jun
14
Postado em 14-06-2009
Arquivado em (Artigos) por vitor em 14-06-2009 01:19

Dona Arlete: presente
dona
===============================================
O ano sem eleições manteve os políticos afastados dos festejos a Santo Antonio neste sábado(13), nas igrejas da Bahia. Bem diferente de 2008, quando o principal templo de devoção em Salvador a um dos santos mais populares da igreja católica, no elegante bairro da Barra, fervilhava de cabos eleitorais misturados com devotos em cumprimentos e abraços ao deputado Antonio Carlos Magalhães Neto, então em plena campanha para prefeito da capital.Naquela data, na ponta da tabela nas pesquisas de intenção de voto, ACM Neto fez entrada triunfal na igreja, ao lado da avó e ex-primeira dama do Estado, dona Arlete Magalhães.

Neste sábado, porém, ACM Neto (derrotado para prefeito) e os políticos em geral estiveram ausentes dos festejos ao santo na tradicional Igreja da Barra. Dona Arlete, não. Chegou como sempre para a missa do meio dia, sentou-se no mesmo banco do ano passado, elegantemente trajada, e com duas acompanhantes. Com o livro da Trezena de Santo Antonio nas mãos, seguiu participante de todos os rituais e entoando baixinho as ladainhas e benditos em louvor ao santo português.

A viuva de Antonio Carlos Magalhães baixou os olhos, com emoção , quando uma integrante da congregração citou ao microfone uma relação de nomes de ex-frequentadores ilustres da Igreja da Barra já falecidos. Três deles mais diretamente ligados a ex-primeira dama da Bahia: Ana Magalhães (a filha jornalista), Luis Eduardo Magalhães (o filho ex-deputado federal) e Antonio Carlos Magalhães (o marido, ex-governador, homônimo e devoto do santo festejado a 13 de Junho).

No fim, todos no templo entoaram o hino da despedida: “Até o ano que vem, meu Santo Antonio”,

(Postado por:Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos