jun
10
Postado em 10-06-2009
Arquivado em (Newsletter) por vitor em 10-06-2009 14:17

Foi confirmado pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, segundo o portal IG, que um cabo morreu, no início da manhã desta quarta-feira, atingido por “disparos de armas de fogo envolvendo pessoal da guarda presidencial” na Granja do Torto, em Brasília, uma das residencias oficiais de presidente Lula e da primeira dama Marisa.

Os disparos de fuzil, segundo o general Gonçalves Dias, do GSI, foram feitos por um soldado. O gabinete não soube informar o que teria provocado o tiroteio. Em nota, afirmou que o militar chegou a ser atendido no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo o Gabinete de Segurança Institucional, além de inquérito policial, foi aberto um inquérito policial-militar, que será comandado pelo Exército. A Granja do Torto é uma das residências oficiais da Presidência. O presidente Lula não estava na casa no momento do tiroteio.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos