Regime Militar instalado no país no início dos anos 60. Fundador do Sindicato dos Petroleiros da Bahia, entidade na qual militou por quase cinqüenta anos, Mário Lima foi um combativo líder sindical da Bahia e um dos mais importantes líderes operários do país, na fase que antecedeu o fortalecimento do movimento sindical dos metalúrgicos do ABC, em São Paulo, do qual surgiria Lula, atual presidente da República.

Durante sua atuação à frente do Sindipetro, Mário Lima teve uma atuação nacional destacada. Não media fronteiras para reivindicar os pleitos daquela categoria ainda incipiente. Teve boa convivência com os ex-presidentes Juscelino Kubitschek e João Goulart. Grandes conquistas dos petroleiros naquele período tiveram Mário Lima como protagonista.

Após o golpe militar de 64, Mário foi preso e encaminhado ao Quartel dos Aflitos. Mais tarde foi transferido para a Ilha de Fernando de Noronha, onde conviveu com os governadores de Pernambuco, Miguel Arraes e de Sergipe, Seixas Dórea. Com a anistia, em 1979, ingressou no PMDB e retornou à Câmara Federal assumindo a vaga do então deputado Carlos Sant’Anna, que foi escolhido por Tancredo Neves para o Ministério da Educação. Em 1986 foi reeleito deputado federal e participou da Constituinte.

Sua última participação em disputa política aconteceu em 2004, quando foi candidato a vice-prefeito de Salvador, pelo PMDB, na chapa encabeçada por Lídice da Mata (PSB).

O nosso partido muito se orgulha de ter tido a filiação de Mário Lima, por quase trinta anos. Amigo fiel e solidário, correligionário para qualquer empreitada, deixa em nossa agremiação muita saudade e uma grande lacuna, dado o seu companheirismo e desejo de ver o nosso país respeitando e tratando os trabalhadores com dignidade.

Mário deixa uma maravilhosa família de dez filhos, netos e bisnetos. Além dos familiares, muitos companheiros que o admiravam. São políticos, jornalistas, líderes sindicais, petroleiros e petroquímicos, que ele liderou e a quem serviu em três mandatos de presidente do sindicato e três mandatos de deputado, e seu dedicado e importante trabalho como presidente da Comissão de Direitos Sociais da Constituinte.

Fica então esse importante breve registro dessa história de vida pública e familiar de um cidadão de bem e que deu tudo de si para ver florescer um país livre, democrático e que respeita os trabalhadores.

Dê ciência desta Moção ao Instituto Ulisses Guimarães, aos Diretórios Nacional e Estadual do PMDB, ao Congresso Nacional, à Presidência da República e a família enlutada”.

Sala das Sessões, 14 de julho de 2009.

jul
16
Posted on 16-07-2009
Filed Under (Multimídia) by vitor on 16-07-2009

Veron: campeão com Estudiantes
veron
Mesmo com todo sentimento de perda para o futebol brasileiro, representado pela derrota do time do Cruzeiro, em pleno Mineirão, que deu ao Estudiantes de la Plata a Taça Libertadores de América, esta quinta-feira,16, merece um tango argentino para começar o dia. Aqui vai em clip magistral do filme “Perfume de Mulher” (Oscar de 1992), no qual Al Pacino, no papel de cego, dança “Por una Cabeza”, o tango que cai como uma luva para o jogo de ontem no Mineirão. Vai como justa homenagem do Bahia em Pauta aos vencedores argentinos. comandados pelo craque Veron. Confira.

(Vitor Hugo Soares)

jul
16
Posted on 16-07-2009
Filed Under (Municípios, Newsletter) by vitor on 16-07-2009

GRAZZI BRITO

JUAZEIRO(BA) – Foi preso em Juazeiro o empresário Lourival Gama, acusado como mandante do duplo homicídio ocorrido na cidade em 2002 e que chocou a população pela forma brutal como que foi executado. O empresário, mais conhecido na cidade como Loro, dono de supermercado, posto de gasolina e uma loja de revenda de veículos em Juazeiro, desde aquela época já era indicado por testemunhas e familiares das vítimas como mentor do crime, e somente agora teve seu mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz Cláudio Pantoja e foi preso pela Polícia Civil sob o comando do delegado Charles Leão.

Sandro Luiz Alves Nunes e Luciana Maria Rodrigues eram noivos e foram executados, ele com dois tiros na nuca e ela com um tiro calibre 12 na testa, após ser estuprada e torturada por seus algozes. A polícia relata que Sandro, sentado no banco de motorista do seu carro, foi forçado a assistir a noiva ser estuprada no capô do carro, ela ainda correu cerca de 200m na caatinga quando esbarrou numa cerca e caiu, sendo então executada. Além dos dois tiros na nuca Sandro ainda recebeu um tiro no pulmão.

O empresário acusado como mandante do crime foi indiciado por duplo homicídio, formação de quadrilha e estupro. Ainda segundo a polícia, baseada em depoimentos de testemunhas Loro vinha assediando sexualmente Sandro, oferecendo a ele dinheiro em troca de relações sexuais e quando soube do noivado, havia ameaçado Sandro que ele morreria antes do casamento, cerca de dois meses depois os corpos foram encontrados na BA 210, junto ao carro, celulares, dinheiro, e outros objetos de valor.

O delegado Charles Leão conta que essa era uma dívida que as instituições de segurança pública tinham com a sociedade e que esse crime não ficará impune. Os executores, sete policiais militares, já estão presos do 3º Batalhão da PM em Juazeiro.

Os advogados de Lourival dizem desconhecer o motivo da prisão, e que seu cliente já havia sido intimado a depor no próximo dia 20, sendo surpreendido pelo mandado de prisão.

Os quatro delegados que estiveram lotados em Juazeiro, durante esse tempo, estão sendo convocados para explicar porque só agora, após sete anos, o crime está sendo esclarecido.

Grazzi Brito, jornalista, mora em Juazeiro, região do Vale do São Francisco

  • Arquivos