maio
28
Postado em 28-05-2009
Arquivado em (Entrevistas, Newsletter) por vitor em 28-05-2009 12:17

Alvaro Dias: relação comercial não.

dias
==================================================
Entrevistado pela revista virtual Terra Magazine o senador Álvaro Dias, PSDB-PR, um dos três titulares da oposição a integrar a CPI da Petrobras (os outros dois são os senadores Antonio Carlos Magalhães Junior (DEM-BA) e Sergio Guerra (PSDB-PE), defende que não deve integrar a comissão qualquer parlamentar que tenha vínculos com empresas contratadas pela estatal.

“Quem tiver qualquer tipo de relação comercial (com a Petrobras e contratadas) deve se declarar impedido de participar da CPI. Essa é minha opinião. É claro que qualquer decisão que possa tomar o senador com este tipo de relacionamento ficará sempre sob suspeita. Juridicamente, seus atos podem ser invalidados na CPI sob alegação de suspeição”, argumenta Dias, autor do requerimento de instalação da CPI, em defesa da sua posição,

Sabe-se que é bastante extensa a relação de parlamentares (no Senado, Câmara e Assembléias estaduais) e seus familiares mais próximos, com vínculos de caráter comercial com a estatal do petróleo, principalmente concessionários de postos de abastecimento de combustível da BR por praticamente todas as regiões do País.

Na apresentação da entrevista da repórter Thais Bilenky com o senador paranaensei, a Terra Magazine registra, por exemplo, que o irmão do senador Romero Jucá (PMDB-RR), Álvaro Jucá, é diretor-executivo da empresa Diagonal Urbana Consultoria, que presta serviço para a Petrobras. Segundo Rodrigo Moraes, assessor da área comercial da Diagonal, o senador Romero Jucá “não tem e nunca teve vínculo com a empresa, nem técnico, nem na área societária nem na direção”.

“TRATORAÇO”

O senador Alvaro Dias adianta ainda na entrevista, qual vai ser o procedimento da oposição para barrar o que chama de “tratoraço” do governo na CPI Petobras. “A cada denúncia relevante, vamos enviar uma representação ao Ministério Público Federal”, informa o senador. Ele deixa claro ainda, que a oposição pretende, ao dispensar o relatório final da comissão, “produzir as consequências jurídicas, o que é a finalidade da CPI”, diz.

Na onda da reação ao que considera ser o “tratoraço” governamental – ou seja, a criação de uma barreira que impeça a investigação aprofundada da estatal – o tucano revela também que a oposição decidiu obstruir a pauta no Plenário.

– Nós não votaremos matérias que não sejam de interesse público diante da postura adotada pelo governo na CPI. Nós vamos disputar as matérias que possam ser só do interesse do governo e não da população.
=================================================================
LEIA A INTEGRA DA ENTREVISTA DE ALVARO DIAS SOBRE A CPI DA PETROBRAS NA TERRA MAGAZINE (http://terramagazine.terra.com.br).

Be Sociable, Share!

Comentários

fernado on 29 Maio, 2009 at 11:10 #

seria inteessante o senador ficar igualmente revoltado com a presença de 9 parlamentares ruralista na nova CPI da amazonia.


nilson on 29 Maio, 2009 at 15:41 #

no blog amigos do presidente comprova que o senador Alvaro
Dias, recebeu doaçao de uma
concessionaria da Petrobras, ele
vai participar da CPI.ha ha ha


Go Oliveria on 29 Maio, 2009 at 18:24 #

Todo mundo sabe que essa oposição incompetente perdeu o Norte e está sem mote.
Embarcaram nesta maracutaia de CPI da Petrobras, mas, esperem para ver, vão atingir o próprio pé.
Em Pernambuco, Sérgio Guerra (PSDB….) e Jabas Vasconcelos (PMDB SANTO), querendo recuperar espaço ante Eduardo Campos (PSB), o atual governador, não se importam em prejudicar o próprio Estado (Pernambuco). Mas o que todo mundo sabe é que durante o tempo em que foram poder, mantiveram a Refinaria Abreu e Lima no papel. Ou seja, não conseguiram colocar o ovo em pé!
Gente incompetente geralmente é invejosa e, neste caso, eles vão querer reverter a situação no tapetão.


Alexandre Almeida on 29 Maio, 2009 at 20:41 #

O Senador Alvaro Dias deveria solicitar uma CPI para apurar a Revamp da Repar nos anos de 1994 e 95 para apurar superfaturamento e quais os politicos que tinham relação com aquelas empreiteiras.


Domitila Belem on 8 junho, 2009 at 8:33 #

A CPI da Petrobrás está fadada ao já antigo desencanto popular, e não por culpa do Senador Álvaro Dias,mas por culpa de um governo que insiste em pisar na goela da verdade!
Pior que terminar em PIZZA vai ser MORRER NA PRAIA!


Domitila Belem on 8 junho, 2009 at 8:39 #

Nilson, ele não só vai participar da CPI como foi ele quem fez questão de instalar a CPI, quem correu atrás de um instrumento que mostre a VERDADE.
Doações à parte, qeum não tem rabo preso,nem atos sujos é um legítimo continuador do dever melhor aplicado,e consecutivamente correspondente do interesse social.
Coisa boa é ser limpo…

he he he


Domitila PARAIBINHA QUENTCHURA on 8 junho, 2009 at 8:44 #

Nilson, o Álvaro Dias não é apenas um titular comum da CPI da petrobrás,mas o alavancador da instalação da tal CPI…
Doações à parte, LEGAIS CERTAMENTE, o senador não tem rabo preso, nem venda nos olhos, tão pouco boca vedada,né?
Eis que Álvaro Dias escolhe dar satisfação à sociedade e isso é bom que bom bom bom bom bom .
Coisa boa é ser limpo….Ah como é bom ser livreeeeeeeeeee!

he he he


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos