jul
04
Postado em 04-07-2009
Arquivado em (Artigos, Regina) por vitor em 04-07-2009 10:17

Michael: ataques antes do enterro
astro1

OPINIÃO

OS CORVOS E MICHAEL JACKSON

Regina Soares

Seu corpo franzino, batido, descolorido, ainda não baixou a sepultura e os corvos já o rodeiam para devora-lo com insaciável fome. Não faltam acusações, insinuações, toda classe de deplorável irreverência com um ser que acreditava na possibilidade de um mundo melhor e mais humano.

Enquanto advogados se apressam a assegurar a fortuna, real ou fictícia; a proteção dos seus filhos, paternidade questionada; seu legado musical, inestimável a esse ponto; abuso de drogas, quantidade letal; os fãs, fieis seguidores da carreira e vida, do seu adorado ídolo, agrupam-se em qualquer rua desse planeta, porta de casa habitada por ele, sua estrela em Hollywood e no Apollo no Harlem de New York, onde tudo começou, para cantar suas musicas e imitar seus passos, afinal foi ele, Michael Jackson, que nos ensinou a dançar.

Durante os atormentados anos anos que lhe tocou viver, Michael sofreu humilhação vinda diretamente do próprio pai, que na frente do teatro onde seus colegas se reuniam para uma homenagem póstuma, tentava vender sua imagem e anunciar novos negócios da sua odiosa agenda. Foi ridicularizado pela media, que não entendia sua necessidade de reinventar-se numa constante destruição da matéria que lhe lembrava os primeiros anos de vida e que ele desesperadamente buscava esquecer ou entender. Inumeras demandas legais, uma roda viva que não parecia ter fim.

Michael Jackson clamava por PAZ, para si e para o Mundo. Essa procura, acredito, o levou ao desespero e a morte, pois nem toda droga do mundo pode acalmar os monstros que nos consomem na escuridão da noite. Dizem que a gente vai para um lugar melhor depois de pagar nossos pecados aqui na terra, prefiro acreditar que sim.

Ficam conosco suas maravilhosas criações musicais, sua genialidade no palco, seus ensinamentos transmitidos através de exemplos ou da gentileza da sua voz enquanto você caminha pela lua…

===================================================

Regina Soares, advogada, mora em Belmont, área da Baia de San Francisco, Califórnia(EUA).

Be Sociable, Share!

Comentários

Cida Torneros on 4 julho, 2009 at 10:53 #

Regina, comungo com sua sensibilidade, neste momento, em relação ao Michael, e, faço votos que sigamos todos, dançando conforme a música, seguindo seu exemplo de um ser que fez da arte o melhor refúgio pra tantos tormentos, e da música a mensagem maior para seus admiradores. Também prefiro crer que para onde ele viajou, não há mais monstros e sim muitos anjos brancos e negros que o acolhem, protegem, acalmam e dançam com ele, numa coreografia divina.
bjs
Cida Torneros, RJ, Brasil


Laura on 4 julho, 2009 at 14:53 #

Bonito Regina…entre tantas coisas – lições, saudade etc – que ficam de Michael Jackson, fica tb o alerta de como a crueldade (paterna e/ou materna) pode destruir para sempre a vida de indivíduo. Ainda que ele seja brilhante.


Regina on 4 julho, 2009 at 17:24 #

Eu, sinceramente, espero que seja dedicado muito tempo e esforco no estudo da parte psicologica e emocional que tem sido responsavel pela destruicao de tantas pessoas geniais mas que nao resistiram ao sufoco do sucesso. Nos temos pelo menos dois exemplos recentes, Heath Ledger and Michael Jackson, que aparentemente tinham tudo para se sentir no topo da carreira e da vida mais que, na realidade, nao podiam reconciliar essas duas coisas.


bahiaempauta.com.br on 24 Março, 2011 at 21:16 #

Bahiaempauta com.. Retweeted it 🙂


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos