maio
30
Postado em 30-05-2009
Arquivado em (Artigos, Multimídia) por vitor em 30-05-2009 17:18

CRÔNICA DE VIAGEM/DOUCE FRANCE

PARIS, EU TE AMO

Aparecida Torneros

Paris, primavera de 2009, o metrö ferve de linhas que se enredam sob a cidade; o homem toca o acordeon em pleno vagao lotado; alguem repousa a cabeça no peito amado sonhando com o momento que nao vai passar.

Tudo ficarà na alma na memoria no coraçao para sempre.
Paris tem a luz que vem de um tempo perpetuado no extase de um infinito espiritualizado, tudo se mistura e cada beijo no Cafe de Flore revive o amor de Simone e Sartre;

As mãos dadas, os olhares profundos, a torre Eifel lhes acenando com promessas e o rio Sena lhes espreitando os segredos mais inconfessáveis.

Em Paris; se descobre realmente para que o amor existe, e para que serve, porque aqui os apaixonados se reconhecem assim, na tela pintada por um pintor maravilhoso que se assinou DEUS, nas ruas de Paris…

======================================================

Amanheceu o sabado em Paris e o sol veio me dizer que meus dias nesta viagem de sonhos é a propria certeza da primavera. O calor de uma atmosfera feliz me invade. Sinto que muitas Maries e Antoines se encontram pelas praças e equinas das ruas parisienses buscando o amor ou a razao dele, como cantou Piaf: pra que serve o amor, o amor serve pra que?

O amor acontece em Paris e serve para reinventar-se…

Aparecida Torneros, jornalista e escritora, é autora do livro “A Mulher Necessária”, mora no Rio de Janeiro e viaja pela Europa.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos